Leicester de olho em dupla da Inter de Milão

0
330
De Vrij e Brozovic Leicester
(Foto: Reprodução/Getty Images)

Com três contratações anunciadas até o momento, o Leicester pode ainda se movimentar no mercado. Em outras palavras, os Foxes estão de olho em dois jogadores da Inter de Milão. De acordo com o site italiano ‘Inter Live', o zagueiro Stefan de Vrij e o volante Marcelo Brozovic estão no radar do clube inglês.

Ao passo que passa por grave crise financeira, a Inter tenta cortar os gastos a qualquer custo. Dessa forma, o time inglês vê a possibilidade de reforçar ainda mais seu time para a temporada, tendo em vista a classificação para a próxima Champions League.

Desde já, o Leicester tenta suprir a ausência de Wesley Fofana, que sofreu grave lesão em amistoso. Com isso, a vinda de De Vrij pode ser a solução para Brendan Rodgers. Além disso, Brozovic melhoraria ainda mais um setor que já conta com Ndidi e o recém-chegado Boubakary Soumaré.

Ainda segundo o site, os Foxes estariam dispostos a desembolsar cerca de 40 milhões de Libras pela dupla (cerca de R$ 301.5 milhões).

Entretanto, apesar da crise financeira, o time italiano pode dificultar a transação. Bem como a venda de Lukaku para o Chelsea está quase concretizada, o proprietário Steven Zhang quer evitar uma revolta dos torcedores com um possível desmanche.

Campeão no último sábado (7) da Supercopa da Inglaterra, o Leicester volta a campo no próximo sábado (14) para encarar o Wolverhampton, às 11h (horário de Brasília).

DE VRIJ E BROZOVIC NA ÚLTIMA TEMPORADA

Titulares absolutos, De Vrij e Brozovic conquistaram o Campeonato Italiano pela Inter de Milão após 11 anos. Igualmente, os jogadores estiveram em campo 42 vezes. A única diferença é que Brozovic teve um jogo a mais na liga nacional, enquanto De Vrij jogou uma partida a mais na Champions League.

Apesar de atuar mais recuado, o croata teve ótima participação ofensiva. Ainda mais quando marcou dois gols (contra Parma e Roma), e distribuiu sete assistências. Já o zagueiro balançou as redes apenas uma vez, na derrota para a Sampdoria. Além disso, o holandês não participou apenas de seis partidas na campanha do Scudetto, atuando os 90 minutos em 30 dos 32 jogos que disputou.