Juventus está disposta a vender meia para o Tottenham após quebra de protocolo

1 minuto de leitura

Antes de mais nada, a janela de transferências encerrou, sendo uma das mais movimentadas da história. No entanto, mesmo com o fechamento, a Juventus já estuda vender o meio campista americano Weston McKennie após o jogador ter violado os protocolos da COVID-19, pelas eliminatórias para a Copa do Mundo 2022. Por fim, o Tottenham surge como um provável destino para o atleta.

JUVENTUS INSATISFEITA COM MCKENNIE

De acordo com o site Spursweb, a Juventus quer vender o meia Mckennie. Sendo assim, a Velha Senhora está insatisfeita com as atitudes do atleta nesta data FIFA, defendendo a seleção dos Estados Unidos. Portanto, após o empate por 0 x 0 entre Estados Unidos e El Salvador, o jogador foi visto se aglomerando em uma festa, quebrando o protocolo de isolamento.

Além disso, o jogador ficou fora da partida contra o Canadá após esse ocorrido, como punição da federação americana de futebol. Com isso, a Juventus já notificou ao jogador que tentará emprestá-lo ou até mesmo vende-lo. Em suma, McKennie tem contrato com a Juve até junho de 2023.

INTERESSE DO TOTTENHAM NO JOGADOR

De início, o principal favorito a tentar a contratação de McKennie será o Tottenham. Nesse ínterim, os Spurs ficaram próximos de fechar a negociação com o meio campista americano na última janela, mas sem sucesso pelo alto valor pedido pela Juventus. No entanto, o clube londrino volta a ter chances reais de concretizar o negócio, depois da insatisfação dos italianos com o atleta. Em conclusão, McKennie está avaliado em 25 milhões de euros.

Leandro Silva
Leandro Silva

Eu escolhi jornalismo por amar esporte, principalmente futebol. No momento tenho um canal no youtube com meus amigos chamado "Mesa de bar" , que fala de esportes em geral. A idéia é justamente criar um portfólio para ingressar na área jornalística. Meu objetivo profissional é ser comentarista de futebol, me espelhando em profissionais como o Paulo Vinícius Coelho, Rafael Oliveira, Paulo Calçade entre outros.