Inglaterra perde Ben Chilwell para a Copa do Mundo 

1 minuto de leitura

O lateral-esquerdo Ben Chilwell, do Chelsea, está fora da Copa do Mundo no Catar. Os Blues anunciaram neste sábado (5), que o jogador de 25 anos sofreu uma lesão no tendão, ocasionada no último jogo da fase de grupos da Champions League, contra o Dínamo Zagreb (CRO). 

Dessa forma, Chilwell irá desfalcar o time da Seleção da Inglaterra no Mundial. Pela Three Lions, o defensor soma 17 jogos. Confira abaixo, o comunicado oficial do Chelsea: 

“Após a lesão sofrida em nosso recente jogo contra o Dínamo Zagreb, Ben (Chilwell) passou por um exame no tendão. Os resultados mostram que Ben sofreu uma lesão significativa e, infelizmente, espera-se que o defensor fique de fora da Copa do Mundo. Ben agora começará um programa de reabilitação com o departamento médico do clube”, disse o Chelsea em nota oficial.

Chilwell é visto como um dos principais jogadores na sua posição. Surgiu com destaque no Leicester City, clube que foi apontado como sucessor da lateral-esquerda da Seleção Inglesa. 

Após boas temporadas nos Foxes, os Blues contrataram o atleta em 2020, por 50 milhões de euros. Contudo, desde que chegou a Londres, o inglês tem sofrido com lesões em sequência. Na última temporada, uma ruptura parcial de ligamento o tirou dos gramados por seis meses. 

Sem Chilwell, às opções do técnico Gareth Southgate para a lateral-esquerda diminuem. Outros possíveis nomes para a posição, são: Luke Shaw (Manchester United), Tyrick Mitchell (Crystal Palace) ou improvisar algum lateral-direito, como Alexander-Arnold e Kyle Walker.

A lista final dos convocados da Seleção da Inglaterra para a Copa do Mundo no Catar será divulgada no próximo dia 10. A Three Lions é apontada como uma das favoritas do torneio, e busca o seu 2° título.

Outras potências, são a atual campeã França, Espanha e Alemanha. Em 2021, a Inglaterra foi vice-campeã da Eurocopa, perdendo a final nos pênaltis para a Itália.

Cristian Moraes
Cristian Moraes

Estudante de jornalismo que sonha em trabalhar nos maiores eventos esportivos do mundo. E, assim, ser referência na área. Meu principal objetivo é ser correspondente internacional em Londres. Sou fascinado por futebol, e como o esporte tem influência na sociedade e no mundo. Não me limito apenas a assistir, gosto de consumir em sua totalidade, estudando e entendendo regras, conceitos, histórias e tudo que envolve o mundo das quatro linhas. No entanto, gosto de acompanhar outras modalidades, como: Basquete, Surf, Futebol Americano, Hóquei, Tênis, dentre tantas outras. Junto a isso, tenho o amor pela leitura e a escrita como minhas aliadas na hora de passar para os meus textos, todas as sensações e emoções que estou sentindo, ao lado de informações relevantes com apuração precisa. Seja bem-vindo (a)!