Juventus está disposta a vender meia para o Tottenham após quebra de protocolo

0
163
Juventus
Foto: Reprodução/ Getty Images

Antes de mais nada, a janela de transferências encerrou, sendo uma das mais movimentadas da história. No entanto, mesmo com o fechamento, a Juventus já estuda vender o meio campista americano Weston McKennie após o jogador ter violado os protocolos da COVID-19, pelas eliminatórias para a Copa do Mundo 2022. Por fim, o Tottenham surge como um provável destino para o atleta.

JUVENTUS INSATISFEITA COM MCKENNIE

De acordo com o site Spursweb, a Juventus quer vender o meia Mckennie. Sendo assim, a Velha Senhora está insatisfeita com as atitudes do atleta nesta data FIFA, defendendo a seleção dos Estados Unidos. Portanto, após o empate por 0 x 0 entre Estados Unidos e El Salvador, o jogador foi visto se aglomerando em uma festa, quebrando o protocolo de isolamento.

Além disso, o jogador ficou fora da partida contra o Canadá após esse ocorrido, como punição da federação americana de futebol. Com isso, a Juventus já notificou ao jogador que tentará emprestá-lo ou até mesmo vende-lo. Em suma, McKennie tem contrato com a Juve até junho de 2023.

INTERESSE DO TOTTENHAM NO JOGADOR

De início, o principal favorito a tentar a contratação de McKennie será o Tottenham. Nesse ínterim, os Spurs ficaram próximos de fechar a negociação com o meio campista americano na última janela, mas sem sucesso pelo alto valor pedido pela Juventus. No entanto, o clube londrino volta a ter chances reais de concretizar o negócio, depois da insatisfação dos italianos com o atleta. Em conclusão, McKennie está avaliado em 25 milhões de euros.