João Victor chega em Portugal para assinar com Benfica

O zagueiro João Victor chegou em Portugal na manhã desta quinta-feira (7), para se apresentar ao seu novo clube, Benfica. Após classificar o Corinthians para as quartas de final da Libertadores, o jovem agora passará por exames médicos, antes de ser reforço oficial e ter confirmação como a quinta contratação dos Encarnados.

Decerto, ainda no aeroporto, João Victor respondeu perguntas de alguns jornalistas que o esperavam. Pela primeira vez em Lisboa, o zagueiro de 23 anos falou sobre seu novo time e fez questão de enfatizar que suas negociações nunca envolveram o rival, FC Porto:

“O Benfica é um dos melhores clubes da Europa e o maior de Portugal. Estou muito feliz com a minha escolha e tenho a certeza de que vou fazer grande história no clube. Quis vir para o Benfica. Foi sempre o Benfica e nada de FC Porto”.

Em suma, agora o jovem zagueiro se juntará a Petr Musa, David Neres, Alexander Bah e Ristic, novos jogadores do time para a temporada 2022/23. Decerto, a outra contratação da equipe, o meia argentino Enzo Fernández, ainda não tem sua situação de forma definitiva, e pode ficar no River Plate até dezembro.

Zagueiro chega com moral no país

Portanto, o jovem chega no país com grandes elogios. Em suma, o ex-treinador do Corinthians e de João Victor na base, Dyego Coelho, que faz parte da comissão técnica do Portimonense, falou sobre o zagueiro e rasgou elogios:

“ELE ENTROU NO CORINTHIANS ATRAVÉS DE TESTES DE AVALIAÇÃO E FOI APROVADO LOGO AO FIM DE TRÊS DIAS. É UM JOGADOR MUITO RÁPIDO E, EM TERMOS DE COBERTURA É MUITO, MUITO, MUITO INTELIGENTE. A VELOCIDADE AJUDA-O MUITO. É UM JOGADOR TÉCNICO E MUITO BOM NO UM PARA UM. TEM TODAS AS QUALIDADES QUE UM CENTRAL PRECISA E FAZ TUDO COM PERFEIÇÃO. É UM PROFISSIONAL EXEMPLAR. E TAMBÉM É BOM NO JOGO AÉREO. É UMA GRANDE CONTRATAÇÃO DO BENFICA. FOI CRIADO NUM CLUBE NO QUAL HÁ COMPETIÇÃO E NO QUAL ANTES DE SE FORMAR O ATLETA FORMA-SE O HOMEM. E ELE TRAZ ESSA BAGAGEM PARA FAZER UMA GRANDE ÉPOCA”.

Foto destaque: Reprodução/ABOLA