Quem poderá substituir José Mourinho no Manchester United?

Após um péssimo trabalho, treinador português foi demitido

0
226
Foto: Lindsey Parnaby

Um dos trabalhos mais problemáticos do futebol europeu chegou ao fim. Após levar um baile do Liverpool, em Anfield, por 3 a 1, o Manchester United demitiu José Mourinho. E os Diabos Vermelhos demoraram muito a fazer isso.

O trabalho do técnico português não convencia faz tempo. Suas vitórias não encantavam ninguém, e todo mundo sabia que a perspectiva de evolução era mínima.

Acompanhe a PL Brasil no Youtube

  • Os maiores artilheiros da era Premier League

Outro ponto crucial na demissão do treinador foi o péssimo relacionamento dele com os principais jogadores. Como pode um comandante deixar Paul Pogba no banco apenas por birras pessoais? Isso custou caro ao Manchester United, que hoje está a 11 pontos do Top 4 e 19 do líder Liverpool.

Claro que Mourinho não é 100% culpado, a direção do United também tem uma boa responsabilidade nisso. Principalmente Ed Woodward, peça-chave na má formação do elenco.

Mourinho já passou, e o que o torcedor do maior campeão inglês pensa é o seu possível substituto. Pensando nisso, o PL Brasil prepara uma lista com alguns nomes que podem aparecer em Manchester.

É importante destacar que provavelmente estes nomes só devem ser especulados/contatados na próxima temporada. Até maio de 2019, Laurent Blanc, Michael Carrick ou Ole Gunnar Solskjaer devem comandar o clube interinamente.

Eddie Howe

Foto: Premier League

O jovem e promissor técnico inglês de 41 anos vive uma excelente fase no Bournemouth. Ele é peça-chave na reconstrução e manutenção do clube na Premier League.

Uma das principais qualidades do comandante é o seu estilo de jogo. Mesmo tendo um elenco inferior aos gigantes, Howe não abre mão do futebol ofensivo e que vem surpreendendo a todos.

E a questão da ofensividade é crucial na escolha do próximo técnico do maior campeão inglês. A torcida do United foi acostumada com anos vitoriosos e o clube jogando um bom futebol, e não com o “ônibus estacionado” à frente do goleiro.

Outro ponto importantíssimo que pesa a favor de Howe é conhecer e estar adaptado a Premier League. O comandante está na sua quarta temporada na competição e conhece o estilo de jogo, mercado e como funciona a pressão num clube como o Manchester United.

Mas será que um treinador de uma equipe modesta como o Bournemouth seria capaz de reerguer um gigante adormecido? A resposta é sim. Mas isso requer tempo, o que talvez seja um problema.

Leonardo Jardim

Foto: Papoila Saltitante

O venezuelano de 44 anos está sem clube. Após fazer um belo trabalho nas últimas temporadas pelo Mônaco, o técnico foi vítima do desmanche no clube e acabou sendo demitido em outubro, devido aos péssimos resultados.

Jardim foi responsável pela montagem do Mônaco campeão francês, que contava com a presença de Benjamin Mendy, Fabinho, Thomas Lemar, Bernardo Silva e Kilyan Mbappe.

Assim como Eddie Howe, o treinador também tem a ofensividade como sua principal arma. Suas equipes são montadas num 4-4-2 e jogam um futebol agradável.

Outra característica importante de Jardim é a sua habilidade em desenvolver jovens talentos. O comandante é responsável por “revelar” Anthony Martial, Thomas Lemar, Kilyan Mbappe e outros grandes nomes.

No Manchester United, equipe que conta com inúmeros talentos precisando dar um salto maior nas suas respectivas carreiras, Leonardo Jardim pode ser peça chave nisso.

Entretanto, o treinador precisaria de tempo para entender toda a filosofia do clube e da liga. É um bom nome num momento errado.

Roberto Martínez

Foto: Filippo Monteforte

O espanhol de 45 anos é um dos grandes estrategistas do futebol mundial. Atualmente na seleção belga, o comandante foi peça chave na eliminação do Brasil na última Copa do Mundo.

Roberto Martínez também é um treinador ofensivo. Porém, o comandante sabe “jogar o jogo”. Ele tem como uma de suas principais características a facilidade em neutralizar o adversário. 

Além de ser um treinador ofensivo e estrategista, Martínez também conhece a Premier League. O espanhol passou 3 anos no Everton e fez um trabalho razoável, tendo em vista que os Toffies não tinham um grande elenco.

A principal dificuldade é tirar o comandante da seleção belga. Com seu conhecimento tático, futebol ofensivo e experiência na Premier League, agregaria demais ao Manchester United.

Antonio Conte

Foto: The Independent

O italiano de 49 anos é uma das figuras mais problemáticas do mundo da bola. E isso agravou após a sua saída do Chelsea, onde o treinador conquistou Premier League e Copa da Inglaterra em duas temporadas mas ficou marcado pelo desentendimento com os jogadores.

A qualidade técnica e tática de Antonio Conte é indiscutível. Foi vencedor por onde passou. O grande problema está no seu relacionamento com os atletas.

Outro ponto que gera algumas críticas é o jeito como o comandante monta suas equipes. Conte não tem como principal arma o futebol ofensivo, mas sim um estilo pragmático que acabou se tornando vencedor por onde o italiano passou.

O perfil de Conte lembra muito o demitido José Mourinho. O nome também tem uma grande rejeição por parte da torcida do maior campeão inglês. Mesmo tendo qualidade, o italiano seria um grande risco para o Manchester United.

Mauricio Pochettino

Foto: Getty Images

Certamente, o argentino é um dos nomes com maior aceitação da torcida. O trabalho de Pochettino no Tottenham é muito bom e chama a atenção em todo mundo.

O comandante é um treinador muito ofensivo. O seu Tottenham é uma das equipes mais legais de se assistir no futebol. Além disso, o técnico conseguiu montar um bom time sem gastar tanto. Imagine no Manchester United que tem um poder aquisitivo absurdo?

Entretanto, um dos problemas de Pochettino é não abrir mão da sua filosofia de jogo. E isso às vezes custa caro.

Em jogos de mata-mata, por exemplo, o treinador sofre por não saber administrar as vantagens e segurar o jogo. Isso num clube como o United não pode acontecer. A única filosofa que deve ser mantida é a de conquistar títulos.

Pochettino tem apoio de lendas da equipe de Manchester, como por exemplo do maior técnico da história: Sir Alex Ferguson. Entretanto, a identificação do comandante com o Tottenham pode acabar pesando. Caso o United tenha interesse, precisará desembolsar 34 milhões de libras por ele.

Zinedine Zidane

Foto: Getty Images

Leia mais Conheça todos os artilheiros da era Premier League

Sem dúvidas, o maior desejo da torcida do Manchester United. O técnico que ganhou tudo pelo Real Madrid é o sonho dos fãs desde a sua saída da equipe espanhola.

Zidane tem o perfil que o Manchester United sonha: um técnico vencedor, ofensivo e com um apoio massivo da torcida. Além disso, outra virtude: está desempregado.

Na teoria, a contratação de Zidane não seria difícil, já que é o Manchester United realizando o convite. Entretanto, desorganizações da diretoria e a falta de autonomia nas contratações pode acabar pesando numa futura negativa por parte do treinador.

Mesmo sem ter trabalhado na Premier League, Zidane agregaria demais à equipe de Manchester. Os torcedores certamente teriam um time competitivo, ofensivo e vencedor.