Laporta, presidente do Barcelona, fala sobre situação de Dembélé

Presidente do Barcelona, Joan Laporta, participou de um evento nesta segunda-feira (4), na Espanha e disse sobre a situação do atacante Dembélé. Em resumo, o francês não possui vinculo com o Barça. Afinal, o contrato terminou no último dia 30 de junho. Contudo, as negociações para uma renovação estão acontecendo.

Laporta esclarece situação de Dembélé

O ponta-direita Dembélé está livre no mercado e pode assinar com qualquer equipe. Em contrapartida, desde da temporada 2021/22, o Barcelona tentou renovar com o francês de 25 anos. Todavia, os agentes do jogador e o time não chegaram a um acordo.

Por conta da situação financeira, o Barcelona oferece um salário mais baixo. Por outro lado, o jogador acha que merece mais. Assim, após o fim da época 2021/22, o contrato de Ousmane terminou. Em resumo, algumas equipes mostraram interesse no atacante. Porém, nenhuma proposta chegou aos agentes do ponta-direita.

O presidente do Barcelona, Joan Laporta, participou de um evento. Além de outras perguntas, foi questionado a situação de Dembélé. Segundo o jornalista Fabrizio Romano, a equipe da Catalunha oferece um contrato até junho de 2024. Ou seja, dois anos. Além disso, informou que todas as partes estão confiantes, mas ainda não há um acordo total.

Laporta falou sobre o jogador de 25 anos:

“Ainda não há mudança/atualização para a situação de Ousmane”

O Barcelona quer contratar Raphinha, que atualmente defende as cores do Leeds United. Apesar do acerto com o Chelsea, o brasileiro quer jogar na Catalunha e possui um acerto com o Barça desde fevereiro.

Com a possível chegada de Raphinha, os planos com Dembélé não mudam. Ou seja, os dois podem estar juntos no elenco 2022/23. Entretanto, os dois jogadores atuam na mesma posição.

Chelsea e PSG, equipes que demonstraram interesse em Dembélé, não possuem a vontade em contar com o atleta no momento. Assim, o Barcelona não tem pressa para fechar um novo contrato com o francês.

Foto: Divulgação/ FC Barcelona

Apaixonado desde criança pelo futebol europeu. Estudo jornalismo por conta desse esporte e também por amar futebol americano. Já trabalhei em uma rádio, sendo responsável por um programa esportivo. Atualmente, sou setorista do Barcelona, clube que tenho um carinho especial desde 2006.
Artigo anteriorEverton inicia pré-temporada
Próximo artigoLenda do Everton deixa o clube