10 jogadores que passaram pelo Everton e talvez você nem saiba

Confira uma lista de dez jogadores que vestiram a camisa dos Toffees, mas não tão lembrados assim

10 jogadores que passaram pelo Everton e talvez você nem saiba

Dando continuidade às listas dos 10 atletas que já jogaram em determinados clubes e vocês provavelmente não se lembra deles, chegamos agora com os jogadores que passaram pelo Everton, o time azul de Liverpool. Vamos conhecer mais da história dos Toffees.

10 jogadores que passaram pelo Everton e talvez você nem saiba 

Slaven Bilic (1997-1999)

O ex-técnico do West Ham começou sua carreira na Inglaterra nesse mesmo clube e após duas temporadas se transferiu para o Everton, onde jogou pouco mas o suficiente para ser convocado pela Croácia para sua estreia na Copa do Mundo de 1998, fazendo parte da chamada “geração de ouro croata”.

Mark Hughes (2000)

Mark Hughes passou menos de uma temporada no Everton, onde fez 18 jogos marcando um gol. Com passagens mais destacadas em outros clubes como Manchester United, os Toffees foram o penúltimo clube do galês antes de encerrar sua carreira no Blackburn Rovers.

Marco Materazzi (1998-1999)

O icônico zagueiro da Inter de Milão e alvo da cabeçada de Zinedine Zidane na final da Copa do Mundo de 2006, jogou uma temporada no Everton e marcou dois gols.

Foi expulso quatro vezes em 27 jogos e no fim da temporada foi mandado de volta ao Perugia para depois ser comprado pela Inter, onde fez sua carreira.

Rodrigo “Beckham” (2002-2003)

Juliano Rodrigo, seu nome, tinha sido artilheiro do Botafogo e mesmo sem plenas condições físicas foi jogar por uma temporada na Premier League.

Lá não repetiu a mesma performance e agravou a lesão no joelho adquirida no Brasil. Atualmente está atuando como treinador no Boavista. No Everton escolheu usar “Rodrigol” na camisa como identificação.

Landon Donovan (2010-2012)

Considerado por muitos o maior jogador estadunidense de todos os tempos, Landon Donovan, teve uma passagem apagada pelo clube azul de Liverpool. Atuou 22 vezes, marcando dois gols.

O contrato inicial foi um período de experiência de dois meses e meio e acabou se estendendo por três temporadas.

John Ruddy (2005-2010)

Os cinco anos de John Ruddy no Everton renderam-no apenas um jogo como profissional pelo clube. Entretanto, passou por muitos clubes por empréstimo nesse período para ganhar experiência.

Em 2010 foi vendido ao Norwich City. Chegou a ser convocado para a seleção inglesa nesse período.

Jô (2009-2010)

O brasileiro Jô teve sua primeira experiência na Premier League pelo Manchester City, pelo qual não anotou nenhum gol. Logo após foi emprestado ao Everton onde marcou 5 gols, mas também permaneceu abaixo das expectativas.

Após seu período na Inglaterra foi emprestado ao futebol turco.

Shane Duffy (2009-2014)

O jovem zagueiro irlandês surgiu nas categorias de base do Everton em 2009 e tendo passado por vários clubes por empréstimo conseguiu fazer apenas cinco jogos pelos Toffees.

Duffy jogou a Eurocopa pela República da Irlanda e atualmente atua no Brighton & Hove Albion.

Leia mais: 10 jogadores que passaram pelo Leicester que talvez você nem saiba

Dan Gosling (2008-2010)

Gosling passou duas temporadas atuando pelos Toffees. Tendo atuado 22 vezes, marcou quatro gols. Gosling tem sido peça importante no Bournemouth.

Ele é lembrado pelo gol nos acréscimos em cima do Liverpool que eliminou a equipe vermelha da FA Cup de 2009.

Samuel Eto’o (2014-2015)

O lendário camaronês já vinha em baixa na sua carreira quando aceitou se transferir aos Toffees.

Por lá pouco vez, jogou 20 vezes anotando 4 gols, mas sempre com atuações abaixo do esperado pela torcida e pela comissão técnica, tanto é que foi logo transferido ao Sampdoria no final do campeonato.

Acompanhe a PL Brasil no Youtube

  • Os maiores artilheiros da era Premier League