Quem é Kepa Arrizabalaga, o espanhol que peitou Maurizio Sarri

Goleiro mais caro do mundo se recusou a ser substituído na final da Copa da liga Inglesa

Quem é Kepa Arrizabalaga, o espanhol que peitou Maurizio Sarri

Jovem, muito talentoso, ainda evoluindo, e o goleiro mais caro da história do futebol. Esse é Kepa Arrizabalaga. Mas não podemos deixar de acrescentar nas características do camisa 1 do Chelsea a sua forte personalidade, típica de quem nasce no País Basco, região do nordeste da Espanha.

Kepa, que tem 24 anos e chegou aos Blues em 2018 para o lugar do consagrado Thibaut Courtois, disse ‘não' ao ver o seu número na placa de substituição, já na prorrogação da final da Copa da Liga Inglesa contra o Manchester City.

O jovem goleiro peitou seu chefe, o italiano Maurizio Sarri, que queria colocar em seu lugar o argentino Willy Caballero para a disputa de pênaltis, com milhões de pessoas vendo tudo ao vivo. O troféu da competição ficou com o time de Pep Guardiola, que levou a melhor nas penalidades vencendo o confronto por 4 a 3.

O início de Kepa na Espanha

Kepa Arrizabalaga foi formado nas categorias de base do Athletic de Bilbao, onde chegou com apenas 10 anos. A capacidade de Kepa logo foi percebida, e ele foi sendo preparado para ser jogador profissional. Aos 17, o Bilbao o emprestou para o pequeno Baskonia, clube que atualmente disputa a quarta divisão do futebol espanhol.

Kepa foi formado pelo Athelic de Bilbao (Foto: Juan Arce/Getty Images)

Após uma temporada fora, Kepa retornou ao seu clube de formação. Mas por ser muito jovem teve poucas chances no gol do time principal, e foi emprestado novamente. Primeiro para o pequeno Ponferradina, também, da quarta divisão, e depois para o Valladolid, onde disputou a Liga Adelante, a segundona do Campeonato Espanhol.

Leia mais: Middlesbrough 8×1 Manchester City: o dia em que Afonso Alves destruiu o City

Em 2016 Kepa finalmente chegou ao time principal do Athletic de Bilbao, onde primeiro revezava a meta com o experiente Gorka Iraizoz, mas logo depois se tornou titular absoluto. Suas ótimas atuações no time do País Basco lhe renderam convocação para a seleção espanhola, e também passou a cobiça de gigantes do futebol mundial, entre eles Real Madrid e Chelsea. Assim o Bilbao prorrogou seu contrato até 2025, mas isso não bastou para que o goleiro seguisse em San Mamés.

O goleiro de 80 milhões de euros

Muitos podem ter estranhado quando o Chelsea negociou Thibaut Courtois com o Real Madrid, logo após o belga ter sido eleito o melhor goleiro da Copa do Mundo. Porém a resposta do time de Stamford Bridge veio rápido, e com valor alto. O jovem Kepa Arrizabalaga seria novo camisa 1 dos Blues. Custando nada menos que 80 milhões de euros, se tornou assim o mais caro da história do futebol em sua posição.

“Ele já demonstrou qualidade e regularidade acima da média e será uma peça importante de qualquer conquista que o Chelsea tiver nos próximos anos”, disse Marina Granovskaia, diretora do Chelsea no dia da apresentação de Kepa no clube.

Ele fez sua estreia no time azul de Londres em 11 de agosto do ano passado.

O dia pós polêmica do “não” ao chefe

O embate entre Kepa x Sarri seguiu repercutindo nesse início de semana. O técnico italiano tratou de não dar mais peso ao fato ocorrido em Wembley no último domingo.

“Foi um grande mal-entendido. Vi que ele estava com cãibras e não podeira ir para os pênaltis”, afirmou Sarri, minimizando a recusa de Kepa a ser substituído. O goleiro também se manifestou sobre o ocorrido.

“Acho que foi tudo um mal-entendido no calor do fim de um jogo que valia um título. O treinador achou que eu não poderia jogar. Minha postura foi para mostrar que eu estava em boa condição para continuar ajudando a equipe enquanto os médicos que cuidaram de mim chegavam ao banco para passar a mensagem. Sinto muito pela imagem que foi passada, não foi minha intenção. Tenho todo respeito pelo técnico e sua autoridade”, afirmou o camisa 1 do Chelsea.