Romário inglês? ‘Lenda’ da Premier League se torna jogador-treinador em clube vegano

6 minutos de leitura

Você se lembra de Romário se aventurando como jogador e treinador em uma partida do Vasco na Copa Sul-Americana de 2007? Essa alternativa no futebol é rara, mas acontece. Agora, um atleta conhecido do futebol inglês, com passagens marcantes em Premier League e Championship, será o responsável por acumular funções.

Ícone do futebol inglês durante os anos de 2010, o atacante Troy Deeney ainda não se aposentou. Aos 35 anos, o atleta segue jogando e agora dará início a sua carreira como treinador. Nesta quinta-feira (17), a lenda do Watford foi anunciada como novo jogador-treinador do Forest Green Rovers, equipe que disputa a League Two, quarta divisão da Inglaterra.

Deeney vem se preparando para se tornar técnico e obteve a Licença A da Uefa. O atacante se mostrou empolgado com o desafio e avaliou que a parceria visa o futuro e não só o sucesso na atual temporada.

— É realmente emocionante estar aqui. Eu vim para o jogo na terça-feira e tive uma noção real do que é o clube. De qualquer forma, sempre fiquei de olho no Forest Green e tenho grande admiração pelo presidente e pelo que o clube representa. É sobre os próximos dez anos, não os próximos dez meses. Este é o começo de uma nova jornada e estou muito animado –, avaliou.

Na última temporada, o Forest Green Rovers fez história e foi o primeiro clube da elite inglesa a ter uma técnica mulher em todos os tempos. Hannah Dingley, da categoria de base da equipe, assumiu o cargo de maneira interina.

Premier League, gol histórico e mais: a carreira do Troy Deeney

O último clube de Troy Deeney foi o Birmingham, onde ele disputou a última Championship. Apesar de nunca ter defendido um gigante da Inglaterra, o atleta conseguiu se firmar como um jogador de destaque no país. Seu melhor momento foi vestindo a camisa do Watford, onde jogou por mais de dez anos, marcou 140 gols em 419 jogos e ajudou o clube à voltar à Premier League.

Deeney pela Premier League

  • 165 jogos
  • 47 gols
  • 21 assistências

Deeney pela Championship

  • 278 jogos
  • 95 gols
  • 39 assistências

Foi na Championship que o jogador protagonizou um dos lances mais icônicos da história do futebol mundial. Em disputa pelo jogo de volta na semifinal dos playoffs de acesso em 2013, Leicester e Watford buscavam uma vaga na decisão em Wembley. A partida estava 2 a 1 para a equipe amarela e caminhava para a prorrogação.

Vitoriosos no jogo de ida, os Foxes tiveram um pênalti marcado praticamente no último lance da partida. Era Knockaert fazer o gol que o time azul seguiria vivo sonhando em voltar à Premier League. Contudo, Almunia defendeu e manteve o Watford vivo, mas não parou por aí. Os Alces arrancaram em contra-ataque fulminante no mesmo lance e, de repente, a bola estava na cara do gol. Troy Deeney marcou, foi o herói e deu a classificação ao seu clube em uma das partidas mais emocionantes de todos os tempos.

Romário, Kompany e mais… outros jogadores que já acumularam as duas funções

Deeney se juntará a um seleto grupo de estrelas do futebol que experimenta a adrenalina dupla de serem treinadores ao mesmo tempo em que entram em campo. No Brasil, um dos casos mais emblemáticos é o de Romário, que treinou o Vasco de forma interina em 2007, após a demissão de Celso Roth. Referência técnica daquela equipe, o “Baixinho” teve que comandar seus colegas no confronto contra o América do México pela Sul-Americana.

O Cruzmaltino venceu por 1 a 0 e Romário entrou em campo no segundo tempo, mas não se classificou por conta de derrota por dois gols no primeiro jogo. Ao menos, o ídolo da camisa 11 pode se gabar de ter tido 100% de aproveitamento como técnico. Esse foi sua única partida fora das quatro linhas.

Atual técnico do Burnley e considerado um dos mais promissores de sua geração, Vincent Kompany também já viveu esse misto de responsabilidade. Isso aconteceu na temporada 2019/20, quando ele deixou o Manchester City e assumiu o Anderlecht, seu clube de formação. Na ocasião, além de comandar, ele entrou em campo 18 vezes no ano.

Roberto Carlos atacou de jogador e treinador no Anzhi da Rússia, pouco depois de sair do Corinthians, em 2011. Outro pentacampeão que esteve nas duas frentes foi Rivaldo, técnico e atleta do Mogi Mirim por algumas partidas, em 2015.

Na Inglaterra, Giggs ocupou o cargo no Manchester United em 2014, quando o clube demitiu David Moyes. Por outro lado, o Chelsea repetiu a dose e teve Ruud Gullit e Gianluca Vialli nas funções em diferentes momentos dos anos 1990.

Forest Green, o primeiro time vegano do mundo

Além das quatro linhas, o Forest Green tem uma outra clara preocupação: a sustentabilidade. O clube é considerado por Fifa e ONU como o “mais sustentável do mundo” e tem certificado de de neutralidade de emissões de carbono. O clube foi fundado em 1889 e se tornou o primeiro clube de futebol vegano em 2015, sob a gestão do presidente Dale Vince.

A equipe tem o projeto para construir um estádio totalmente de madeira, o Eco Park. Além disso, o Forest Green tem ações como menu vegano para o elenco, painéis solares e uso de energia eólica, cuidado do gramado sem pesticidas e fertilizantes e uso de van elétrica.

Engajado com pautas sociais, Héctor Bellerín, que disputou a Premier League pelo Arsenal e também defendeu o Barcelona, se encantou pelo projeto e se tornou o segundo maior investidor do clube em 2020.

Lucas Barbosa
Lucas Barbosa

Redator da PL Brasil. Foi por meio da Premier League, na tela do antigo Esporte Interativo, em 2007, que o Jornalismo entrou na minha vida. Duas paixões que abriram portas e me fazem realizar sonhos todos os dias. Passei pelos portais Mais Minas e Esporte News Mundo.