Lampard atualiza situações de Calvert-Lewin e Gray

Everton venceu o Blackpool, por 4 x 2, no Bloomfield Road. A saber, o amistoso de pré-temporada ocorreu no último domingo (24)Vitaliy MykolenkoTom Davies e Dele Alli, duas vezes, anotaram os gols dos Toffees. Enquanto Gary Madine e Callum Connolly descontaram para os Tangerines.

Contudo, Frank Lampard não pôde contar com dois de seus principais jogadores na partida. Em suma, Dominic Calvert-Lewin e Demarai Gray ficaram de fora do jogo preparatório para a temporada 2022/23.

Lampard fala sobre Calvert-Lewin e Gray

Calvert-Lewin e Gray foram titulares nos dois amistosos anteriores, realizados durante a turnê do clube nos Estados Unidos. Em síntese, o Everton perdeu para o Arsenal, no sábado (16), por 2 x 0. Posteriormente, os Toffees foram goleados pelo Minnesota United, na quarta-feira (20), por 4 x 0.

Frank Lampard atualizou a situação física dos atletas na entrevista pós-jogo, concedida ao canal oficial do Everton:

“Você está preocupado porque os quer em campo, mas são pequenos problemas que não valem a pena arriscar hoje. Nós viajamos de volta da América em um longo voo noturno depois de Minnesota.”

“Então os rapazes precisam de um pouco de tempo e voltarão quando se livrarem dos pequenos problemas, não vale a pena arriscar. Esperançosamente, eles estarão aptos para treinar no meio da semana e vamos prepará-los a partir daí.” 

Portanto, Lampard deu a entender que os atletas não foram utilizados por precaução. Sendo assim, as lesões não preocupam para a sequência da temporada.

Impressões sobre a vitória diante do Blackpool

De fato, os resultados nos EUA reacenderam o alerta de Lampard em relação a uma possível briga contra o rebaixamento no próximo campeonato. Vale ressaltar que o Everton se livrou do descenso apenas na penúltima rodada da Premier League passada. Na ocasião, a equipe bateu o Crystal Palace, por 3 x 2, com direito à invasão de campo no Goodison Park.

Entretanto, o amistoso mais recente serviu para acalmar o clima com a torcida. Lampard montou o time com uma linha defensiva de cinco jogadores, dando liberdade aos laterais Patterson e Mykolenko. O resultado foi satisfatório, pois o ucraniano marcou um gol e o escocês deu duas assistências no jogo.

No entanto, a bola aérea defensiva segue como a pedra no sapato de Lampard. A saber, o Everton voltou a ser vazado após uma cobrança de escanteio. Dessa maneira, o treinador enfatizou que está intensificando o trabalho para superar este ponto negativo.

O Everton volta a campo na próxima sexta-feira (29). Assim, o clube recebe o Dínamo de Kiev, às 15h45 (horário de Brasília). A renda do amistoso, no Goodison Park, será destinada às vítimas da guerra na Ucrânia. Por fim, este será o último teste dos Toffees antes da estreia na Premier League, que ocorre no dia 6 de agosto, diante do Chelsea.