Ídolo do Manchester City ‘se abre’ para a Arábia Saudita: ‘Com o dinheiro que pagam…

4 minutos de leitura

O Manchester City luta para garantir mais um título da Premier League sob o comando de Pep Guardiola, mas viveu altos e baixos com alguns de seus ídolos nessa temporada, como a lesão de Kevin De Bruyne e as “quases” saídas de Bernardo Silva e Kyle Walker.

O lateral-direito é um dos capitães da equipe e, envolvido em polêmica, negociou com o Bayern de Munique e esteve perto de deixar o Etihad Stadium no início da temporada. Agora, “abre as portas” para a Arábia Saudita.

A possível saída do Manchester City

Aos 33 anos, Walker esteve envolvido em polêmicas relacionadas a festas e infidelidades no seu casamento. Mesmo com as críticas, teve seu lugar e a braçadeira de capitão garantidos no clube.

Cria da base do Sheffield United, o lateral teve sucesso no Tottenham antes de chegar aos Citizens em 2017, custando cerca de 52 milhões de euros. Sete anos depois, é um dos grandes ídolos do clube e venceu tudo que disputou.

Walker em ação pelo Manchester City
(Foto: Icon sport)

Depois de quase trocar a Inglaterra pela Alemanha, ele voltou a falar sobre uma possível saída em entrevista ao programa “FIVE”.

— Minha máxima é ‘nunca diga nunca’. Com o dinheiro que pagam lá… Isso é, obviamente, algo decisivo e que leva muitos jogadores a irem para lá — afirmou o jogador.

Walker na Arábia Saudita?

Ao falar do mercado saudita, o lateral do City ainda reforçou a importância que a ida de Cristiano Ronaldo ao Al-Nassr teve no movimento de estrelas trocarem a Europa por um mercado “periférico”.

— O Cristiano Ronaldo abriu caminho e, caso continuem a atrair grandes jogadores, o campeonato vai melhorar, portanto, por que não? — indagou.

Foto: Icon sport

No entanto, mesmo deixando a porta aberta para seguir o caminho de ex-companheiros como Aymeric Laporte, que foi ao Al-Nassr, e Riyad Mahrez, que está no Al-Ahli, Walker disse que ainda pretende atuar na Premier League “enquanto conseguir”:

— A Premier League é o melhor campeonato do mundo e quero continuar aqui o máximo de tempo possível no mais alto nível. Desde que me sinta bem e as minhas pernas permitam… — acrescentou.

Jogadores da Premier League que foram para a Arábia Saudita:

  • Cristiano Ronaldo (Manchester United – Al-Nassr)
  • Sadio Mane (Liverpool – Al-Nassr)
  • Alex Telles (Manchester United – Al-Nassr)
  • Aymeric Laporte (Manchester City – Al-Nassr)
  • Roberto Firmino (Liverpool – Al-Ahli)*
  • Jordan Henderson (Liverpool – Al-Ettifaq)*
  • Riyad Mahrez (Manchester City – Al-Ahli)
  • Aleksandar Mitrovic (Fulham – Al-Hilal)
  • Edouard Mendy (Chelsea – Al-Ahli)
  • Allan Saint-Maximin (Newcastle – Al-Ahli)
  • Ruben Neves (Wolverhampton – Al-Hilal)
  • N'Golo Kanté (Chelsea – Al-Ittihad)
  • Fabinho (Liverpool – Al-Ittihad)
  • Kalidou Koulibaly (Chelsea – Al-Hilal)
  • Demarai Gray (Everton – Al-Ettifaq)

*Henderson já deixou o Al-Ettifaq e agora atua pelo Ajax.

Guilherme Ramos
Guilherme Ramos

Jornalista pela UNESP. Escrevi um livro sobre tática no futebol e sou repórter da PL Brasil. Já passei por Total Football Analysis, Esporte News Mundo, Jumper Brasil e TechTudo.

Contato: [email protected]