10 jogadores da La Liga em que a Premier League deveria ficar de olho

Esqueça as grandes estrelas! Separamos talentos ainda em evolução

10 jogadores da La Liga em que a Premier League deveria ficar de olho
Depois de uma passagem apagada pelo Real Madrid, William José está se destacando na Real Sociedad e marcou 11 gols na última La Liga. (Foto: Getty)

Com mais uma temporada chegando ao fim, chegou a hora das inúmeras especulações que são proporcionadas pelo mercado da bola. Juntamente à Premier League, a La Liga é um dos campeonatos que mais movimentam a janela de transferências.

Nós, da PL Brasil, separamos 9 nomes que atuam na La Liga e que os clubes da Premier League deveriam ficar de olho nessa janela.

Vale lembrar que o objetivo deste texto não é mencionar nomes óbvios e que já são bastante conhecidos pelo público, mas, sim, apresentar atletas que são menos visados no mercado.

Leia mais: 10 jogadores do Campeonato Italiano que a Premier League deveria ficar de olho

José Gayá (lateral-esquerdo, Valência), 24 anos

A temporada de 2018/19 deu chances para José Gayá na equipe titular da seleção espanhola. (Foto: Getty)

Convocado na última lista da seleção espanhola pelo técnico Luis Enrique, o lateral esquerdo José Gayá, de 24 anos, atua pelo Valencia e foi fundamental na ótima temporada do clube, que terminou a La Liga na 4ª colocação com 61 pontos e venceu o Barcelona na final da Copa do Rey pelo placar de 2 a 1.

O lateral chegou ao clube valenciano aos 11 anos de idade, atuando como atacante. Em 2012, diante do comando do ex-técnico do Southampton, Mauricio Pellegrino, Gaya começou a atuar como lateral-esquerdo, de onde não saiu mais.

A característica marcante do jogador é a velocidade, que acaba tornando Gayá muito perigoso ofensivamente e com uma facilidade para recompor no setor defensivo quando exigido.

Gayá já foi especulado na Premier League na temporada de 2014/15, quando o então técnico do Arsenal, Arsene Wenger, afirmou ser um grande admirador do futebol do atleta. Ele também já ignorou uma oferta do Real Madrid, mostrando ter um grande carinho pelo Valencia.

Em uma posição tão carente no futebol mundial, Gayá com certeza seria uma aposta certeira para os clubes da Premier League.

Leia mais: 10 jogadores da Bundesliga que a Premier League deveria ficar de olho

Thomas Partey (volante, Atletico de Madrid), 26 anos

Um grande ladrão de bolas com um ótimo passe e qualidade na saída de jogo. Essas são as características mais marcantes do volante ganês Thomas Partey, de 25 anos, que joga no Atletico de Madrid. Presença garantida nos 11 iniciais de Diego Simeone, o volante marcou três gols e forneceu quatro assistências em 32 jogos da última La Liga.

Thomas assinou contrato com o Atlético de Madrid em 2011, onde surgiu no modesto Odometah FC, de Gana. Ele começou atuando pela equipe reserva em 2012 e fez suas primeiras aparições no banco de reservas da equipe titular em 2013.

Com alguns empréstimos para clubes como Almeria e Mallorca, o ganês retornou aos Colchoneros em 2015 e acabou sendo bastante utilizado nesse período.

Thomas também possui a qualidade de aparecer como um elemento surpresa no ataque e possui um bom chute de longa distância, fatores que podem ser decisivos em um confronto mais pegado.

Recentemente, o meia do Atlético de Madrid foi especulado no Manchester United, que estaria muito interessado em contar com os seus serviços na temporada.

Yeray Álvarez (zagueiro, Athletic Bilbao), 24 anos

Álvarez superou um câncer no testículo e hoje brilha com a camisa do Atlhetic Bilbao. (Foto: Getty)

Além de ser um excelente zagueiro e um dos principais nomes do elenco do Athletic Bilbao, o zagueiro Yeray Álvarez também é um exemplo de superação. Diagnosticado com um câncer testicular em dezembro de 2016, Yeray teve de se afastar dos gramados por um longo período para se tratar da doença.

Depois de realizar uma cirurgia para a retirada do tumor, o zagueiro retornou aos gramados em fevereiro de 2017, mas em sua preparação para a disputa do campeonato europeu sub-21, foi identificada uma anomalia em seus exames que mostravam que a doença havia voltado.

Em uma ação solidária ao amigo e companheiro de trabalho, todos os jogadores do Athletic Bilbao rasparam a cabeça durante o período em que Álvarez passava por quimioterapia, mostrando que ele não estaria sozinho nessa luta.

Em Setembro de 2017, ele venceu a luta contra o câncer mais uma vez. Além de ser forte na bola áerea, ele foi um dos líderes de interceptações do elenco durante a temporada.

