Inglaterra x Holanda: o que esperar do jogão pela Nations League?

Ingleses e holandeses se enfrentam em jogo decisivo

0
221
inglaterra x holanda uefa nations league

A competição recém-criada pela Uefa que passou de aposta para queridinha chega finalmente à sua fase final. As semifinais (Inglaterra x Holanda e Suíça x Portugal) acontecerão na próxima quarta e quinta-feira com a disputa de terceiro lugar e a grande final no domingo.

O confronto mais esperado será entre Inglaterra e Holanda. Os Leões ingleses vêm querendo levantar o caneco para suprir a queda, também na semifinal, da última Copa do Mundo. Já os Laranjas buscam o troféu para confirmar a força da nova geração que vem chamando atenção ao redor do mundo.

Abaixo, a PL Brasil separou tudo o que você precisa saber sobre o clássico europeu:

O caminho até a fase final

De ressaca após um quarto lugar na Copa do Mundo, os ingleses mostraram que o espírito do “It’s Coming Home” segue vivo. A equipe acabou líder isolada dentro de um grupo que contou com Espanha e Croácia, perdendo apenas um de seus quatro jogos.

Wijnaldum e companhia surpreenderam ao superar França e Alemanha na fase de grupos. (Foto: Dean Mouhtaropoulos/Getty Images)

Já a Holanda saiu de decepção por não ir à Copa para time sensação da Europa. Dentro do grupo da morte com os últimos campeões mundiais (França e Alemanha), os discípulos de Johan Cruyff se classificaram no último jogo com gol do atacante-zagueiro Virgil van Dijk. A equipe também perdeu apenas um jogo e terminou com sete pontos, empatada com a França, classificado graças ao saldo de gol.

O título da competição não garante vaga na próxima Euro, mas garante vaga na próxima Nations. Além do mais, o campeão ganha um total de 10.5 milhões de euros: 6 milhões são pelo título, 2.25 milhões por ter vencido o grupo e 2.25 por ser um membro da primeira divisão (Liga A).

Inglaterra x Holanda na história

O retrospecto não é favorável para nenhum dos times, e os números comprovam isso. Esse será o 22º jogo, sendo seis vitórias para cada lado e nove empates. 16 desses 22 jogos foram amistosos.

Essa será a primeira ocasião em que os times se enfrentam em partida válida por mata-mata. Nas outras cinco ocasiões dentro de competições oficiais, todas foram em fases de grupo.

Em 1988, na Eurocopa, a Holanda, que acabara sendo campeã no final, contou com um hat-trick de Marco Van Basten para deixar os ingleses fora do mata-mata. Em 1990, um empate sem gols pela fase de grupos da Copa que aconteceu na Itália.

Já em 1993, dois jogos válidos pelas eliminatórias europeias para a Copa de 1994, nos Estados Unidos. Um empate de 2 a 2 e uma vitória para os Laranjas. O troco dos ingleses pela Euro de 1988 veio em 1996, com uma goleada de 4 a 1 com dois gols de Alan Shearer e Teddy Sheringham.

Shearer comemorando um de seus 30 gols marcados pela seleção (Foto: Bob Thomas/Getty Images)

Na verdade, o troco dos ingleses veio muito mais cedo, em um amistoso que aconteceu lá trás, em 1946. Com direito a quatro gols de Tommy Lawton, os Leões protagonizaram uma das maiores vitórias de sua história ao golear os holandeses por 8 a 2. É a maior disparidade de gols entre todos os confrontos de Inglaterra x Holanda.

O momento

A Inglaterra não demonstrou abalo após bater na trave na Rússia. Nos oito jogos disputados desde o mundial, foram seis vitórias, um empate e apenas uma derrota, na estreia da Nations League contra a Espanha. Dentre as vitórias, temos duas goleadas de cinco gols, válidas pelas eliminatórias para a próxima Euro.

Apesar de ter uma história melhor, visto que deixou França e Alemanha para chegar à fase final, a Holanda vive momento mais irregular, comparado aos ingleses. Após o baque de ficar de fora da última Copa do Mundo, a primeira ausência desde 2002, foram oito jogos, sendo quatro vitórias, dois empates e duas derrota.

Para ficar de olho

  • A joia inglesa
Sancho em ação contra a República Tcheca (Foto: Sebastian Frej/MB Media/Getty Images)

Responsável por 12 gols e 14 assistências em 34 partidas da Bundesliga, Jadon Sancho é uma das caras novas da Inglaterra e, não é à toa que vem sendo cogitado para grandes clubes do mundo. Real Madrid, Manchester United e PSG são os melhores exemplos.

Ainda se adaptando ao mundo da seleção, Jadon ainda não é unanimidade no sistema de Gareth Southgate, mas com seus 19 anos, já lapida uma trajetória brilhante pelos Leões. Essa é apenas sua segunda convocação. Na primeira, duas assistências. Tem mais por vir.

Dupla de zaga holandesa

(Photo by Cees van Hoogdalem/Soccrates /Getty Images)

Jadon e companhia não terão nenhuma facilidade no confronto da próxima quinta-feira. Para alcançar o sucesso, é preciso passar de uma das melhores duplas de zaga da atualidade, formada pelo melhor jogador da PL, Virgil van Dijk, e pelo, também sensação Matthijs de Ligt.

De Ligt se encontra na mesma situação de Sancho. 19 anos, grande temporada e já cobiçado por grandes, principalmente por Manchester United e Barcelona.

O zagueiro nessa competição já se destacou por anular Kylian Mbappé no confronto contra a França. Van Dijk despensa comentários. Será que Virgil alcançará o topo da Europa mais uma vez? Ou acabará sendo driblado pela primeira vez na temporada?

Raheem Sterling

Foram quatro títulos na conta de Sterling na temporada. O sucesso se expandirá para a seleção? (Foto: Richard Heathcote/Getty Images)

Um dos encarregados por tentar superar essa dupla de zaga é Raheem Sterling, o melhor jogador jovem da temporada inglesa. O atacante viveu sua melhor temporada, sendo um dos pilares do bicampeonato do Manchester City.

No meio de tantas dúvidas, a certeza é de que o sucesso passa por ele. Destaque da equipe, camisa 10 e artilheiro, é a maior esperança de alcançar o primeiro título dos ingleses em 53 anos.

Ficha técnica de Inglaterra x Holanda

Prováveis escalações:

Inglaterra: Jordan Pickford; Kyle Walker, Harry Maguire, Michael Keane, Danny Rose; Declan Rice, Dele Alli, Ross Barkley; Raheem Sterling, Jadon Sancho e Harry Kane.

Holanda: Jasper Cillessen; Daley Blind, Virgil van Dijk, Matthijs de Ligt, Denzel Dumfries; Georginio Wijnaldum, Frenkie de Jong, Marten De Roon; Ryan Babel, Quincy Promes e Memphis Depay.

Data: quinta-feira (06)

Horário: 15h45 (Brasília)

Local: Estádio Dom Afonso Henriques (Guimarães, Portugal)