West Ham: jogadores salvam familiares de agressão após invasão de torcida adversária em setor de estádio

5 minutos de leitura
AZ
18/05/23 - 16:00

Finalizado

0

-

1

West Ham

AZ - West Ham

UEFA Liga Conferência - AFAS Stadion

2° Turno

A vitória do West Ham sobre o AZ Alkmaar na Holanda que garantiu os ingleses na final da Uefa Conference League terminou com algumas cenas lamentáveis nas arquibancadas.

Logo após o fim do jogo, em que Pablo Fornals marcou o único gol já nos acréscimos do segundo tempo, uma parte da torcida holandesa invadiu uma área da arquibancada onde estavam, entre outros torcedores, familiares e amigos dos jogadores do West Ham.

Imagens gravadas no estádio AFAS Stadion mostram torcedores com máscaras cobrindo o rosto derrubando as grades de proteção e entrando na área das arquibancadas.

Imediatamente, jogadores do West Ham pararam a celebração e foram em direção às arquibancadas para proteger seus familiares. Em outro vídeo, também é possível ver Jarrod Bowen partindo para cima de um dos torcedores holandeses e Declan Rice sinalizando para alguém na arquibancada ir se afastar da confusão.

Como também é possível ver nas imagens, a área invadida pelos holandeses tinha idosos e mulheres que são parte das famílias da delegação inglesa. O pai de David Moyes, de 85 anos, era um dos presentes.

Os seguranças do estádio chegaram ao local para conter os agressores depois dos jogadores, e foram seguidos pela tropa de choque local. O tumulto demorou cerca de 10 minutos para ser contido. Informações da “Sky Sports” dão conta que o episódio não teve feridos.

“Torcedores do West Ham não estavam procurando confusão”, diz Moyes

— Só posso dizer que os jogadores estavam envolvidos porque esta é a área onde se encontravam as famílias. O que não quero, de forma alguma, é arruinar a nossa noite. Não eram os torcedores do West Ham que estavam procurando confusão. Os jogadores estavam felizes em comemorar no fim do jogo. Minha família estava lá e eu tinha amigos no setor. Demorei a perceber, porque estava muito feliz em campo, vendo outras pessoas. Os seguranças queriam me tirar depois, mas eu tentei garantir que os jogadores não se envolveriam na briga — declarou o treinador David Moyes.

Autor do gol, Fornals também deu entrevista após o jogo e afirmou estar “muito preocupado” com a situação atual das famílias de seus companheiros.

Do outro lado, o treinador do AZ Alkmaar, Pascal Jansen, se declarou “envergonhado” pelo episódio.

West Ham, AZ Alkmaar ou Uefa ainda não se pronunciaram oficialmente.

Diogo Magri
Diogo Magri

Jornalista formado pela ECA-USP, campineiro e repórter na PL Brasil. Passagens por EL PAÍS, Revista Veja e Futebol Globo CBN.

Contato: [email protected]