Jogadores do Fulham que merecem permanecer na Premier League

Cottagers gastaram 100 milhões de libras, mas foram rebaixados

0
356
Jogadores do Fulham que merecem permanecer na Premier League

A campanha do Fulham na Premier League de 2018/19 foi uma completa decepção. Com a montagem de um elenco extremamente caro e que gerava altas expectativas durante a competição, a equipe acabou ocupando a penúltima colocação com apenas 26 pontos e terá que juntar os cacos para a próxima temporada da Championship.

Apesar da péssima campanha, alguns nomes do elenco chamam a atenção e podem render o esperado se forem escalados em uma equipe competitiva.

Nós, da PL Brasil, separamos 5 jogadores do Fulham que fizeram parte da campanha do time na Premier League e merecem permanecer na elite inglesa.

LEIA MAIS: 

Balanço da temporada do Fulham na Premier League

A noite em que o Fulham venceu o Santos de Pelé

Aleksandar Mitrovic

Mitrovic foi o artilheiro do Fulham na Premier League com 11 gols. (Foto: Getty)

Contratado por empréstimo junto ao Newcastle na temporada de 2017/18 da Championship, o sérvio Aleksandar Mitrovic impressionou em seu começo de passagem pelo time de Londres. Em 20 jogos pela segunda divisão inglesa, o atacante marcou 12 gols e ajudou o Fulham a subir para a Premier League.

Com o interesse dos Magpies em negociar o atacante, o Fulham aceitou pagar a quantia de 27 milhões de libras para contratá-lo em definitivo para que o sérvio fosse a referência do ataque do clube.

Na campanha do Fulham, Mitrovic foi um dos poucos que acabou se salvando e teve uma boa contribuição, especialmente no início de temporada do clube. Com 11 gols em 37 jogos, foi o artilheiro do Fulham na Premier League.

O sérvio se destaca por ser um jogador muito físico e tem certo destaque nas bolas aéreas, mas possui dificuldades quando é exigido fora da grande área. Além disso, o seu temperamento é questionável e lhe fez ter problemas na carreira, especialmente quando atuava pelo Newcastle.

Mitrovic, que já foi especulado em clubes como o Everton e o Southampton, dificilmente deve permanecer no Fulham para a próxima temporada e é uma ótima opção no mercado para quem procura por um atacante.

Ryan Sessegnon

Apesar de não corresponder as expectativas, Sessegnon é considerado uma das grandes promessas do futebol inglês. (Foto: Getty)

Com apenas 19 anos de idade, o jovem Ryan Sessegnon é um dos grandes destaques do time do Fulham, mas a responsabilidade de ser um dos líderes em qualidade técnica no elenco parece ter influenciado negativamente no talentoso meia/lateral dos Whites.

Depois de ter feito uma ótima temporada em 2017/18, em que atuou em 52 jogos e marcou 16 gols, Sessegnon despertou o interesse de vários clubes europeus e também do técnico Gareth Southgate, que viu com bons olhos uma possibilidade de convoca-lo para a seleção inglesa em um futuro próximo.

Na Premier League, a inconsistência da equipe do Fulham e as constantes trocas de treinadores atrapalharam no desenvolvimento do jovem atleta, que não conseguiu corresponder as expectativas de todos em sua primeira temporada na elite do futebol inglês.

Além de ser jovem, Sessegnon tem a qualidade para poder atuar em várias posições e, ao longo da campanha do Fulham, acabou sendo testado como lateral-esquerdo, ala e até meia. Em um elenco competitivo e com as orientações certas, o jovem pode se tornar um dos grandes nomes da nova geração inglesa.

Seu nome foi especulado em grandes clubes europeus como o Manchester United, Tottenham e a Juventus da Itália, mas nenhuma proposta foi realizada até o momento.

Sérgio Rico

Apesar de ter a defesa mais vazada da competição, Sérgio Rico foi um dos destaques do Fulham na Premier League. (Foto: Getty)

O Fulham teve a pior defesa da competição após sofrer incríveis 81 gols nas 38 rodadas realizadas. Essa estatística poderia ser pior se não fosse o goleiro espanhol Sérgio Rico, que foi contratado por empréstimo junto ao Sevilla.

A contratação por empréstimo acabou sendo surpreendente, pois se tratava de um goleiro que era titular inquestionável de uma equipe que disputa competições europeias com frequência e que já teve convocações para a seleção espanhola.

No Fulham, Rico teve uma passagem para se esquecer. O arqueiro espanhol não foi vazado em apenas cinco dos 29 jogos em que atuou pela competição, apesar de ter salvado o Fulham de derrotas ou goleadas em alguns momentos da Premier League.

Apesar da péssima campanha do Fulham, Sérgio Rico é um bom nome no mercado para quem está na busca por um goleiro. O espanhol, que apesar de ter apenas 25 anos, já tem experiência de sobra no mundo do futebol, além de ser peça fundamental em dois títulos da Liga Europa pelo Sevilla.

Com o fim de seu empréstimo, o goleiro já se despediu do Fulham e vai retornar ao Sevilla.

Joe Bryan

Joe Bryan pode ser uma ótima aposta com um custo barato para os clubes da Premier League. (Foto: Divulgação/Fulham FC)

Muito disputado por alguns clubes no começo da temporada, o então lateral-esquerdo do Bristol City, Joe Bryan, se atraiu pelo ambicioso projeto do Fulham e optou por assinar pelo clube da capital inglesa.

Com a saída do então lateral-esquerdo, Matt Targett, Bryan acabou sendo contratado com o status de titular, dando a oportunidade para que o jovem Ryan Sessegnon possa jogar mais avançado e sem se preocupar tanto com o setor defensivo.

O lateral de 25 anos se destacou por sua qualidade ofensiva, mas pecou defensivamente em uma temporada recheada de erros nesse setor por parte do Fulham, ainda assim, Bryan conseguiu ter certo destaque em sua primeira temporada na elite inglesa.

Para a próxima temporada, a tendência inicial é que Bryan permaneça no Fulham para a disputa da Championship. Contratado pelo valor de 6,7 milhões, o seu valor de mercado atual seria de seis milhões de libras, o que não é considerado alto para os padrões da Premier League.

Com isso, Bryan acaba se tornando uma opção acessível para os clubes em uma posição que é considerada carente no futebol mundial.

Ryan Babel

Apesar de chegar sob desconfiança, Babel conseguiu se destacar no time do Fulham. (Foto: Getty)

Contratado na janela de inverno pelo Fulham, o holandês Ryan Babel, que já teve uma passagem na Inglaterra defendendo as cores do Liverpool, acabou sendo um dos poucos pontos positivos da campanha dos Whites na Premier League.

Com participações em 8 gols (cinco tentos e três assistências) em 16 jogos, é correto dizer que Babel chegou tarde demais para evitar o descenso do clube para a Championship, mas ainda assim, ele conseguiu se destacar em uma liga competitiva, o que faz o seu mercado abrir para uma transferência para outros clubes.

O holandês não possui mais a velocidade de antigamente, mas sua qualidade técnica foi demonstrada em diversos jogos do clube ao longo da temporada, especialmente na reta final, quando o clube engatou uma sequência de três vitórias seguidas com Babel sendo fundamental em todas delas.

As atuações convincentes no Fulham acabou resultando na constante presença do meia-atacante nas convocações da seleção holandesa e como titular em alguns confrontos.

Com o contrato se encerrando no final de junho de 2019, a tendência é que Babel não renove o seu contrato e esteja livre no mercado.

Não há posts para exibir