Jô se aposenta do futebol; relembre a passagem do atacante por Manchester City e Everton

2 minutos de leitura

Aos 35 anos, o atacante , com passagens por Manchester City e Everton, anunciou sua aposentadoria do futebol, em entrevista à Rádio 365, neste domingo (26). Ídolo de Corinthians e Atlético-MG no futebol brasileiro, o agora ex-jogador passou duas temporadas na Premier League, no fim da década de 2000.

Jô surgiu como uma das principais promessas da base corintiana. Fez sua estreia como profissional em 2003, com apenas 16 anos, três meses e 29 dias, o que o concedeu o recorde de jogador mais novo a atuar na equipe principal em toda a história. Seu bom rendimento chamou a atenção do CSKA Moscou, onde teve bom rendimento. Na Rússia, Jô atuou por três anos e marcou 47 gols em 74 jogos, o que o levou à Terra da Rainha.

Manchester City Alto investimento, pouco retorno

Embalado pela bela passagem no futebol russo, foi comprado pelo Manchester City, em 2008, por cerca de 20 milhões de libras, equivalente a cerca de R$ 67 milhões na época. A contratação do atacante brasileiro pelo clube se deu no mesmo momento que a equipe acertava sua venda bilionária para o fundo de investimentos dos Emirados Árabes, o que mudaria completamente a história dos Citizens.

Dentro de campo, Jô não correspondeu às expectativas depositadas pelo Manchester City e toda a torcida. Após a primeira metade da temporada, 18 jogos e somente três gols, o ex-Corinthians deixou o City de forma precoce, para ser emprestado ao Everton.

Everton Carrossel de emoções

Diferentemente do desempenho ruim no City, Jô até conseguiu ter bom rendimento com a camisa do Everton. Na primeira temporada vestindo a camisa azul, marcou cinco gols em 12 jogos, agradando a torcida do clube de Liverpool. Não à toa, os Toffees renovaram o empréstimo de Jô para a temporada de 2009/2010, mas ele anotou apenas dois gols em 24 partidas.

O casamento entre as partes chegou ao fim na metade da temporada, quando Jô retornou ao Brasil sem permissão para o Natal. Insatisfeito, o técnico David Moyes suspendeu o jogador. Um mês depois, o centroavante fechou com o Galatasaray.

A última dança na Inglaterra

Jô ainda retornou ao Manchester City em 2011, após a passagem na Turquia. Mais maduro, o atleta fez três gols em 24 jogos, além de ter integrado o elenco que foi campeão da Copa da Inglaterra pelo clube. A trajetória de Jô na Terra da Rainha chegou ao fim em julho do mesmo ano, quando o Internacional decidiu comprar o jogador.

Jô em sua segunda passagem pelo Manchester City – Foto: @ManCity

No futebol brasileiro, Jô posteriormente fez história vestindo as camisas de Atlético-MG e Corinthians. Pelo Galo, o jogador venceu Copa Libertadores e Copa do Brasil, enquanto foi campeão paulista e brasileiro pelo Timão. O agora aposentado ainda defendeu, entre altos e baixos, as camisas de Shabab Dubai, Jiangsu Suning, Nagoya Grampus e Ceará. O último clube de Jô foi o Al-Jabalain, da Arábia Saudita.

Lucas Barbosa
Lucas Barbosa

Redator da PL Brasil. Foi por meio da Premier League, na tela do antigo Esporte Interativo, em 2007, que o Jornalismo entrou na minha vida. Duas paixões que abriram portas e me fazem realizar sonhos todos os dias. Passei pelos portais Mais Minas e Esporte News Mundo.