Quem sabe ele possa seguir os caminhos do ex-companheiro de clube, o zagueiro Aymeric Laporte, que hoje se destaca pelo atual campeão Manchester City.

Willian José (atacante, Real Sociedad), 27 anos

Depois de uma passagem apagada pelo Real Madrid, Willian José está se destacando na Real Sociedad e marcou 11 gols na última La Liga. (Foto: Getty)

O único brasileiro da nossa lista é o atacante Willian José, que defende a Real Sociedad. Willian surgiu em 2010 no Grêmio Barueri e teve os direitos adquiridos pelo Deportivo Maldonado, um clube uruguaio que é administrado por empresários que possuem percentuais de vários atletas da América do Sul.

Desde então, o brasileiro rodou por vários clubes do Brasil e da Europa, até chegar à Real Sociedad em 2016.

Willian José é o estilo de atacante que se encaixa muito bem nos padrões da Premier League: alto, forte fisicamente e com uma grande qualidade nas bolas aéreas. Então seria um nome interessante principalmente para clubes do meio da tabela.

Na última temporada, o brasileiro contribuiu com 11 gols e cinco assistências em 31 jogos disputados na Liga Espanhola. A Real Sociedad acabou terminando na 9ª colocação com 50 pontos e ficou de fora das competições europeias.

Pablo Sarabia (meia, Sevilla), 27 anos

Já com a experiência de atuar em oito temporadas seguidas na La Liga, o meia Pablo Sarabia foi certamente o grande nome da temporada do Sevilla, que terminou a La Liga na 6ª colocação com 59 pontos e acabou garantindo um lugar na Liga Europa da próxima temporada.

Com 12 gols e 13 assistências em 33 jogos, Sarabia foi o líder de assistências da última temporada do campeonato nacional, empatado com Lionel Messi. Suas 25 participações em gols, fazem com que ele seja o 6º na lista, atrás apenas de Messi (49), Ben Yedder (27), Benzema (27), Luis Suárez (27) e Iago Aspas (26).

Leia mais A luta histórica de 5 jogadores negros contra o racismo na Inglaterra

O meia de 27 anos começou a carreira atuando pelo Real Madrid Castilla e acabou não tendo muitas chances na equipe titular do Real Madrid. Ele se destacou nacionalmente após as suas quatro temporadas pelo Getafe, que acabaram despertando o interesse do Sevilla, que o contratou na temporada 2016/17.

Sarabia atua pelo lado direito do ataque e tem como característica marcante a sua facilidade para realizar dribles. Apenas ele e Lionel Messi terminaram a temporada espanhola com dois dígitos de gols e assistências.

O espanhol foi especulado recentemente no Tottenham e no Paris Saint-Germain, mas nenhuma oferta foi realizada no momento.

Mikel Oyarzabal (meia-atacante, Real Sociedad), 22 anos

Com passagens pela seleção espanhola, o jovem Oyarzabal é um nome a ser observado pelos clubes da Premier League. (Foto: Getty)

Cria do Real Sociedad, clube no qual começou a sua carreira em 2014 nas categorias de base, o meia Mikel Oyarzabal é mais um da grande fábrica de talentos que surgiu no futebol espanhol.

Com apenas 22 anos, Oyarzabal já está em sua 4ª temporada de La Liga pelo clube da cidade de San Sebastián e, em todas elas, o jovem talento espanhol teve números expressivos. Na temporada 2018/19, ele marcou 13 gols e concedeu duas assistências em 37 partidas realizadas.

O meia, que atua pelo lado esquerdo de ataque, tem como características principais a agilidade e a notável evolução na finalização ao longo dos últimos dois anos, em que ele acabou marcando 25 gols em duas temporadas.

Oyarzabal não foi especulado em clubes da Premier League, mas chamou a atenção do Barcelona.

Iñaki Williams (atacante, Athletic Bilbao), 25 anos

Com 13 gols e 4 assistências na temporada da La Liga, Iñaki Williams quase ajudou o Athletic Bilbao a chegar na Liga Europa. (Foto: Getty)

Nascido e criado na cidade de Bilbao, como grande parte do elenco do Athletic Bilbao, o atacante Iñaki Williams já se destaca consideravelmente nas últimas edições da La Liga. Com exceção da temporada de estreia em 2014/15, Williams sempre foi um dos destaques da equipe do país basco e teria vaga em muitos clubes da Premier League.

Iñaki surgiu na temporada de 2013/14 atuando pelo Basconia, da terceira divisão espanhola. Por lá, o jovem atleta marcou sete gols em 18 jogos e chamou a atenção do Athletic de Bilbao, que o contratou para o time B, onde ficou por duas temporadas.

