Ídolo do Manchester United ‘cava’ vaga como auxiliar de Guardiola

4 minutos de leitura

Pep Guardiola vem deixando o seu legado no futebol, não apenas em títulos ou estilo de jogo, mas novos treinadores. Alguns técnicos que são destaques atualmente trabalharam com o espanhol, como Xavi (Barcelona), Mikel Arteta (Arsenal), Vincent Kompany (Burnley) e Enzo Maresca (Leicester).

Um ídolo do rival United revelou que gostaria de trabalhar no lado azul de Manchester para aprender com Guardiola antes de assumir um outro clube.

Ídolo do United revela que gostaria de trabalhar com Guardiola

Mesmo sendo um dos maiores ídolos do Manchester United e maior artilheiro do clube, Wayne Rooney não escondeu o interesse em trabalhar nos Citizens. Em entrevista ao podcast “Stick to Football”, o ex-jogador revelou que atuaria ao lado do espanhol antes de assumir o comando de uma nova equipe.

— Se Pep Guardiola vier e me pedir para ser seu assistente, você irá até lá. Você vê o que Arteta está fazendo agora e acredito fortemente que muito disso vem de aprender o que Guardiola estava fazendo.

Além de “cavar” uma vaga nos atuais campeões da Champions League, Rooney elogiou o trabalho do clube sob o comando do espanhol.

Para mim, o melhor treinador é Pep e você vê como ele se adapta. A forma como eles (Manchester City) estão jogando agora não é a mesma que jogavam há quatro anos. Ele continua fazendo essas mudanças sutis e então você vê todo mundo tentando fazer o mesmo. Eles também trabalham mais do que qualquer um.

Foto: Icon Sport

Rooney revela rejeição no Birmingham e nega mudança na carreira

Desde que se aposentou em 2021, quando estava no Derby County, Rooney busca se estabilizar como treinador. Os trabalhos foram decepcionantes, o último sendo o Birmingham, em que deixou o comando da equipe após 15 jogos.

Na entrevista ao “Stick to Football”, Rooney revelou que não foi bem aceito desde o primeiro dia no comando do Birmingham. Enquanto busca um nove clube, o ex-atacante foi ligado a outro esporte.

Recentemente, o “Daily Mail” divulgou que Rooney estaria negociando para participar de um evento de boxe. O inglês negou a mudança e disse estar focado em assumir um novo time.

— Quero me concentrar em voltar a ser técnico. O principal para mim é cortar completamente o que fiz como jogador e quase começar de novo como técnico. É claro que minha experiência de jogo vai me ajudar, mas estou bem no fundo do ponto de vista gerencial e quero subir.

Gabriel Lemes
Gabriel Lemes

Me formei em Jornalismo pela Univap em 2019 e sou redator da PL Brasil. Já escrevi para o Quinto Quarto, Minha Torcida, Futebol na Veia e Portal Famosos.