10 jogadores da Ligue 1 em que a Premier League deveria ficar de olho

Quais atletas do Campeonato Francês seriam boas apostas?

0
371
Pepe Um dos melhores jogadores da última temporada no futebol europeu, tem vaga na PL (JEFF PACHOUD AFP)-min
Um dos melhores jogadores da última temporada no futebol europeu, tem vaga na PL (JEFF PACHOUD AFP)

Dominada há algumas temporadas pelo Paris Saint-Germain, a Ligue 1 é um dos melhores lugares para que estrelas do futebol mundial desenvolvam seu futebol até alcançar competições maiores, mais disputadas. Basta olhar para um recente passado que temos bons exemplos.

O Monaco, que chegou a semifinal da Champions League há duas temporadas, tinha como destaque jogadores como Fabinho, Benjamin Mendy e Bernardo Silva, nomes que atuam hoje na Inglaterra, além do jovem Kylian Mbappé.

Também podemos voltar um pouco mais para lembrarmo-nos de jogadores como Alexandre Lacazette e Hugo Lloris, ambos ex-Lyon. O melhor exemplo é Eden Hazard, cria do Lille, duas vezes eleito o melhor jogador da competição francesa que, após mais uma ótima temporada pelo Chelsea, está levando seu talento para o Real Madrid.

Deixando algumas unanimidades de lado como Neymar, Mbappé, Thiago Silva, Cavani e Marquinhos, separamos 10 nomes de jogadores da Ligue 1, sejam jovens ou veteranos, que já mostraram um bom futebol e teriam espaço para jogar em um dos melhores palcos de futebol do mundo, a Premier League.

– Kenny Lala – Lateral direito, 27 anos (Strasbourg)

*Valor de mercado: 14 milhões de euros (via Transfermarkt)

Lala foi o principal jogador do Strasbourg na temporada, que ainda foi campeão da Copa da Liga da França. (Photo by PATRICK HERTZOG / AFP)

27 anos com corpo de 20, essa pode ser a definição para o lateral Kenny Lala. Em sua segunda temporada pelo modesto Strasbourg, Lala teve cinco gols e nove assistências, sendo um dos líderes do time que se manteve longe da zona de rebaixamento para a Ligue 2.

O francês foi uma das surpresas da temporada e, com isso, já teve seu nome associado a grandes clubes como o Arsenal, Manchester City e Lazio. O sucesso resultou também na nomeação para o time ideal da temporada na premiação mais importante da França, o Trophées UNFP du football, sendo o único representante de sua equipe e melhor lateral direito.

Lala é do tipo de lateral que pode ser facilmente utilizado como meio ofensivo que joga pelos lados. Tendo como ponto forte o passe, Kenny se mostrou acima da média em relação a todos de sua posição na Ligue 1.

Seja com a bola rolando ou com a bola parada, que é um grande ponto forte do jogador, ele fazia com que bolas difíceis se tornassem simples ao colocá-las na medida certa pra seus companheiros marcarem.

Na Premier League, Lala caberia como uma luva em diversos times que muitas vezes dão liberdade para os laterais, que podem até ser chamados de alas. O Liverpool, por exemplo, teve o apoio ofensivo dos laterais como uma de suas principais válvulas de escape para atingir o sucesso na última temporada.

– Thomas Meunier – Lateral direito, 27 anos (PSG)

*Valor de mercado: 30 milhões de euros (via Transfermarkt)

Em qual time Meunier se encaixaria melhor (CHRISTOPHE SIMON AFP)-min

Um dos belgas da ótima geração tem como ponto forte a versatilidade, algo que é de grande valor em campos ingleses. Na Premier League, técnicos gostam de inovar, e para isso, precisam de peças que não tem medo de arriscar. Pep Guardiola, por exemplo, já utilizou Fernandinho de zagueiro, e por aí vai.

Defensor nato com porte físico sólido, Meunier pode servir tanto como apoiador pelos lados, que é sua função de origem, quanto como âncora no meio de campo, segurando a barra na frente dos zagueiros.

O canivete suíço, ou melhor, belga, é um dos fortes nomes do futebol francês que a cada temporada se envolve em rumores de grandes times, e com os ingleses não é diferente.

Multicampeão pelo PSG e com três anos de casa, seu contrato entrará no último ano de vigor, e graças a isso, os rumores ganham mais força. Seu nome já foi ligado a Manchester United e Arsenal.

– Adrien Rabiot – Meio-campo, 24 anos (PSG)

*Valor de mercado: 35 milhões de euros (via Transfermarkt)

Rabiot já alcançou o sucesso coletivo, mas aos 24, ainda precisa florescer individualmente. (Foto: Anne-Christine POUJOULAT / AFP)

Mais um jovem da boa geração francesa que conquistou o mundo é o nome em pauta dessa vez. Com seus 24 anos, Adrien Rabiot pode já somar 20 títulos pelo PSG, mas seu sucesso pessoal com certeza está longe do esperado. Em um elenco recheado de estrelas como é do time parisiense, acaba ficando sem espaço pra apresentar seu bom futebol.

