Torcedores da Inglaterra enfrentam seca de cerveja na Eurocopa por motivo inusitado

5 minutos de leitura

Um exército de pelo menos 50 mil torcedores da Inglaterra começou a chegar à Colônia para o confronto decisivo com a Eslovênia nesta terça-feira (25), às 16h (horário de Brasília), no RheinEnergieStadion, para o fechamento da rodada de grupos da Eurocopa.

Os bares da cidade histórica estão lutando para reabastecer o estoque de cerveja depois que 100 mil torcedores escoceses praticamente secaram a cidade, antes do empate em 1 a 1 entre Escócia e Suíça na semana passada.

De acordo com o jornal britânico “The Sun”, um milhão de litros de cerveja foram consumidos em três dias pelos escoceses. Isso dá uma média de mais de 333 mil litros por dia ou 13,8 mil litros por hora.

— Os escoceses beberam de tudo – cerveja, Guinness e vodca. Nosso estoque foi esvaziado. Foi a mesma coisa em outros bares, com vendas recordes de cerveja – até mais que no carnaval. Agora estamos todos tentando conseguir mais entregas de cervejarias para levar bebidas aos torcedores ingleses — disse Alter Markt, gerente do pub irlandês Corkonian, localizado na praça principal de Colônia, ao “The Sun”.

É esperado um aumento recorde de torcedores da Inglaterra na cidade, já que Colônia é a cidade-sede da Eurocopa mais próxima dos portos do Canal da Mancha — braço de mar que faz parte do oceano Atlântico, localizado no ponto mais estreito entre a França e o Reino Unido.

— Os torcedores escoceses nos mostraram o quanto podiam beber. Nosso estoque está baixo e precisamos de mais cerveja para que os torcedores ingleses não percam — afirmou um funcionário do Papa Joe’s Biersalon, localizado na mesma praça do pub irlandês, também ao “The Sun”.

Inglaterra pode se complicar na Eurocopa

Rice e Arnold em treino da Inglaterra (Foto: Imago/PA Images)
Rice e Arnold em treino da Inglaterra (Foto: Imago/PA Images)

Os torcedores da Inglaterra temem um resultado que não seja a vitória contra a Eslovênia, pois isso poderia ocasionar um confronto na fase de mata-mata contra a Alemanha, que joga em casa e é uma das favoritas a vencer a Eurocopa.

Depois de vencer a Sérvia por 1 a 0 e empatar em 1 a 1 com a Dinamarca, a Inglaterra está com um pé na próxima fase. Se vencer a Eslovênia, se classificará como primeira do grupo C e pegaria um dos melhores terceiros colocados dos grupos D, E ou F, que hoje são Áustria, República Tcheca e Eslováquia, respectivamente. Nas quartas, os ingleses poderiam pegar Suíça ou Itália.

Mas se a Inglaterra se classificar na segunda posição, enfrentará a Alemanha nas oitavas de final. E se passar pelos anfitriões, os ingleses devem pegar a Espanha nas quartas de final.

O pior cenário para a Inglaterra é perder para a Eslovênia e a Dinamarca vencer a Sérvia . Esse resultado colocaria os ingleses como terceiro do grupo. No entanto, mesmo nesse cenário, o time comandado pelo técnico Gareth Southgate certamente se classificaria como uma das quatro melhores seleções entre as seis, com quatro pontos.

A progressão através da tabela do terceiro lugar significa que a Inglaterra enfrentaria o líder do grupo E, atualmente a Romênia, ou primeiro lugar do grupo F, atualmente Portugal.

O adversário da Inglaterra nas oitavas de final

Se a Inglaterra terminar em primeiro no Grupo C:

Domingo, 30 de junho – Inglaterra x terceiro colocado do Grupo D/E/F (Arena AufSchalke, Gelsenkirchen)

Se a Inglaterra terminar em segundo lugar no Grupo C:

Sábado, 29 de junho – Alemanha x Inglaterra (Westfalenstadion, Dortmund)

Se a Inglaterra terminar como um dos quatro melhores terceiros colocados:

  • Segunda-feira, 1º de julho – Vencedor do Grupo F x terceiro colocado do Grupo A/B/C (Waldstadion, Frankfurt); ou
  • Terça-feira, 2 de julho – Vencedor do Grupo E x terceiro colocado do Grupo A/B/C/D (Allianz Arena, Munique)
Romulo Giacomin
Romulo Giacomin

Formado em Jornalismo na UFOP, passou por Mais Minas, Esporte News Mundo e Estado de Minas. Atualmente, escreve para a Premier League Brasil.