Líder do campeonato, Leicester City também vai bem nas finanças

0
171

Que o Leicester City vai muito bem na Premier League 2015/16, ninguém discorda. Líder do campeonato, três pontos a frente do vice-líder Tottenham Hotspur e uma certa dose de sorte, contando com tropeço dos adversários mais próximos. Acontece que os Foxes também estão muito bem fora de campo, em especial, nas finanças. Nesta quinta-feira (03), o clube prestou contas do ano financeiro de junho de 2014 a maio de 2015, ou seja, da primeira temporada do clube na primeira divisão em 10 anos.

A volta à elite do futebol inglês teve um impacto imediato. O clube fechou a temporada passada no azul, com um saldo positivo de £26.4 milhões – em 2013/14, a equipe teve um prejuízo de £20.8m. As receitas subiram consideravelmente, saltando de £31.2m para £104.4m. Além disso, os Foxes tiveram um aumento na média de público no King Power Stadium – a média subiu de 25.003 para 31.693, o que representa uma ocupação de 98.5%. Tal aumentou incrementou as receitas obtidas nos jogos como mandante de £6.9m para £10.6m.

Na janela de transferências do verão europeu de 2014, a equipe então comandada por Nigel Pearson optou pela manutenção da base de jogadores, com contratações pontuais. Foram investidos £25m em contratações, além do investimento para renovar o contrato dos principais jogadores. A despesa com a folha salarial subiu de £36.3m para £57m.

“Sabemos do que o clube é capaz , e vamos trabalhar com persistência e propósito para assegurar que o Leicester City tenha sucesso, estabilidade e seja um representante orgulhoso de sua comunidade e cidade”, disse a chefe-executiva dos Foxes, Susan Whelan, ao site oficial do clube. “O clube continua se beneficiando do apoio notável de nossos proprietários, Vichai Srivaddhanaprabha (presidente) e Aiyawatt Srivaddhanaprabha (vice-presente), e do grupo de empresas King Power. A maneira como nossos torcedores e as pessoas da cidade têm abraçado a visão deles, e os recepcionado como parte da comunidade, tem reforçado tanto a paixão deles pelo clube quanto a determinação deles para este obter sucesso.”