Sendo aquele jogador que faz a ligação entre os dois lados do campo, podendo até se aventurar como marcador ao voltar do ataque, Rabiot se dá muito bem com a bola. Seu controle com ela é formidável, usando seu bom físico de 1.88m para protegê-la quando é ameaçado.

Sua habilidade também é admirável. É aquele jogador em que a bola gruda no pé, a trata com carinho e cuida como se fosse uma filha. Facilmente é um dos jogadores que melhor trabalha com ela no futebol europeu.

Rabiot está com seus dias contados no clube que o criou desde as divisões de base, e o destino poderia ser muito bem a Premier League. Apesar de ter como destino favorito o Barcelona ou Real Madrid, o jogador já teve seu nome ligado a grandes ingleses.

– Tanguy Ndombele – Meio-campo, 22 anos (Lyon)

*Valor de mercado: 65 milhões de euros (via Transfermarkt)

Ndombele tem de tudo para se tornar um dos melhores meio campistas do mundo. (NICOLAS TUCAT AFP)-minc

O seu time precisa de um jogador brigador? E de um jogador habilidoso? Então você está à procura de Tanguy Ndombele. O francês de 22 anos foi uma das surpresas da temporada e, assim como Lala, foi recompensado com a seleção para o time ideal da temporada.

A avaliação de 65 milhões de euros feita pelo site especializado em transferências, Transfermarkt, já diz muito a respeito do que Ndombele é. Não há hipérbole nesse valor, pode se dizer que é pouco até pelo futebol apresentado por ele, comparado aos valores estratosféricos que são pagos por jogadores inferiores à ele.

Saída de bola forte, seja no passe ou, principalmente no drible, desarmes precisos e muito jogo físico. Ndombele consegue juntar todas essas qualidades com apenas 22 anos de idade e as mostrando em uma temporada que o Lyon voltou aos holofotes. Seja por derrotar o Manchester City em Etihad, pela Champions League, ou terminando o campeonato em terceiro.

Jogar na Premier League requer um físico diferente, fato que atrapalha muitas vezes jogadores pela questão da adaptação. No caso de Ndombele, ele adiantaria boa parte dessa etapa, visto que tem um ótimo físico. Seu nome já foi especulado a Manchester United e Tottenham.

Marco Verratti – Meio-campo, 26 anos (PSG)

*Valor de mercado: 75 milhões de euros (via Transfermarkt)

Verratti é um dos maestros do PSG. (FRANCK FIFE AFP)-min

Mais um do estrelado time parisiense que, com toque de bola refinado, é um dos maestros esquecidos desse time. Com seus 26 anos, Verratti é outro que já tem seu currículo cheio de títulos franceses e que poderia sair da zona de conforto para ambicionar maiores conquistas. Nessa temporada, foi selecionado pelo sexto ano consecutivo para o time ideal da competição.

O italiano que já teve mais força quando surgiu e, hoje, tem menos espaço pelo mesmo motivo de alguns de seus companheiros: a grande concorrência. Na Premier League, Verratti não seria só mais um grande jogador, mas teria a devida atenção que merece. A atenção que ele tinha quando surgiu no futebol, quando era taxado como promessa.

Um ponto positivo em uma suposta negociação com times ingleses, é que o atleta é agenciado pelo famoso empresário Mino Raiola. Agente também é responsável por jogadores como Paul Pogba e Henrikh Mkhitaryan.

– Houssem Aouar – Meio-campo, 20 anos (Lyon)

*Valor de mercado: 40.5 milhões de euros (via Transfermarkt)

Com apenas 20 anos, Aouar tem um belo e longo futuro pela frente. (Foto: ROMAIN LAFABREGUE / AFP)

20 anos. Idade em que, normalmente, a habilidade de jogadores de futebol começa a florescer. Para Aouar, floresceu até demais. Mais um dos bons jogadores da atual safra do Lyon que foi um dos principais motores da equipe francesa durante a temporada.

Somando sete gols e 11 assistências, Aouar traz para o time que o tem uma mistura de qualidades com certa tonalidade de genialidade. A facilidade em fazer coisas complexas, até para jogadores experientes, chega a assustar.

Versatilidade também é um carro forte do jogador que pode atuar em qualquer parte do meio-campo. Tem a frieza para sair jogando; a leitura para efetuar desarme; e a qualidade para finalizar jogadas. Em uma competição mais disputada como a Premier League, Aouar seria efetivamente testado ao ponto de florescer cada vez mais suas qualidades.

– Nabil Fekir – Meio-atacante, 25 anos (Lyon)

*Valor de mercado: 60 milhões de euros (via Transfermarkt)

Fekir é sonho antigo do Liverpool. Agora vai? (ROMAIN LAFABREGUE AFP)-min

Será que finalmente chegou a hora de Fekir mudar para os ares ingleses? No meio de tanta inovação no time do Lyon, o francês é o meia clássico, capitão desse time. O jogador que assume a responsabilidade em momentos mais delicados.

