João Pedro: Watford vai ganhar muito com joia do Fluminense

Jovem atacante de 17 anos é a principal revelação do Campeonato Brasileiro

joão pedro fluminense vendido gols watford premier league atacante lances camisa
(Foto: Flickr Fluminense/Lucas Merçon)

O atacante João Pedro, do Fluminense, já é uma das maiores promessas do futebol brasileiro, pelas agrandes atuações em 2019 com a camisa tricolor. Quem tem muito a ganhar com isso no futuro é o Watford, que contratou-o antes mesmo da estreia do jovem atleta.

Ainda nas categorias de base, o jogador foi vendido para o Watford por cerca de 9 milhões de libras e será apresentado em janeiro de 2020. João Pedro, de apenas 17 anos, já se destaca em 2019, apesar da pouca idade.

João Pedro e um início brilhante nos profissionais

Já são nove gols em 16 jogos, além de uma assistência. O faro de gol se mostrou diverso. Balançou as redes quatro vezes com o pé esquerdo, três com o direito e anotou duas vezes de cabeça.

Em partida válida pela Copa Sul-Americana, João Pedro marcou seu primeiro hat-trick na carreira.

A promessa das Laranjeiras foi um dos protagonistas da partida contra o Cruzeiro, apesar da eliminação do Fluminense na Copa do Brasil. Aos 52 minutos da etapa final, João Pedro deu uma bicicleta e empatou a partida, levando a decisão para os pênaltis.

Leia mais: PL Brasil entrevista Gomes: ‘Acreditei no Watford e a torcida reconheceu’

Sonho da mãe e início no Fluminense

Quem sempre acreditou no potencial de João Pedro foi sua família. E o apoio vem desde a barriga da mãe.

“Sempre sonhei em ter um filho que jogasse futebol. Acho que era o maior sonho da minha vida”, relembra Flávia Junqueira, mãe do atleta.

Para alegria dela, desde pequeno, o menino sempre mostrou intimidade com a bola e sonhou os mesmos sonhos.

João Pedro deu os primeiros passos no futebol graças a um amigo da mãe, que levou o garoto com quatro anos de idade para uma escolinha perto de casa, em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, sua cidade natal.

Aos dez, disputando um campeonato em Val Paraíso pelo Corinthians de Ribeirão, ele chamou a atenção de vários observadores técnicos, mas foi o Fluminense quem mais demonstrou interesse.

Vendo o entusiasmo do Tricolor, a mãe não pensou duas vezes e levou o atleta para fazer um teste no Rio. Com apenas um treino, João Pedro foi aprovado. O clube só estabeleceu ao menos uma semana de atividades antes de bater o martelo.

João Pedro dava tudo nos treinos. Fora de campo, a mãe fazia o possível para que ele continuasse focado só no futebol. João Pedro driblou as dificuldades e explodiu como grande promessa no ano passado, quando Marcelo Veiga, coordenador técnico do sub-17, trocou o garoto de posição.

Mudança tática e sonho com a Premier League

joão pedro fluminense vendido gols watford premier league atacante lances camisa
João Pedro é a grande revelação do Brasileirão (Foto: Flickr Fluminense)

Observando as características de João Pedro, Veiga decidiu tirá-lo da ponta e colocá-lo como referência no ataque.

“Percebi nos treinos que ele tinha facilidade para se posicionar e fazer gol. Finalizava com as duas pernas, bom cabeceio e tinha aquela vontade de fazer gol, sabe? Passamos a trabalhar, melhorar o pivô. Ele foi se desenvolvendo. O que acho legal dele é a parte mental. É um moleque focado, quer aprender. Na base, às vezes, um menino faz cara feia e não aceita uma orientação. Ele sempre se empenhou para dar certo, sempre teve o olho brilhando para poder melhorar”, relembrou Veiga em entrevista ao Globoesporte.com.

Fora de campo, João Pedro tenta ser apenas mais um adolescente. No tempo livre, gosta de fazer as coisas que um garoto de 17 anos faz normalmente.

“Ele gosta muito de jogar videogame, torneios de futebol online. Gosta de ouvir música, soltar pipa, de estar com os amigos, ir ao shopping. Ele é brincalhão. Um pouco reservado, mas quando ele se solta ri, tira sarro”, revela a mãe.

Tem como ídolo Cristiano Ronaldo, pela forma como trabalha e pela dedicação. Segundo Flávia, o garoto vive também a expectativa de jogar a Premier League.

“A vontade do João Pedro, da família, dos empresários, é que ele jogue a Premier League. E nós acreditamos, até pela conversa que tivemos com o presidente do Watford, que o João vai jogar, sim, vai realizar o sonho de jogar a Premier League. Mas no momento estamos trabalhando para ganhar títulos pelo Fluminense.”

Até o dia da sua apresentação no Watford, em janeiro, a expectativa da torcida tricolor e de todos os brasileiros é de que seus gols e dribles fantásticos encantem os seus espectadores.