Rodrygo maestro e Vinicius Junior de volta marcam vitória difícil do Real Madrid em LaLiga

6 minutos de leitura

O Real Madrid voltou a campo nesta quarta-feira (27) e recebeu o Las Palmas, no Santiago Bernabéu, em jogo válido pela 7ª rodada de LaLiga. A equipe de Carlo Ancelotti teve dificuldades, mas acabou vencendo por 2 a 0, com gols marcados por Joselu e Brahim Díaz.

Real Madrid
27/09/23 - 14:00

Finalizado

2

-

0

Las Palmas

Real Madrid - Las Palmas

Spain Primera Liga - Santiago Bernabeu

7° Turno

A equipe merengue teve diversos de seus astros no banco de reservas: Bellingham, Modric, Kroos e o brasileiro Vinicius Junior, que se recuperou de lesão e estava disponível para iniciar, mas entrou apenas no segundo tempo.

Dificuldades no ataque novamente

O Real Madrid voltou a usar um centroavante depois de testar a famosa formação da “árvore de Natal” de Ancelotti no jogo contra o Atlético de Madrid, em que Rodrygo liderava o ataque. Ainda assim, teve grandes dificuldades de marcar.

Apesar de ser amplamente dominante desde o começo, a pontaria fraca e o grande trabalho defensivo do Las Palmas se sobressaíram. Só no primeiro tempo foram 18 finalizações, 15 delas dentro da área, mas oito foram bloqueadas e sete defendidas.

rodrygo real madrid
Foto: Icon Sport

Somente no último lance do primeiro tempo Brahim Díaz conseguiu vencer o goleiro Vallés, que foi o responsável por segurar o Las Palmas no jogo por tanto tempo.

A segunda etapa foi de mais equilíbrio e o Las Palmas, inclusive, terminou o jogo com mais posse de bola: 52% contra 48% dos merengues. No entanto, Rodrygo encontrou um bom cruzamento para Joselu marcar já aos nove minutos, o que levou tranquilidade ao jogo.

O segundo tempo do Real Madrid foi fraco: apenas três finalizações, somente uma no gol, a cabeçada de Joselu, e 0,19 de xG (gols esperados). Apesar da vitória, o time da capital manteve a dificuldade ofensiva.

Destaques de Real Madrid x Las Palmas

Álvaro Vallés – 8

O goleiro do Las Palmas fechou o gol no primeiro tempo e foi o principal jogador da equipe visitante e de todo o jogo, defendendo até mesmo finalizações em lances em impedimento. Foram sete defesas em nove chutes a gol, seis delas dentro da área.

Rodrygo – 7,5

O brasileiro começou devagar, mas foi o maestro do time merengue. Como um segundo-atacante, foi o principal criador do Real Madrid, com três chances criadas, e deu a assistência para Joselu marcar o segundo gol.

Camavinga – 7,5

O francês foi um dos meias com mais liberdade e foi crucial para progredir com dribles e pressionar quando defendendo. Foram quatro dribles certos e 80% de aproveitamento no quesito, além de oito recuperações de bola.

Viera – 7

Capitão do Las Palmas, foi o principal jogador de linha do time visitante. Foram 87 passes certos, quatro chances criadas e seis recuperações de bola, mas a equipe pouco conseguiu concretizar as oportunidades que teve a partir do segundo tempo.

Vinicius Junior – 5,5

O camisa 7 entrou aos 12 minutos do segundo tempo, mas mesmo com menos de 45 minutos, mostrou pouco em seu retorno de lesão. Foram apenas sete passes certos e dois dribles com sucesso em seis tentativas.

Guilherme Ramos
Guilherme Ramos

Jornalista pela UNESP. Escrevi um livro sobre tática no futebol e sou repórter da PL Brasil. Já passei por Total Football Analysis, Esporte News Mundo, Jumper Brasil e TechTudo.

Contato: [email protected]