Com um futebol agressivo e sem medo, ele tem a cara do futebol inglês. Qualidade com a bola nos pés e a ambição em arriscar. Um bom exemplo foi o jogo contra o Manchester City, já citado acima, sendo um dos principais responsáveis por quase roubar a liderança dos Citizens na fase de grupos.

Sua aprimoração física é um obstáculo, visto que já foi reprovado em exames médicos uma vez que negociava com o Liverpool. Apesar do problema, seu nome vem sendo ligado mais uma vez com os atuais campeões europeus. Dessa vez vai?

Atacantes:

– Florian Thauvin – Ponta esquerda, 26 anos (Olympique Marseille)

*Valor de mercado: 45 milhões de euros (via Transfermarkt)

Thauvin merece outra chance na PL (PASCAL PAVANI AFP)-min

Essa cara nós já conhecemos bem. Em meio de muitas negociações entre seu atual time e o Newcastle, Thauvin já atuou na Premier League, onde não colocou em prática seu melhor futebol. Agora, em zona de conforto no país natal, o atacante parece ter reencontrado o caminho ideal.

Foram 18 gols e nove assistências na temporada, ficando entre os melhores do campeonato no quesito. Chamado por alguns de “O Mágico”, Thauvin tem como destaque os dribles e facilidade com que os executa. Mesclando tal habilidade com a agressividade, que pode ter aprendido em campos ingleses, é uma grande ameaça para qualquer adversário.

Seu espírito de liderança foi posta a prova na última temporada, sendo um dos responsáveis pelo sucesso, na medida do possível, do time Marselhês. Seria a hora de se aventurar mais uma vez na Premier League?

– Memphis Depay – Atacante, 25 anos (Lyon)

*Valor de mercado: 45 milhões de euros (via Transfermarkt)

Destaque no Lyon e na seleção está na hora de Depay se destacar na melhor liga do mundo (ROMAIN LAFABREGUE AFP)-min

Depay é mais um que já atuou na Premier League e, infelizmente, não se deu bem. Diferente de Thauvin, sua situação foi pior. Atuou em um Manchester United que começava a viver dias sombrios após a saída de Alex Ferguson. Além disso, o jogador tinha apenas 21 anos.

Leia mais: Kevin Keegan: duas vezes melhor do mundo jogando fora da Inglaterra

Amadurecimento é a palavra ideal para a situação do holandês. Hoje, Memphis é um dos líderes do Lyon e de sua seleção, que cada vez mais vem se reformulando e voltando aos holofotes do futebol mundial. Um leão. E literalmente um leão, visto que usa o animal como uma de suas marcas registradas. Seja na intensidade, seja na qualidade.

Depay mescla força com habilidade de uma forma que poucos no futebol mundial conseguem. Sua baixa estatura (1,76m) faz com que seu porte físico se sobressaia ainda mais. Ainda lhe falta frieza, afinal, desperdiça muitas chances claras de gol.

Torcedor nato do Manchester United (posta repentinas fotos em suas redes sociais com a camisa do clube), parece ainda acreditar em ter mais uma chance no Teatro dos Sonhos. Apesar disso, seu nome já foi ligado a Liverpool e Chelsea.

– Nicolás Pepé – Ponta direita, 24 anos (Lille)

*Valor de mercado: 65 milhões de euros (via Transfermarkt)

Pepe Um dos melhores jogadores da última temporada no futebol europeu, tem vaga na PL (JEFF PACHOUD AFP)-min
Um dos melhores jogadores da última temporada no futebol europeu, tem vaga na PL (JEFF PACHOUD AFP)-min

Por último, mas nada menos importante, temos a sensação da temporada francesa. O costa marfinense Nicolás Pepe. Responsável por 22 gols, atrás apenas de Mbappé, e 11 assistências, o atacante de 24 anos disputou o prêmio de melhor jogador da competição e ainda beliscou uma vaga no time ideal.

Pepé é um jogador que quando se bate o olho, se nota a genialidade do tal. A comparação com Eden Hazard é feita sem pensar duas vezes, e o roteiro também. Surgiu no Lille com grandes atuações, disputando o prêmio de melhor jogador e agora, pra completar, só falta seguir o caminho que o belga seguiu, que é para jogar na Premier League.

Assim como Eden, Pepé é o jogador que se mostra pronto. Não sendo mais uma promessa, mas sim uma realidade. Diferente de jogadores mais novos, que ainda podem se perder no meio do caminho. Sua facilidade em fazer grandes ações dentro das quatro linhas é surpreendente.

Seus números já mostram um pouco disso: junto com Lionel Messi, foi o único jogador na temporada a ter mais de 20 gols e 10 assistências entre as cinco principais ligas europeias. Foi o principal responsável para que sua equipe alcançasse a segunda colocação, melhor desempenho desde a temporada 2010-11, que foi campeão.