Cobrado por não expulsar Kovacic, juiz de Arsenal x City foi chamado de ‘frouxo’ em jogo do Brasil no Catar

4 minutos de leitura

Arsenal e Manchester City estão se enfrentando no início da tarde deste domingo (8), no Emirates Stadium, pela oitava rodada da Premier League. Apesar do clássico reunir vários craques, o assunto do primeiro tempo é o árbitro Michael Oliver.

O juiz deixou de expulsão Mateo Kovacic em uma entrada duríssima em Martin Odegaard, aos 29 minutos de jogo, dando apenas cartão amarelo para o meia do Manchester City. Em seguida, o jogador croata deu mais uma entrada dura num jogador do Arsenal, dessa vez em Declan Rice, mas Michael Oliver não mostrou o segundo amarelo.

Durante o primeiro tempo, a torcida do Arsenal ficou na bronca com o juiz e cantou “quanto estão te pagando?” para o árbitro Michael Oliver.

Polêmicas do árbitro de Arsenal x Manchester City

Michael Oliver é um árbitro polêmico. Em 2010, se tornou o juiz mais novo a apitar um jogo de Premier League, aos 25 anos e 182 dias. Ele faz parte do quadro de arbitragem da Uefa desde 2016, quando iniciou seus trabalhos na Champions League. Em 2018, ele marcou um pênalti polêmico aos 28 minutos do segundo tempo em um duelo entre Real Madrid e Juventus pelo segundo jogo das quartas de final da Liga dos Campões. No momento do apito, o goleiro Gianluigi Buffon ficou furioso com o árbitro, que acabou expulsando a lenda italiana.

Na ocasião, Cristiano Ronaldo converteu o pênalti e classificou o Real Madrid para as semifinais. Após a partida, Buffon criticou duramente Michael Oliver, dizendo que ele deveria “estar na arquibancada, comendo salgadinhos”, o que geou em mais três jogos de suspensão para o goleiro como punição.

Juiz “frouxo” na Copa do Mundo

Na Copa do Mundo de 2022, o juiz de Arsenal x Manchester Cty havia atuado em duas partidas: Polônia x Argentina e México x Arábia Saudita. Atribuiu sete cartões amarelos na última rodada da fase de grupos, seis para os mexicanos e um para os sauditas. Depois, nas oitavas de final, ele apitou Brasil x Croácia, dando três amarelos para os brasileiros — Marquinhos, Danilo e Casemiro — e apenas um para os croatas — Bozovic. O detalhe é que Kovacic estava em campo na partida que resultou em eliminação para a Canarinho.

Na ocasião, o narrador histórico da Globo, Galvão Bueno, chamou o árbitro inglês, que apita Arsenal x Manchester City, de “frouxo”, por não punir os croatas com cartões, mesmo com tantas faltas.

Romulo Giacomin
Romulo Giacomin

Formado em Jornalismo na UFOP, passou por Mais Minas, Esporte News Mundo e Estado de Minas. Atualmente, escreve para a Premier League Brasil.