Os 5 maiores jogadores bad boys da era Premier League

Esse seleto grupo de atletas é campeão quando se fala em polêmicas

0
396
Os 5 maiores jogadores bad boys da era Premier League

A Premier League possui aqueles jogadores polêmicos, que em muitas ocasiões não deixam o jogo fluir e acabam sendo uma dor de cabeça não só para os clubes, mas também para os árbitros. Separamos uma lista de 5 jogadores bad boys que marcaram época na competição, não só por seus respectivos talentos, mas também por criarem várias polêmicas ao longo de suas passagens no futebol inglês.

Os 5 maiores jogadores bad boys da era Premier League

5- Robbie Fowler

Após marcar um gol contra o Everton, o atacante do Liverpool comemorou de forma polêmica (Foto: Paul Lewis)

Um dos grandes ídolos de várias gerações dos torcedores do Liverpool, o atacante Robbie Fowler com certeza marcou época no clube.

O atleta inglês ficou no clube por 13 temporadas, alternando idas e vindas com algumas passagens por clubes como Leeds United, Manchester City e Cardiff City já no final de sua carreira como jogador.

Em 1999, surgiram boatos por meio de tablóides ingleses que diziam que o atacante do Liverpool fazia uso de cocaína. A repercussão, certamente, irritou o jogador, que ao marcar um gol no clássico com o Everton, fez uma alusão ao uso da droga em frente aos torcedores do rival.

Na ocasião, Fowler acabou sendo expulso da partida, recebeu uma suspensão de 6 partidas da Federação Inglesa e teve que pagar uma multa de 32 mil libras. O Liverpool acabou vencendo o Everton por 3 a 2, com Fowler marcando dois gols.

Fowler se envolveu em uma confusão com o então lateral do Chelsea, Graeme Le Saux. (Foto: Daily Mail)

Em outra grande polêmica de sua carreira, Fowler se envolveu em uma confusão com o então lateral do Chelsea, Graeme Le Saux, quando, em uma partida pela Premier League, o atacante acabou direcionando xingamentos homofóbicos para o lateral.

Em entrevista ao jornal The Times, Le Saux respondeu sobre o incidente:

“Mais do que qualquer coisa na minha carreira, aquilo me ofendeu. O que ele fez foi errado e ele nunca admitiu isso. Ele ainda fala como se aquilo fosse engraçado”

4- Joey Barton

Barton estava incontrolável na partida que deu o título da Premier League para o Manchester City. (Foto: PA)

Com passagens por vários clubes da Inglaterra, o meio-campista Joey Barton acumulou inúmeras polêmicas ao longo de sua carreira. O meia ficou muito conhecido no Brasil após direcionar duras críticas ao zagueiro brasileiro Thiago Silva e ao atacante Neymar.

No título inglês vencido pelo Manchester City após derrotar o Queens Park Rangers no último lance do jogo, Barton estava do lado do time londrino e acabou sendo expulso após agredir o atacante argentino Sergio Aguero.

Por sorte, os resultados ajudaram e o Queens Park Rangers acabou permanecendo na elite mesmo sendo derrotado.

Em seus tempos de Newcastle, Barton acabou se envolvendo em uma grande briga com Gervinho e teve que ser repreendido pelos companheiros. (Foto: Getty)

Já no final de sua carreira, Barton se envolveu em sua maior polêmica. Ele confessou para a Federação Inglesa que se envolveu em apostas ligadas ao futebol e acabou sendo suspenso por 18 meses, além de ter sido multado em 30 mil libras.

Com a suspensão, Barton, que tinha contrato com o Burnley, acabou anunciando a sua aposentadoria dos gramados aos 34 anos de idade. Hoje, o ex-atleta é treinador de futebol e dirige o Fleetwood Town, que disputa a terceira divisão inglesa.

3- Roy Keane

Roy Keane se envolve em confusão com Patrick Vieira no clássico entre Arsenal x Manchester United (Foto: Rexmail)

O irlandês Roy Keane é um dos grandes ídolos da história do Manchester United e com certeza marcou época em sua passagem pelos Red Devils.

