Inglaterra recebe alerta e ex-jogador aponta problema envolvendo Kane e Rice

4 minutos de leitura

A Inglaterra é considerada uma das favoritas para vencer a Euro de 2024. No entanto, o ex-zagueiro Danny Mills alerta que a equipe pode fracassar se perder dois jogadores importantes: Declan Rice e Harry Kane.

O alerta veio depois da vitória por 3 a 0 sobre a Bósnia e Herzegovina, no amistoso na última segunda-feira (3). O campeonato entre seleções começa no próximo dia 14de junho e dura um mês, terminando no dia 14 de julho.

O alerta para a Inglaterra

Em entrevista à rádio inglesa “talkSPORT”, Mills argumenta que a ausência de Rice, um meio-campista crucial, deixaria um grande vazio no time, sem ninguém capaz de substituí-lo.

Rice em ação pela seleção inglesa contra o Brasil (Foto: Icon Sport)
Rice em ação pela seleção inglesa contra o Brasil (Foto: Icon Sport)

Já a ausência de Kane, o principal artilheiro da equipe, também seria um golpe duro. Ele segue otimista com as chances de título do time de Gareth Southgate, mas pede cautela:

— Se perdermos alguns jogadores, estaremos em apuros. Se perdermos Declan Rice, quem assume aquela posição? Não há ninguém nem perto de Declan Rice que possa desempenhar esse papel. Se perdermos Harry Kane, há um pequeno problema. Temos um problema na lateral esquerda, temos um problema na zaga…

Segundo Mills, é sempre comentado sobre como a Inglaterra é a melhor equipe e que tem uma grande chance na Euro, mas, para ele, o elenco talvez não seja tão profundo e forte quanto as pessoas pensam.

— Temos um talento no ataque que é fantástico, mas não podemos jogar com onze camisas 10 — disse o ex-zagueiro.

Problemas na seleção de Southgate?

A lembrança da derrota na final da última edição da Euro, em 2021, para a Itália nos pênaltis ainda está fresca na memória. A vitória sobre a Bósnia no St. James’ Park serviu como teste final para os jogadores antes da convocação oficial da equipe de 26 atletas.

Gareth Southgate, técnico da Inglaterra
Gareth Southgate, técnico da Inglaterra (Foto: Icon Sport)

No entanto, Mills não se mostrou muito impressionado com o que viu, principalmente no primeiro tempo. Southgate optou por apenas dois jogadores no time titular que provavelmente estarão entre os onze durante a competição.

— Fiquei decepcionado. Para os jogadores que brigam por vaga no time titular, era a chance de se destacar. [Eberechi] Eze e Cole Palmer mostraram algo diferente, mas só isso — afirmou.

A Inglaterra ainda tem um amistoso contra a Islândia em Wembley antes de viajar à Alemanha para a estreia na Euro contra a Sérvia, no dia 16 de junho.

Guilherme Ramos
Guilherme Ramos

Jornalista pela UNESP. Escrevi um livro sobre tática no futebol e sou repórter da PL Brasil. Já passei por Total Football Analysis, Esporte News Mundo, Jumper Brasil e TechTudo.

Contato: [email protected]