Kyle Walker – Mercado da Bola, Transferências, Rumores e Estatísticas

0
326
Reprodução/@kylewalker2

Homem de confiança do treinador Pep Guardiola, Kyle Walker é o dono da lateral direita do Manchester City. No clube desde 2017, o jogador é titular absoluto e peça fundamental da equipe campeã da Premier League em 2018, 2019 e 2021. Como zagueiro, também atua na Seleção Inglesa.

Kyle Walker – Início de carreira

Natural de Sheffield, na Inglaterra, Walker deu seus primeiros passos no futebol em um dos clubes tradicionais da cidade, o Sheffield United. Atuando pelos Blades desde os sete anos de idade, o lateral passou toda a sua juventude vestindo a camisa listrada da equipe. Em 2008, aos 18 anos, após rumores, o atleta finalmente chegou ao elenco profissional do time.

A princípio sem espaço no clube, Walker foi emprestado ao Northampton Town, no mercado de transferências do mesmo ano. Foram dois meses ganhando experiência até a sua volta ao time de infância. Enfim, ao fim da temporada, o lateral recebeu suas primeiras oportunidades no Sheffield. 

Walker já era desde o início um verdadeiro prospecto do futebol inglês. Nesse meio tempo, com o crescimento de sua participação nos Blades, o jogador passou a ser convocado para o sub-21 do English Team. Jogando pelo seu país, o lateral se valorizou imensamente com o passar do tempo. No mercado da bola de 2009, o Tottenham adquiriu os serviços de Walker.

Trajetória, conquistas e highlights de Kyle Walker

Apesar da compra realizada pelo clube da capital, Walker não precisou sair de casa. No início de sua passagem pelo Tottenham, o lateral foi emprestado para o próprio Sheffield United. Ao voltar para Londres no começo de 2010, Walker enfim estreou pelos Spurs em março.

Na temporada seguinte, todavia, o lateral continuou sem espaço no clube londrino. No mercado da bola, Walker foi emprestado aos Queens Park Rangers. Para a segunda parte da temporada, o jogador foi enviado ao Aston Villa.

Pelo Villa, Walker teve suas primeiras grandes atuações na Premier League. Satisfeito com o tempo de jogo nos Lions, o lateral chegou a expressar o desejo de permanecer em Birmingham por mais um ano. A performance acima da média, no entanto, garantiu-lhe uma vaga no elenco dos Spurs.

Uma vez titular pelo Tottenham, a carreira profissional de Walker deslanchou. Ao final de sua primeira temporada na equipe, o atleta recebeu o prêmio de Jogador Jovem do Ano da liga, assim como foi eleito para o Time do Campeonato. Após anos consecutivos de ótimas atuações, o lateral chamou a atenção de um novo rico da Inglaterra.

Manchester City

No mercado de transferências de 2017, o Manchester City adquiriu o jogador do Tottenham. Com a saída do ídolo Pablo Zabaleta, os Citizens necessitavam de alguém para repor a posição deixada pelo argentino. Assim, Kyle Walker era o nome certo para a função.

Em suma, a chegada do lateral a Manchester combinou com o início da soberania do clube no futebol inglês. Desde 2017, o City venceu a Premier League em três oportunidades, além de conquistar quatro League Cups e uma FA Cup. Para a estante de troféus da equipe e de Walker, falta apenas a tão almejada UEFA Champions League.

Transferências e Mercado da Bola de Kyle Walker

Antes de se consolidar com a camisa do Tottenham, Kyle Walker provocou rumores no mercado da bola diversas vezes. Durante a sua passagem pelo Sheffield United, o lateral chegou a ser emprestado para o Northampton Town. Dessa forma, quando finalmente se estabeleceu nos Blades, os Spurs logo o compraram pela quantia de 9 milhões de euros.

No clube de Londres, Walker foi alvo de empréstimos em três vezes. No mercado de transferências de 2009, o lateral retornou ao Sheffield United. Já na temporada 2010/11, o atleta vestiu as camisas de Queens Park Rangers e Aston Villa. As performances por este último garantiram-lhe a titularidade no Tottenham.

Por fim, após seis temporadas de sucesso em Londres, Walker voltou a figurar nos rumores do mercado da bola. O interessado da vez era o Manchester City, de Pep Guardiola. Para contar com os serviços do lateral, os Citizens desembolsaram a quantia de 50 milhões de euros. O valor elevado tornou Walker um dos jogadores de defesa mais caros da história.