Leicester: 8 jogadores que passaram pelos Foxes e você nem lembra

2 minutos de leitura

O Leicester City é um clube querido por muitos torcedores ao redor do mundo após ser campeão da Premier League na temporada 2015/2016 depois de ter escapado do rebaixamento na edição anterior. Antes disso, o time era pouco conhecido fora da Inglaterra. Mas ao longo de décadas teve jogadores interessantes que você talvez nem saiba. Confira a lista.

8 jogadores que passaram pelo Leicester que talvez você nem saiba 

Roberto Mancini

Sim, ele mesmo, Roberto Mancini, ex-treinador do Manchester City, atuou no Leicester em 2001, já em fim de carreira. O craque italiano, que fez história com a camisa da Sampdoria, foi emprestado pela Lazio, mas só atuou em quatro jogos.

Menos de um mês no clube, ele pediu dispensa, alegando problemas pessoais, e acabou pendurando as chuteiras e acertando com a Fiorentina para a sua primeira experiência como treinador.

Gary Lineker

Atualmente comentarista, Gary Lineker foi um dos melhores atacantes ingleses do seu tempo. Nascido em Leicester, foi revelado pelo clube da cidade e marcou 95 gols em 194 jogos. Ajudou o time a conquistar a segunda divisão inglesa em 1980, marcando 26 gols em 40 partidas.

Depois de sete anos nos Foxes, passou por Everton, Barcelona e Tottenham, antes de encerrar a carreira no futebol japonês. Pela seleção inglesa, anotou 48 gols em 80 jogos.

Harry Kane

Antes de se destacar com a camisa do Tottenham, Harry Kane foi emprestado a vários clubes para que ganhasse experiência. Depois de ser cedido ao Leyton Orient em 2011, ao Millwall em 2012, ao Norwich City entre 2012 e 2013, o jogador ganhou uma chance no Leicester.

Kane marcou apenas dois gols em 13 jogos, e os Foxes chegaram até às semifinais dos play-offs da Championship — a segunda divisão inglesa — sendo derrotados pelo Watford.

Emile Heskey

Se você acompanha futebol inglês, sabe muito bem quem é Emile Heskey. Talvez o que você não saiba é que ele foi revelado pelo Leicester, em 1994. Atuando pelo time da cidade onde nasceu, o centroavante ficou até 2000, após marcar mais de 45 gols pela equipe.

Ajudou o time a conquistar o acesso à Premier League na temporada 1995/1996 e a ganhar duas Copas da Liga Inglesa: em 1996/1997, o Leicester bateu o Middlesbrough na final em dois jogos — Heskey marcou gol na primeira partida — e em 1999/2000, derrotou o Tranmere Rovers na decisão.

Jesse Lingard

Campeão da FA Youth Cup (Copa da Inglaterra sub-20) de 2010/2011 pelo Manchester United, Jesse Lingard foi emprestado por apenas dois meses ao Leicester, entre 2012 e 2013. Foram apenas cinco jogos pelo time.

Gordon Banks

Lembra daquela “defesa impossível” em uma cabeçada do Pelé numa partida entre Brasil e Inglaterra ela Copa de 1070? Então, o autor desse milagre foi o goleiro Gordon Banks, que, na época, vestia a camisa do Stoke City.

Uma dos principais jogadores da história dos Foxes, Banks contabilizou quase 300 partidas vestindo azul e branco, além de duas participações em Copa do Mundo, sendo campeão em 1966, em solo inglês. Pelo clube, foi campeão da Copa da Liga Inglesa de 1964, e vice no ano seguinte, e chegou duas vezes à final da Copa da Inglaterra, em 1961 e 1963.

Ricardo

Vice-campeão da Eurocopa de 2004 e com duas Copas do Mundo na bagagem, Ricardo foi um dos goleiros mais importantes da seleção portuguesa nas últimas décadas. Depois de passagens por Boavista, Sporting e Bétis, acertou com o Leicester, em janeiro de 2011, mas durou apenas oito jogos e seis meses no clube, que não quis renovar seu contrato.

Cambiasso

Um dos melhores volantes de sua geração, Cambiasso se aventurou na Premier League entre 2014 e 2015, com a camisa do Leicester. Foi eleito o jogador da temporada, com atuações seguras, e ajudando o clube a evitar milagrosamente o rebaixamento.

Em julho, recebeu uma proposta para renovação do seu contrato, mas preferiu ir para o Olympiakos, e vendo — de longe — os Foxes serem campeões ingleses na temporada seguinte.

Leia mais: Os 10 maiores artilheiros da Premier League

Pedro Ramos
Pedro Ramos

Editor da PL Brasil entre 2012 e 2020 e subcoordenador na PL Brasil desde 2023. Passagens pelo jornal Estadão e o canal TNT Sports. Formado em Jornalismo e Sociologia. Ex-pesquisador do GEMAA (Grupo de Estudos Multidisciplinar da Ação Afirmativa).

E-mail: [email protected]