8 jogadores da Premier League que estão há pelo menos 10 anos em seus clubes

Não é todo dia que vemos atletas ficando por tanto tempo nos clubes

8 jogadores da Premier League que estão há pelo menos 10 anos em seus clubes

A cada temporada de Premier League, vemos os clubes reforçarem os seus elencos cada vez mais. A competitividade no primeiro escalão do futebol inglês traz a necessidade constante de renovação, buscando sempre pelos melhores jogadores disponíveis.

Apesar disso, ainda encontramos jogadores que, apesar das idas e vindas, se mantiveram em seus respectivos clubes e hoje fazem história. Confira 8 jogadores que estão há pelo menos 10 anos em seus clubes!

Acompanhe a PL Brasil no Youtube

Clássicos Ingleses #04 – Sheffield United x Sheffield Wednesday

Leighton Baines

Um dos mais respeitados laterais-esquerdos da liga, Baines deixou o Wigan para rumar ao time de Liverpool na temporada 2007/08, por uma quantia inicial de cinco milhões de libras. Mal sabia o Everton que estava fazendo um dos melhores investimentos de sua história.

12 anos depois, Baines faz parte de uma seleta lista com os maiores criadores de chances de gol da PL, ao lado de nomes como David Silva, Eden Hazard, Mesut Ozil e Christian Eriksen. Ele é o único defensor presente.

Foto: Getty

Com 338 jogos pelos Toffees, Baines tem sido uma opção entre os reservas na atual temporada, tendo em vista a sua idade avançada e a chegada de um substituto à altura (Lucas Digne).

Phil Jagielka

Outro jogador a integrar o Everton na temporada 2007/08, Jagielka somou 254 jogos pelo Sheffield United antes de ser anunciado como novo reforço do time azul. Ele se tornou a maior venda dos Blades naquela época (£4 milhões).

Na temporada 2013/14 Jagielka se tornou o capitão do Everton após a aposentadoria de Phil Neville e naquela mesma jornada viveria seu melhor momento no clube, sendo fundamental na quinta colocação do time na PL.

Foto: Getty

Atualmente, o ex-defensor da seleção inglesa acumula apenas 54 minutos na edição atual da liga, o que é compreensível para um jogador de 36 anos. No entanto, Jagielka sempre será lembrado com no Goodison Park.

Seamus Coleman

Coleman pode ser considerado umas das melhores negociações da história da Premier League. O Everton pagou cerca de 60 mil libras ao Sligo Rovers pelo lateral-direito, e o pequeno investimento foi certeiro.

Assim como Jagielka, Coleman também viveu seu ápice na temporada 2013/14, onde fez parte da equipe do ano da PL, eleita pelos próprios jogadores. Naquela edição, ele criou 45 chances de gol para o time.

Foto: Getty

O irlandês é o atual capitão do Everton e também da sua seleção, mostrando seu senso de liderança e experiência em campo. Ele já soma 236 jogos pelo time de Liverpool.

Danny Rose

O lateral esquerdo inglês foi adquirido pelo Tottenham em 2007 por uma taxa de aproximadamente 1 milhão de libras. Sendo ainda muito novo, Rose passou por vários empréstimos até que pudesse, enfim, se firmar no time de Londres.

A partir de 2013/14 ele se tornou um jogador importante dos Spurs. A partir de 2016/17, o defensor viu suas oportunidades serem reduzidas.

Foto: Talk Sport

Ainda assim, Rose é um atleta respeitável, somando 12 jogos na temporada atual da PL pelo Tottenham. Ele tem 130 partidas pelo clube, tendo marcado oito gols.

Vincent Kompany

Sem dúvida, Kompany é uma das melhores contratações da história do Manchester City. O belga chegou vindo do Hamburgo em 2008 por um preço bem razoável, e desde então provou o seu valor de maneira magnífica.

Ele se tornou capitão na temporada 2011/12 e liderou os Citizens de maneira magistral naquela jornada, sendo campeões da liga. A sua importância seguiu intacta nos próximos títulos da equipe.

Foto: Site oficial do Manchester City

Já são 256 jogos pelo time de Manchester, e apesar de ser hoje uma opção entre os reservas, os torcedores jamais o esquecerão.

Mark Noble

Noble passou pelas divisões de base do Arsenal, mas foi no West Ham onde ele se consolidou como um dos maiores ídolos do clube. Ele atuou em mais jogos pelos Hammers na PL do que qualquer outro jogador.

Depois de empréstimos para o Hull City e Ipswich Town anos atrás, o meio-campista inglês voltou e se tornou peça crucial do time de Londres, acumulando ao total 394 jogos e 45 gols. São 15 anos de clube.

Foto: Getty

Com 31 anos, Noble seguirá aumentando esses números. Na atual temporada, ele já esteve presente em 18 jogos do time na liga.

Aaron Ramsey

Em 2008, Ramsey deixava o Cardiff após dois anos por uma quantia de quase cinco milhões de libras. Apesar de dois empréstimos curtos em sua carreira, o meio-campista galês logo se firmou em Londres.

Foto: Getty

Desde a temporada 2011/12, Ramsey acumula pelo menos 20 jogos pelo Arsenal na PL em cada temporada. Em 2013/14 viveu seu período mais goleador, tendo marcado 10 gols.

Já são 254 jogos pelos Gunners, tendo participado de 20 nesta temporada.

Julián Speroni

Único não-europeu nesta lista, Speroni foi cedo para o Velho Continente. Em 2001 ele se transferiu para o Dundee United e, após 92 partidas pelo clube escocês, foi contratado pelo Crystal Palace por 750 mil libras, em 2004.

Foto: Getty

A partir disso, o arqueiro argentino acumulou grandes desempenhos, sendo eleito o melhor jogador do time no ano por quatro vezes, sendo três de forma consecutiva.

São 15 anos no clube de Londres, com 371 partidas feitas. Com 39 anos, Speroni foi titular na derrota para o Liverpool por 4 a 3 nesta temporada.