Itália x Inglaterra: o que mudou desde a final da Euro de 2021

2 minutos de leitura

Itália e Inglaterra fazem o grande jogo da primeira rodada das Eliminatórias da Eurocopa na tarde desta quinta-feira (22), às 16h45, no Estádio Diego Armando Maradona. O jogo é um grande clássico europeu que soma seis Copas do Mundo e cinco Eurocopas. Por falar nisso, em 2021, as duas seleções decidiram a Eurocopa em Wembley, em Londres. Os italianos se saíram campeões na ocasião, após um empate 1 a 1 no tempo normal e uma vitória por 3 a 2 nos pênaltis.

Aquela final ficou marcada pela frustração dos ingleses, que cantavam “It’s coming home” se referindo ao título da Eurocopa, pela volta do protagonismo aos italianos e ataques racistas às jovens promessas Marcus Rashford, Bukayo Saka e Jadon Sancho.

Mas o que mudou desde a final? Quem estava naquele jogo que vão se reencontrar nesta quinta-feira? Quem chega melhor para o duelo? Confira tudo o que aconteceu desde a partida do dia 11 de julho de 2021.

Revanche entalada

Desde a final, Itália e Inglaterra se encontraram duas vezes. Em nenhuma das duas os ingleses conseguiram a revanche diante dos italianos. Em junho de 2022, a seleção inglesa teve a oportunidade de se vingar no Molineux Stadium, em Wolverhampton, pela Liga das Nações, mas não saiu do empate sem gols.

Em setembro do mesmo ano, Itália e Inglaterra voltaram a se enfrentar pela Liga das Nações, no Giuseppe Meazza, em Milão. Os italianos venceram por 1 a 0, com gol de Giacomo Raspadori.

Remanescentes

Dos 35 jogadores que estavam envolvidos naquela final, 27 foram convocados para o reencontro nesta quinta. Na Itália, seis titulares e quatro reservas da decisão da Eurocopa estão relacionados para a partida de logo mais. Na Inglaterra, são 10 atletas que começaram o jogo e seis que ficaram no banco em 2021 e que vão enfrentar os italianos.

Remanescentes da Itália

Titulares na final

  • Donnarumma
  • Di Lorenzo
  • Bonucci
  • Emerson
  • Verratti
  • Chiesa

Reservas na final

  • Acerbi
  • Rafael Tolói
  • Cristante (entrou)
  • Pessina

Remanescentes da Inglaterra

Titulares na final

  • Pickford
  • Walker
  • Stones
  • Miguire
  • Trippier
  • Phillips
  • Rice
  • Shaw
  • Mount
  • Kane

Reservas na final

  • Ramsdale
  • Reece James
  • Jordan Henderson (entrou)
  • Jack Grealish
  • Jude Bellingham
  • Bukayo Saka

Ascensão das estrelas

Saka e Rashford em ação pela Inglaterra
Foto: PA Images / Icon Sport

Desde a trágica final da Eurocopa para os ingleses, Saka e Rashford passaram por cima dos ataques criminosos que sofreram e atingiram o topo da Inglaterra.

O “Starboy” vive o auge de sua carreira no Arsenal. Depois de ser peça fundamental de seu time em 2021-22, marcando 12 gols e dando sete assistências, Saka soma 23 participações em gols nesta edição da Premier League, com 13 gols e 10 assistências. Ao lado de Gabriel Martinelli e Odegaard, o atacante é protagonista do Campeonato Inglês e um dos principais jogadores da seleção inglesa.

Rashford, por sua vez, é considerado um dos atacantes em melhor fase na Europa. Somando clube e seleção, são 30 gols marcados e três prêmios de melhor jogador do mês da Premier League. Pela seleção inglesa, em 51 oportunidades, ele balançou as redes 15 vezes. Porém, o jogador acabou sendo cortado do duelo de logo mais por conta de lesão.

Pelo outro lado, Sancho acabou piorando sua fase atuando pelo Manchester United. Em uma temporada cercada de lesões, o inglês fez apenas cinco gols e uma assistência em 24 jogos em 2022-23. A má fase acabou fazendo com que o jogador perdesse vaga na seleção, assim como Raheem Sterling.

Decaída da Itália

A campeã da Eurocopa acabou ficando de fora da Copa do Mundo do Catar após o fiasco das eliminatórias. Depois de uma campanha muito ruim, a Azzurra acabou perdendo para a Macedônia do Norte por 1 a 0 em casa, na repescagem, e ficou de fora do Mundial pela segunda vez consecutiva.

Depois, a Itália também perdeu por 3 a 0 para a Argentina, em Wembley, pela Finalíssima, disputada entre o campeão da Eurocopa e o vencedor da Copa América, em Wembley.

Na Liga das Nações, a Itália teve apenas três vitórias em oito jogos, uma delas foi por 5 a 2 para a Alemanha, diminuindo ainda mais a moral dos italianos no futebol mundial.

Para completar, a seleção tetracampeã mundial chega para enfrentar a Inglaterra, que chegou às quartas de final da Copa do Mundo do Catar, depois deter perdido para a Áustria por 2 a 0 em novembro do ano passado.

Romulo Giacomin
Romulo Giacomin

Formado em Jornalismo na UFOP, passou por Mais Minas, Esporte News Mundo e Estado de Minas. Atualmente, escreve para a Premier League Brasil.