Juventus fecha a contratação de Bremer

Derby d’Italia pelo zagueiro brasileiro Bremer. Segundo a imprensa italiana, a Juventus venceu a disputa com a Internazionale e acertou com atleta, de 25 anos, do Torino. A saber, a Vecchia Signora fez uma proposta de 40 milhões de euros (R$ 216 milhões), mais bônus variáveis, e entrou em acordo com o rival de Turim para levar o melhor defensor da última edição do Campeonato Italiano.

Em suma, a Inter namorava Bremer há meses e especulava-se que o jogador fosse acertar sua ida aos Nerazzurri. Entretanto, os rumores do jogador junto à equipe de Milão já foram maiores e deu uma diminuída nas últimas semanas.

Contudo, com a venda do zagueiro De Ligt para o Bayern de Munique e as saídas de Chiellini e Demiral, a Juventus correu para sacramentar a compra de Bremer. O zagueiro está na Áustria, em pré-temporada com o Torino. No entanto, voltará à Itália o quanto antes para fazer exames médicos e assinar seu contrato com os Bianconeri, a princípio o vínculo será por cinco temporadas.

Após vender De Ligt, Juventus contrata Bremer

Dessa forma, o zagueiro tinha um acordo verbal com a Internazionale desde março, mas o Torino faz jogo duro na negociação e abriu espaço para outros interessados. A a equipe de Turim exigia, no mínimo, 40 milhões de euros (R$ 216 milhões). A Beneamata fez uma proposta de 30 milhões de euros (R$ 162 milhões) mais bônus em variáveis. Em suma, a prioridade do zagueiro era seguir na liga italiana.

Primordialmente, diversos clubes sondaram o zagueiro, como PSG, Tottenham e Manchester United. O Chelsea, mais recentemente, chegou a fazer uma consulta pelo jogador, mas fechou com Koulibaly, ex-Napoli. Após concluir a venda de De Ligt para o Bayern de Munique, a Juventus fez a investida por Bremer e chegou ao valor pretendido pelo Torino.

Bremer fez três gols e anotou uma assistência na última temporada pelo Torino e foi eleito o melhor defensor do Campeonato Italiano.

O jornalismo foi um caminho natural na minha vida. Sempre apaixonado por esportes, principalmente o futebol – independente da liga -, busquei aliar esse amor com outro: a escrita. Já fui redator em dois sites esportivos, cobri Copa São Paulo, Campeonato Brasileiro, Estadual, Calcio, NBB e outros torneios. Hoje tenho prazer em escrever sobre a liga que mais amo e que acompanho desde 2008: a Premier League.
Artigo anteriorArgentino do Atlético-MG é apontado no Porto
Próximo artigoLucas Paquetá tem valor estipulado para equipes inglesas