Histórico da França em Copas do Mundo

5 minutos de leitura

A Seleção da França jogou mais uma final de Copa do Mundo neste domingo (18), contra a Argentina, às 12h (horário de Brasília), no Lusail Stadium, no Catar. Ao todo, essa foi a sua quarta decisão de mundial, em 16 participação dos Les Bleus de 21 possíveis. Acompanhe todas as campanhas que os franceses tiveram ao longo desses quase cem anos de competições de seleções.

França em finais de Copas do Mundo

Até o momento, o histórico da França na Copa do Mundo, principalmente quando o assunto é finais se torna bem positivo, vencendo duas (1998 e 2018) e perdendo duas (2006) e (2022).

O seu primeiro título, acabou sendo uma atuação de gala em cima do Brasil de Ronaldo. Naquela oportunidade, o mundial acabou sendo realizado na própria França. Na fase de grupos, se manteve 100%, triunfando sobre África do Sul (3 x 0), Arábia Saudita (4 x 0) e Dinamarca (2 x 1). Logo em seguida, nas oitavas de final, venceu na prorrogação o Paraguai (1 x 0), no pênaltis passou da Itália por 4 x 3, semifinal eliminou a Croácia por 2 x 1 e se consagrou em cima dos brasileiros, pelo placar de 3 x 0, com show de Zinedine Zidane.

Vinte anos depois, na Copa do Mundo de 2018, na Rússia, a França se tornasse bicampeã. No seu grupo, venceu a Austrália (2 x 1) e o Peru (1 x 0) e empatando com a Dinamarca. Logo nas oitavas de final, fez um grande jogo contra a Argentina, que terminou 4 x 3 para os europeus, nas quartas venceu mais um sul-americano, o Uruguai por 2 x 0, na semifinal passou pela Bélgica e coroou o título em cima da Croácia por 4 x 2, mostrando ao mundo a estrela de Kyllian Mbappé.

Já a sua primeira derrota em finais, foi em 2006, sediada na Alemanha. Naquela edição, na fase de grupos empatou em 0 x 0 contra a Suíça e 1 x 1 com a Coréia do Sul e venceu Togo, por 2 x 0, terminando na segunda colocação na chave G. Quando chegou nas oitavas de final, triunfou sobre a Espanha por 3 x 1, depois passou pelo Brasil por 1 x 0, na semifinais passou de Portugal, por 1 x 0 e na grande final enfrentou a Itália, terminando em 1 x 1 no tempo normal e sendo derrotado nos pênaltis por 5 x 3. Aquela partida seria a última da carreira de Zinedine Zidane, marcado também pela expulsão após dar uma cabeceada no zagueiro Materazzi.

Na Copa do Mundo 2022, realizada no Catar, os europeus caíram para os argentinos. Mesmo com um hat-trick de Mbappé, a disputa até a prorrogação terminou em 3 x 3. Nos pênaltis, brilhou a estrela do goleiro sul-americano, Emiliano Martinez e a disputa terminou em 4 x 2, para o plantel de Lionel Messi.

Copas do Mundo que a França não participou

Outros dados no histórico da França em Copas do Mundo foram as vezes que os Les Tricolores não participaram do torneio. Ao todo, isso ocorreu seis vezes, 1950 no Brasil, 1962 no Chile, 1970 no México, 1974 na Alemanha e 1990 na Itália. Contudo, uma boa evolução começou a ser feito no país, fazendo com que desde 1994, nos Estados Unidos da América participe de todas as competições.

Outras boas atuações da França em mundiais

Além dos títulos, a França chegou perto da taça em 1958, na Suécia, perdendo para o Brasil que se tornaria o campeão e vencendo a disputa de 3º colocado em cima da Alemanha por 6 x 3, com poker de Just Fontaine. Em 1986, no México, caiu para a vice-campeã Alemanha e venceu a Bélgica por 4 x 2. Na vezes que o histórico da França em Copas do Mundo fechou na quarta colocação ocorreu uma vez, em 1982, na Espanha.

Outras feitos da França no futebol 

Além do histórico da França em Copas do Mundo, a seleção também já triunfou em outros torneios. A própria Eurocopa, os Les Coqs conquistaram duas vezes em 1984, na própria França e em 2000, realizado na Holanda e Bélgica. Na Copa das Confederações, também é bicampeão, fazendo essas façanhas em 2001, na Coréia do Sul e Japão e em 2003, na França. A Finalíssima foi conquistada também em 1985, contra o Uruguai, às Olimpíadas de 1984, em cima do Brasil por 2 x 0 e a Liga das Nações, sobre a Espanha por 2 x 1.

Retrospecto de França x Argentina em Copas

Ao todo, as duas equipes se enfrentaram em quatro oportunidades. Assim, na primeira edição, em 1930, os argentinos venceram de 1 x 0 na fase de grupos. Naquele ano a Albiceleste chegou na final, entretando perdeu para o Uruguai por 4 x 2.

Em 1978 que as equipes se enfrentaram novamente, também pela primeira fase da competição. E mais uma vez, vitória para os sul-americanos por 2 x 1. Além disso, foi o ano que a Seleção da Argentina conquistou o primeiro título do torneio.

Diferente dos dois primeiros confrontos com vitória sul-americana, a França foi o algoz da equipe argentina em 2018. Nas oitavas de final os Les Bleus, venceram de 4 x 3 e eliminaram os hermanos da competição.  Sendo assim, os franceses conquistaram a Copa do Mundo da Rússia e se tornaram bicampeões da competição.

Neste último duelo, terminou em empate no tempo normal, por 2 x 2, na prorrogação Messi e Mbappé marcaram mais uma vez, deixando 3 x 3 e nos pênaltis veio a consagração da Argentina que fechou o placar em 4 x 2.

Como a França vem para essa final sobre a Argentina

Para essa decisão que definirá o próximo tricampeão mundial, a França mostra que mesmo sem seus desfalques como Benzema, Pogba, Kanté, Kimpembe, Nkuku e Lucas Hernandez possui um time extremamente forte. Atletas como Mbappé e Olivier Giroud que se tornou o maior atacante da Seleção Francesa cresceram no momento ideal para ascender nessa Copa do Mundo.

Outro ponto a acrescentar, é o técnico Didier Deschamps que pode colocar esse elenco francês como uma das grandes equipes da história do futebol. Ele ainda não renovou com a seleção, e estudam que para seu lugar, Zinedine Zidane pode assumir. Mas para tentar neutralizar, Lionel Messi, o plantel europeu precisa se unir e com seu talento coletivo e individual conquistar o tricampeonato.

Relembrando, o histórico da França em Copa do Mundo, em especial para o mundial de 2022, os Les Bleus chegaram a final após vencer na fase de grupos, a Austrália por 4 x 1 e a Dinamarca por 2 x 1 e sofrendo uma derrota com o time reserva diante da Tunísia por 1 x 0. Nas oitavas, triunfou a Polônia em 3 x 1, passou da Inglaterra nas quartas por 2 x 1 e também saiu vitorioso sobre o time sensação do torneio, Marrocos por 2 x 0. Caso se tornem tricampeões, Mbappé e Griezmann irão concorrer ao prêmio de melhor jogador da competição e provavelemnte alavancar para o a honrária de melhor atleta de futebol do mundo pela FIFA.

Bruno Gabriel
Bruno Gabriel

Olá, meu nome é Bruno Gabriel, tenho 22 anos e estudo Jornalismo na Universidade Metodista de São Paulo. Pretendo seguir na área de esportes, é um sonho desde criança. Espero alcançar os maiores eventos esportivos com muita criatividade e bom humor.