Jonás Gutiérrez: como o ex-Newcastle superou câncer e marcou gol decisivo

A passagem do argentino pelo Newcastle está marcada na história!

jonás gutiérrez
Ian MacNicol/AFP via Getty Images

Nos sete anos em que jogou pelo Newcastle, o meia-atacante argentino Jonás Gutiérrez viveu grandes emoções e acabou deixando o clube de uma forma polêmica e triste.

O argentino foi crucial na vitória de 2 a 0 sobre o West Ham, que garantiu a permanência dos Magpies na Premier League, mas não permaneceu no clube após o término da temporada de 2014/2015.

Nós, da PL Brasil, vamos contar toda a trajetória de Jonás Gutiérrez no Newcastle. O argentino ainda é aclamado pelo torcedor e guarda apenas as boas lembranças de sua passagem pelo clube.

Começo da trajetória de Jonás Gutiérrez no clube

Nascido em Sáenz Peña, uma pequena província de Buenos Aires, Jonás iniciou sua carreira pelo Velez Sarsfield em 2001. Após se destacar, o meia-atacante se transferiu para a Europa, onde jogou por três anos pelo Mallorca, da Espanha.

Em 2008, surgiu a oportunidade de se transferir para a Inglaterra, quando foi contratado pelo Newcastle pelo valor de 6 milhões de euros.

Foram sete anos atuando em alto nível pelo clube do nordeste inglês. Suas atuações credenciaram-no a uma oportunidade de atuar pela seleção da Argentina na Copa do Mundo de 2010. O argentino era considerado o grande “queridinho” do técnico Diego Maradona, mas sua escalação como titular da equipe era bastante questionável.

A saída de Damien Duff do clube abriu espaço para que o argentino pudesse ser escalado em uma posição mais avançada pelos lados, onde ele se destacou. Conquistou o título da Championship de 2009/2010 pelo clube e viveu a melhor fase de sua carreira no retorno do Newcastle para a Premier League nos anos seguintes.

Em 2013, quando tinha vaga consolidada no time titular, Jonás Gutiérrez foi diagnosticado com um câncer testicular que afetou drasticamente o andamento da sua carreira.

Leia mais: Montamos a seleção do Newcastle no século XXI; confira

Recuperação do câncer e retorno ao Newcastle

Em setembro de 2013, Jonás Gutiérrez anunciou que havia passado por um procedimento cirúrgico para a retirada de um câncer testicular. Com isso, o atleta passaria por uma sessão de quimioterapia final, além de um período de dois meses de recuperação.

De acordo com o argentino, as dores surgiram após uma dividida em um jogo contra o Arsenal no dia 19 de maio de 2013. Após a inflamação da área, o tumor acabou sendo diagnosticado e o atleta teve de retirar o seu testículo esquerdo em uma cirurgia realizada na Argentina, onde Jonás passou a sua recuperação.

Depois de retornar ao Newcastle, Jonás fez algumas partidas pelo sub-21 e foi emprestado ao Norwich para ter uma sequência de jogos. No entanto, o argentino teve poucas oportunidades e atuou pelo clube em apenas quatro partidas pela Premier League.

Leia mais: Newcastle United: os títulos e os artilheiros dos Magpies

O argentino retornou ao Newcastle na temporada seguinte. Com o clube em queda livre na temporada e com grandes riscos de rebaixamento, algumas mudanças foram promovidas pelo então técnico interino John Carver. A entrada de Jonás Gutiérrez na equipe foi uma delas.

O Newcastle chegou na última rodada da temporada de 2014/2015 brigando contra o rebaixamento e tinha como principal adversário o Hull City. Uma vitória dos Magpies sobre o West Ham ou um simples tropeço dos Tigers contra o Manchester United era suficiente para manter o clube na elite.

Na partida contra os Hammers, Jonás foi o grande herói. Com uma assistência para o gol de Sissoko e um gol marcado pelo argentino nos minutos finais, o Newcastle venceu por 2 a 0 e permaneceu na elite do futebol inglês.

jonás gutiérrez
Ian MacNicol/AFP via Getty Images

Dispensa do clube

Após salvar o clube do rebaixamento, Jonás Gutiérrez esperava que seu contrato, que estava se encerrando, fosse renovado, mas isso não aconteceu.

O jogador acabou descobrindo da sua dispensa após uma ligação telefônica do técnico John Carver, ao então jogador do clube Ryan Taylor, que comentou com o argentino que se demonstrou surpreso com o péssimo tratamento dado por Mike Ashley.

Apesar disso, Jonás já declarou em entrevistas que não guarda rancor do clube, mas sim de Mike Ashley. Ele guarda as melhores recordações possíveis da torcida e imortalizou sua passagem pelo clube com uma tatuagem, onde ele menciona cada clube no qual atuou.

Nos dias atuais, o jogador está com 36 anos e atua pelo Banfield, da Argentina, mas ainda mostra sua gratidão e torcida pelo Newcastle nas redes sociais, onde diariamente está interagindo com os torcedores dos Magpies.

View this post on Instagram

Quería mostrarles mi último tatuaje, que representa algo muy especial para mi dejando marcado todos los lugares donde me tocó jugar y en especial un lugar que llevo marcado por mis 7 años, donde me llamaban hombre araña espero que les guste. Gracias a todos y en especial a la nación geordie ⚫️⚪️⚫️. Gracias @danicisnerosfst???? @velez @afaseleccion @rcdmallorcaoficial @nufc @rcdeportivo @defensayjusticiaoficial @caindependiente @cab_oficial I want to share with you all my most recent tattoo. This represents something super special for me as it reminds me of all the places that I've had the pleasure of playing in. In particular where I spent 7 glorious years where they called me Spiderman. Thanks for all the support and in particular the Geordie Nation ⚫️⚪️⚫️. Please leave a comment below on what you'll think. Thanks @danicisnerosfst ???? @velez @afaseleccion @rcdmallorcaoficial @nufc @rcdeportivo @defensayjusticiaoficial @caindependiente @cab_oficial

A post shared by Jonas Gutierrez (@galgojonas) on