Acostumado a jogar pelos lados do campo, Williams atuou como um atacante de origem nesta temporada, onde conseguiu números melhores. Foram 13 gols e quatro assistências em 38 jogos disputados.

Ainda assim, Williams não conseguiu levar o Athletic Bilbao para a disputa da Liga Europa. a equipe ficou em 8º lugar com 53 pontos, o mesmo número do Espanyol, primeiro time na zona de classificação, mas com um saldo pior (-2 a -4).

Não surgiram rumores ou propostas por Williams até o momento.

Giovani Lo Celso (meia, Real Bétis), 23 anos

O talentoso meia argentino, Giovani Lo Celso, de 23 anos, teve uma ascensão muito rápida no futebol mundial. Revelado em um clube da sua cidade natal, o Rosário Central, ele foi comprado pelo poderoso PSG em 2016, mas permaneceu em Rosário por mais uma temporada.

Na temporada seguinte, ele ganhou chances no clube francês e atuou em 33 partidas do campeonato, marcando quatro gols e concedendo quatro assistências. Em 2018/19, acabou deixando o PSG pela enorme competitividade no setor e acabou sendo emprestado para o Real Bétis, clube que adquiriu os seus direitos após pagar 22 milhões de euros ao clube francês.

Leia mais O dia em que o Arsenal venceu a seleção brasileira

Na temporada, Lo Celso atuou a maioria das vezes como um falso 9 ou vindo de trás como um meia centralizado. Com nove gols e quatro assistências em 32 partidas, os números do argentino foram bastante expressivos nesta temporada.

A temporada do jogador chamou a atenção do Tottenham, que estaria disposto a pagar 53 milhões de libras para adquirir o jogador. Lo Celso já deu a entender que não quer permanecer no Bétis segundo os jornais locais.

Lo Celso foi convocado para a seleção da Argentina para a disputa da Copa América no Brasil e deve decidir o seu futuro após a competição.

Maxi Gomez (atacante, Celta de Vigo), 22 anos

O jovem uruguaio Maxi Gomez teve uma temporada impressionante pelo Celta de Vigo, marcando 13 gols e concedendo 5 assistências. (Foto: Getty)

Após 28 gols em 47 aparições pelo Defensor Sporting, do Uruguai, ao longo de três temporadas, o atacante uruguaio Máxi Gomez chamou a atenção do Celta de Vigo, que pagou a barganha de quatro milhões de euros em um contrato de 5 anos para contar com o jogador em 2017.

Na temporada de estreia, Maxi Gomez não teve dificuldades em se adaptar ao novo clube e acabou marcando impressionantes 17 gols em 36 partidas da La Liga. Na última temporada, ele anotou 13 gols em 33 partidas.

Leia mais Quando Wolves e Manchester United davam as cartas no futebol inglês

Máxi é um jogador muito físico, mas não é um camisa 9 tradicional. Ele é um jogador que dá opção fora da área, busca muito o jogo e é bastante acionado nas bolas aéreas, apesar de não ser tão alto e possuir 1,86m.

O seu valor de mercado de acordo com o site Transfermarkt já chega nos 40 milhões de euros. Uma valorização enorme em relação ao que o Celta pagou para o Defensor em apenas duas temporadas.

O atacante foi especulado no Tottenham, clube em que teria uma grande competitividade com Harry Kane e Fernando Llorente.

Junior Firpo (lateral-esquerdo, Real Bétis), 22 anos

Nascido na República Dominicana e naturalizado espanhol, Junior Firpo é um jovem lateral que deve ser observado pelos clubes ingleses. (Foto: Getty)

Nascido na República Dominicana, o lateral-esquerdo Junior Firpo se mudou para a Espanha quando tinha apenas seis anos. Aliás, acabou se naturalizando espanhol, já atuando inclusive pelas seleções de base do país.

Com 18 anos, o lateral foi contratado pelo Bétis junto ao Porto Malagueño e começou atuando pela a equipe reserva do clube. Junior começou a atuar pela equipe titular na temporada 2017/18, mas ganhou destaque mesmo nesta última temporada.

O lateral chamou a atenção na 12ª rodada da última edição da La Liga, quando o Bétis venceu o Barcelona em pleno Camp Nou pelo placar de 4 a 3 e Junior Firpo foi o grande destaque do confronto com um gol e uma assistência.

Revezando-se em atuar tanto como lateral-esquerdo como ala, Firpo teve participação em sete gols do Bétis na última edição da La Liga, fazendo três gols e concedendo quatro assistências.

O lateral esquerdo está sendo especulado em grandes clubes da Europa, como Manchester United, Barcelona e o Real Madrid.

Leia mais As histórias da última passagem do Oldham pela elite inglesa