Com um estilo violento de atuar, Keane era considerado um exímio marcador e acabou conquistando sete títulos de Premier League pelo clube, além de quatro Copas da Inglaterra e uma Champions League.

Em 2001, em um clássico contra o Manchester City, o meia irlandês produziu uma das entradas mais duras e sujas da história do futebol mundial. Keane deu uma entrada com uma força desproporcional no então capitão dos Citizens, o norueguês Alf-Inge Haland.

Com a contusão, Haland teve que encerrar a sua carreira devido às consequências da lesão.

Em entrevista, Keane afirmou que não ficou arrependido, pois apenas descontou uma dura entrada de Haland na temporada anterior que acabou tirando Keane dos gramados pro resto da temporada. Na época, Haland atuava pelo Leeds United.

Durante sua passagem na Premier League, o irlandês colecionou 11 cartões vermelhos e teve uma rivalidade pública com meia francês do Arsenal Patrick Vieira.

Roy Keane encerrou a carreira de Haland em um derby de Manchester (Foto: ESPN)

Leia mais: Listamos os melhores livros sobre o futebol inglês

2- Vinnie Jones

Vinnie Jones era conhecido pelo seu estilo brutal e violento em campo. (Foto: Rexmail)

O volante Vinnie Jones não era conhecido no futebol inglês pelo seu talento, mas sim pelo seu estilo violento e intimidador, que acabava influenciando seus adversários dentro do campo.

O bad boy galês era o legítimo cão de guarda que acabou passando a maior parte de sua carreira no Wimbledon, clube que agora está na terceira divisão do futebol inglês. Foram mais de 200 partidas pelo clube, somando 12 expulsões ao longo de sua carreira.

No ano de 1992, o volante apresentou um polêmico vídeo que foi nomeado de “Soccer's Hard Men” em que ele acaba exaltando algumas jogadas muito duras no mundo do futebol.

Com isso, ele acabou sendo multado pela Federação Inglesa e pagou uma multa de 20 mil libras e foi suspenso dos gramados por 6 meses.

No ano de 2003, quando o então jogador já havia trocado os gramados pelo cinema, Jones foi acusado de agredir um passageiro que estava ao seu lado em um voo e de ameaçar a tripulação de morte.

Por conta do incidente, Jones teve de desembolsar a quantia de 1,1 mil libras e teve de prestar cerca de 80 horas de serviços comunitários.

Após deixar o mundo do futebol, Vinnie Jones se dedicou ao mundo do cinema.

1- Eric Cantona

O lendário atacante francês Eric Cantona encantou os olhos de inúmeras gerações de torcedores do Manchester United durante a sua brilhante passagem pelo clube.

Apesar do brilho em sua passagem pelo futebol inglês, Cantona ficou marcado também por diversas polêmicas envolvendo o seu nome.

Em um confronto contra o Crystal Palace, Cantona agrediu um torcedor dos Eagles com uma voadora. (Foto: Action Images)

Em sua terceira temporada pelo Manchester United, o francês acabou recebendo a maior punição de sua carreira.

Em uma partida contra o Crystal Palace pela Premier League, o atacante do Manchester United acabou agredindo um hooligan que estava presente na torcida rival com uma voadora. Além de ser expulso da partida, Cantona pegou uma suspensão de nove meses.

Com isso, ele não atuou na Copa do Mundo de 1998, vencida por sua seleção.

Chateado por não ser mais convocado devido aos seus problemas de comportamento, Cantona se aposentou precocemente aos 30 anos de idade. Vários protestos foram realizados contra o técnico francês Aimet Jaquet, mas o atacante não mudou sua decisão.

Acompanhe a PL Brasil no Youtube

  • E se o Southampton não tivesse vendido seus jogadores?

Leia mais: Desastre de Munique: a tragédia que marcou a história do Manchester United