Jesse Lingard: a história do jogador do United

O aviso de Lingard se marcar na final da Copa do Mundo: "Vou tirar a minha camisa e depois correr como um louco"

Jesse Lingard
Reprodução/FourFourTwo

Vamos dar continuidade a nossa série especial de matérias sobre os convocados da Inglaterra para a Copa do Mundo! Vem com a gente que o papo de hoje é sobre Jesse Lingard!

Quem é Jesse Lingard?

Jesse Lingard é um grande sonhador e que saber esperar pelo seu momento.

Pequeno e ágil, sempre se destacou nas categorias de base do Manchester United, mas ele teve que esperar para alcançar o reconhecimento na equipe.

Fez parte da classe de 2011, que revelou Paul Pogba, mas também jogadores que não conseguiram vingar pelo o que se esperava deles. Ravel Morrison, Ryan Tunnicliffe, Will Keane e Tyler Blackett ainda não renderam e são levados ao poço do esquecimento.

Jesse Lingard também parecia que ficaria pelo caminho, mais um craque da base que nunca chegaria a brilhar, mas ele prosperou. Rodou por empréstimo por Leicester City, Birmingham City, Brighton & Hove Albion e Derby County até finalmente ganhar uma oportunidade de estrear pelo Manchester United. O seu momento chegou! Era a hora de mostrar o seu valor.

Extremamente habilidoso, ainda peca pela falta de constância, de momentos e jogadas perfeitas em campo a partidas totalmente dispersas e de sumiço.

De um winger para um meio-campista, técnica não falta. Pode atuar em várias posições e isso o torna uma peça rara para Gareth Southgate. Um coringa, que facilita o esquema com 3 zagueiros e de meio campistas mais móveis sem tantos quesitos de marcação.

Dele Alli e Jesse Lingard podem jogar juntos?

Se os torcedores têm dúvidas, Lingard não e decreta: “Trazemos diferentes habilidades para a equipe e todos nós podemos jogar juntos.”

Os dois parecem disputar o mesmo espaço em campo, mas Gareth Southgate parece ter encontrado a solução, com ambos se posicionando de forma recuada, a frente de apenas um volante e buscando o jogo de atrás e levando a bola com qualidade até Raheem Sterling e Harry Kane definirem.

O sonho

Reprodução/FourFourTwo

“Vou tirar a minha camisa e depois correr como um louco.”

Sem dancinhas, sem “Wakanda Forever”. Marcar em um final de Copa é para poucos e gente como nós, ele irá comemorar de forma apaixonante e totalmente extravasado.

São apenas 12 partidas e um gol pela seleção inglesa, mas Lingard está borbulhando de sorrisos para brilhar em sua primeira Copa do Mundo aos 25 anos.