Hulk revela negociação frustrada com o Tottenham

6 minutos de leitura

Já imaginou ver Hulk na Premier League? Isso quase aconteceu antes do ídolo do Atlético-MG acertar sua volta ao futebol brasileiro, em 2021. O atacante flertou com o Tottenham, à época treinado por José Mourinho.

No fim de 2020, Hulk se desvinculou do futebol chinês e ficou livre no mercado. Em entrevista ao podcast “GaloCast”, o camisa 7 contou que quase parou no Tottenham Hotspur Stadium por influência do “Special One”.

Hulk não jogou no Tottenham por detalhe

Questões burocráticas impediram que Hulk jogasse na Premier League. A Inglaterra tem leis em torno da contratação de jogadores, como ter atuado em alguma das principais ligas europeias (Alemanha, Espanha, Inglaterra, França e Itália) e ser figura recente na seleção nacional.

Como o ídolo do Galo não cumpria esses requisitos, o Tottenham viu que sua contratação seria dificultada. A vontade de Mourinho em contar com Hulk deu lugar à frustração e, consequentemente, alegria aos atleticanos.

— O Mourinho até entrou em contato com o meu empresário para me levar para o Tottenham, mas aí eles viram que não tinha como jogar na Inglaterra.

Son e José Mourinho no Tottenham
Son e José Mourinho no Tottenham (Foto: Icon Sport)

O craque poderia ter aceito a proposta dos Spurs. Ele destrinchou a situação e explicou como a legislação inglesa o impediu de viver a Premier League por alguns anos.

–Tinha a proposta da Turquia, de Portugal e da Inglaterra. Mas eu não podia jogar na Inglaterra, porque eu estava na China há quatro anos e meio, e não podia jogar no futebol inglês, porque tem uma regra lá que você tem que estar ou na seleção brasileira no curto período, ou nas cinco ligas que eles selecionam (Itália, Espanha, Alemanha, Inglaterra ou Alemanha).

Hulk também quase jogou a Premier League pelo Chelsea

Essa foi a segunda vez que Hulk quase desembarcou no futebol inglês. Ainda na fase inicial de sua carreira, o jogador viveu longas paqueras com o Chelsea de Roman Abramovich. Antes de trocar o Porto pelo Zenit, em 2012, o atacante foi procurado pelos Blues, mas as negociações não avançaram.

No ano seguinte, justamente com a chegada de José Mourinho, o Chelsea voltou ao encalço do Hulk, que chegou a admitir publicamente o interesse dos ingleses: “Se eu disser que não tem nada, vou estar mentindo”, disse o brasileiro antes da Copa das Confederações de 2013.

Lucas Barbosa
Lucas Barbosa

Redator da PL Brasil. Foi por meio da Premier League, na tela do antigo Esporte Interativo, em 2007, que o Jornalismo entrou na minha vida. Duas paixões que abriram portas e me fazem realizar sonhos todos os dias. Passei pelos portais Mais Minas e Esporte News Mundo.