Lens – História, estatísticas e conquistas

Lens – História, estatísticas e conquistas
Lens

Racing Club de Lens é um clube de futebol da cidade de Lens, na França, que atua na Ligue 1, elite do futebol no país. A saber, o Lens foi fundado no ano de 1906, sendo até hoje um dos clubes mais tradicionais do país, jogando a maior parte de sua história na Primeira Divisão.

Aliás, jogou tanto que, mesmo sem ser um dos favoritos, ganhou um título francês, na tempora 1997/98, desbancando o estrelado Olympique de Marseille. Em suma, o Les Sang et Or (Sangue e ouro é sua alcunha, por causa das cores vermelha e amarela) atuam no Stade Félix Bollaert, que tem capacidade para 41 mil pessoas.

Trajetória do Lens: fundação, conquistas e ascensão

No início do século XX, estudantes se juntavam para jogar futebol na Praça Verde em Lens, já que era o esporte do momento criado pelos ingleses. Assim, a “pelada” deu tão certo que, em 1906, eles resolveram criar o Racing Club de Lens, para jogar futebol de forma profissional. E assim nasceu um dos principais clubes de futebol da França. O ponto alto da história do Lens foi na temporada 1997/98, quando foi campeão francês com honras e méritos.

Mercado de Transferências do Lens

Lens é um clube intermediário financeiramente falando. A saber, sua torcida apaixonada se associa em massa e dá uma segurança ao clube. Dessa forma, o Lens consegue fazer movimentações interessantes no mercado de transferências. Nada muito extravagante, mas o clube conseguiu comprar a maior parte dos seus maiores artilheiros no mercado da bola, sem precisar se beneficiar do custo zero. Portanto, confira alguns desses rumores históricos.

Daniel Moreira, do Guingamp, por €3,8 milhões, em 1998/99

Maior artilheiro da história do Lens, o português Daniel Moreira chegou ao clube no mercado da bola da temporada 1998/99. A saber, o RCL pagou uma quantia de 3,8 milhões de euros ao Guingamp para contar com o atacante. Assim, o jogador caiu nas graças da torcida e da diretoria, e ficou por sete temporadas. Dessa forma, entrou em campo 226 vezes e marcou 51 gols. Depois chegou a jogar em outros clubes franceses como RennesToulouse.

Daniel Cousin, do Le Mans, por €0, em 2004/05

Contratado junto ao Le Mans para suprir a saída de Daniel Moreira, Cousin chegou ao Lens no mercado de transferências de 2004/05. A saber, a aquisição em si não gerou custos para o clube, já que ele rescindiu com seu time anterior para jogar no Sang et Or. Portanto, na sua nova equipe o atleta foi um sucesso, e fez um total de 43 gols nas 139 partidas que fez. Em seguida, quatro temporadas depois, Daniel Cousin saiu para o Rangers por 1,7 milhão de euros, deixando até um lucro.

Tony Vairelles, do Nancy, por €1,5 milhão, em 1995/96

O atacante Tony Vairelles chegou ao Lens na temporada 1995/96 por 1,5 milhão de euros, contratado no mercado da bola junto ao Nancy. Então, logo ele se adaptou à nova equipe e começou a fazer gols. Mais tarde, ainda no Sang et Or participou da campanha do título francês do clube, sendo um dos pilares do time. Ao todo, marcou um total de 40 gols nas 165 partidas que atuou. Com o destaque nacional, na temporada 1999/00, depois de muito rumores, foi vendido por 8 milhões de euros ao Lyon.

Aruna Dindane, do Anderlecht ao Lens por €3 milhões, em 2005/06

O mais conhecido dessa lista, Aruna Dindane ficou conhecido por jogar Copas do Mundo com a seleção da Costa do Marfim ao lado de craques como Drogba, Kalou e Yaya Touré. Mas, no mercado da bola de 2005/06, antes da Copa, ele se transferiu para o Lens, saindo do Anderlecht após rumores de que os franceses pagaram 3 milhões de euros. Assim, na França se destacou mais ainda, marcando 39 gols em 132 jogos. Dessa forma, acabou indo para a Premier League jogar pelo Portsmouth.

Cristian López, do CFR Cluj, por €500 mil, em 2016/17

Em conclusão, o mais recente foi o espanhol Cristian López, comprado no mercado da bola pelo Lens em 2016/17 por 500 mil euros junto ao CFR Cluj, da Romênia. No Sang et Or, o jogador teve uma boa média, fazendo 35 gols em 73 jogos.