Insatisfeito, treinador da Holanda comenta sobre desempenho na estreia

1 minuto de leitura

A Holanda estreou na fase de grupos da Copa do Mundo do Catar nesta segunda-feira (21) e conseguiu uma vitória por 2 x 0 para cima do Senegal, que não pôde contar com seu principal nome, Sadio Mané. Entretanto, mesmo que tenham conseguido os três pontos, empatado na liderança com o Equador, o treinador Louis van Gaal afirmou que não ficou satisfeito com o desempenho da sua equipe. Acompanhe aqui na Premier League Brasil tudo a respeito da sua declaração, que também contou com alguns pontos positivos.

De antemão, o 1º gol da partida só foi sair aos 85 minutos, Gakpo aproveitou saída errada do goleiro Mendy, do Chelsea, e cabeceou para o fundo das redes. Depois, no último minuto Klaassen marcou e garantiu a vitória.

Mas, como já dito anteriormente, isso não bastou para o técnico, que criticou a posse de bola do time, acompanhe abaixo a sua análise sobre o jogo:

Acho que fizemos um bom jogo do ponto de vista defensivo, concedemos pouquíssimas chances, mas não estou satisfeito com o nosso jogo de posse de bola. Fomos imprecisos, corremos muito com a bola. Na segunda parte, não melhorámos, por isso tive de fazer as alterações que fiz e que constituiu uma melhoria. No fim de contas, foi uma vitória por 2-0 contra os campeões africanos, por isso, só posso estar satisfeito. É uma vitória clara, evidentemente.

Mesmo assim, o ex jogador e treinador da Holanda afirmou que estava confiante na vitória e como a entrada de Memphis Depay foi importante para a conquista dos três pontos.

Para ser sincero, estive sempre bastante tranquilo, porque tinha a certeza que íamos marcar um golo. A cada dois minutos, os senegaleses caíam para o chão, por isso, houve oito minutos de compensação. Foi uma vitória merecida e acho que a entrada do Memphis Depay teve um papel importante

Complementou van Gaal, finalizando:

Com a entrada de Memphis [Depay], eu esperava que um golo fosse marcado, o que aconteceu. Ele é um jogador que pode desbloquear um jogo. Cody Gakpo também teve um papel importante, devido ao golo inaugural. Não jogámos bem, mas tendo em conta o último treino que fizemos, até estava à espera

Miguel Lussac
Miguel Lussac

Primeiramente, o futebol virou minha paixão, confesso que antes eu não gostava tanto de acompanhar, mal sabia eu o que estava perdendo. Agora, quero que isso faça parte da minha vida, criando uma carreira com aquilo que eu gosto!