Jogadores do Burnley que evoluíram sem Dyche

Jogadores do Burnley que evoluíram sem Dyche
Foto: Reprodução/Dave Howarth - CameraSport

A atual fase do Burnley é totalmente diferente da que permaneceu durante toda a temporada 2021/22. Pois, com a saída de Sean Dyche, os jogadores evoluíram e conquistaram resultados importantes na Premier League. Nas últimas duas rodadas, venceram duas vezes e conseguiram fugir da zona de rebaixamento.

Decerto, a influência de Mike Jackson, treinador do sub-23, fez uma diferença no grupo. Porém, o elenco mesmo absorveu muito bem a mudança de comando e resolveu usar para evolução própria.

Portanto, a saída do técnico Sean Dyche e a chegada de Mike Jackson influenciaram diretamente na evolução de alguns jogadores do Burnley. O maior salto desde então é o de Dwight McNeil. Porém, alguns outros jogadores também tiveram uma evolução em pouquíssimo tempo.

Confira os jogadores que evoluíram recentemente

Dwight McNeil

Primeiramente, suas atuações contra Southampton e Wolverhampton chamaram muita atenção. Mas isso é apenas uma parte da evolução do jogador no time. Atualmente, sente-se renovado com o comando de Mike Jackson e aproveita mais liberdade no ataque. Apesar de ser bem jovem, com 22 anos, já foi muito criticado pela sua temporada sem nenhum gol. Mas vem crescendo nas últimas partidas.

Wout Weghorst

A principal contratação do Burnley nesta última janela de transferências também está num processo de evolução. Aliás, não é novidade para ninguém que Weghorst teria dificuldades. Geralmente, a mudança da Alemanha para a Inglaterra pode ser difícil, mas o atacante realmente não estava se acertando com Dyche. Contudo, após algumas mudanças de posição e mais liberdade de criação, o holandês está em ascensão.

Matej Vydra

A história de Vydra já foi de mais sucesso com a camisa do Burnley. Nesta temporada, ele teve mais dificuldades, seja por lesões ou por opção técnica do ex-treinador. Porém, já apareceu na equipe titular na última partida, contra os Wolves, sendo o autor do gol da vitória. Ademais, é provável que seja titular mais uma vez ou apareça em campo na próxima rodada, contra o Watford.

Jack Cork

Outra peça antiga no tabuleiro dos Clarets é Jack Cork. O volante já foi muito importante nas últimas temporadas, mas, por opção técnica, ficava no banco de reservas. Porém, assim como Vydra, apareceu na equipe titular na última partida, muito por conta da sua técnica e experiência dentro de campo. Além disso, ganhou espaço após a terrível lesão de Westwood.