Herói e vilão? Arsenal mostra que Arteta estava certo sobre Jesus, mas não sobre Raya

4 minutos de leitura

O Arsenal arrancou uma vitória no sufoco no fim da tarde desta terça-feira (5), na Premier League 2023/24. Os Gunners venceram o Luton Town, de virada, por 4 a 3, contando com uma atuação brilhante de Gabriel Jesus. Os gols do Luton Town, no entanto, podem ficar na conta de David Raya, que cometeu duas falhas “bizarras” e quase colocou tudo a perder.

Antes e depois do jogo, o técnico Mikel Arteta deu declarações que refletem o momento dos dois jogadores.

Jesus prova que Arteta estava certo no Arsenal

Apesar de o cabeceio salvador de Declan Rice, no último minuto dos acréscimos, ter assegurado a vitória do Arsenal, o grande responsável pelo resultado até então era Gabriel Jesus.

O camisa 9 iniciou a jogada que originou o primeiro gol, marcou o segundo com um belo cabeceio e deu a assistência para o terceiro. Mais uma vez, provou que é essencial para o Arsenal.

Antes da partida, Arteta havia dado uma entrevista na beira do campo falando sobre a importância do desempenho de Jesus para o time funcionar. E a atuação da equipe demonstrou que ele estava certo.

— Precisamos de gols dele, isso é certo. Ele marcou muitos gols para nós e ainda pode melhorar nesse aspecto, como pode melhorar em outros aspectos. Ele sabe disso e está tentando, mas ele se doa tanto que é difícil definir um número. Mas estou muito feliz com seu desempenho geral.

Em 15 partidas pelo Arsenal, Jesus já marcou seis gols e deu três assistências nesta temporada.

Mas sobre Raya…

Apesar do bom desempenho do ataque do Arsenal, a defesa da equipe não estava em seus melhores dias. Se o primeiro gol do Luton Town saiu em uma falha na zaga, os dois seguintes ficam na conta de David Raya.

Na saída do campo, Arteta foi perguntado sobre o desempenho do goleiro, que tem sido o plano A à frente de Aaron Ramsdale, mesmo sem passar segurança em suas atuações. O treinador ignorou o foco das questões e preferiu elogiar a atuação do adversário e enaltecer a vitória suada.

— Crédito para eles [Luton]. A entrega foi excelente, a finalização foi excelente e às vezes é preciso dar crédito ao adversário. Muitos elogios para eles, foi uma noite difícil. Estou muito feliz com o time. Conversei com todo o time e eles estão pulando. Hoje sou um técnico muito feliz — disse Arteta à BBC Sport.

Mais tarde, na entrevista coletiva, Arteta reforçou que não apontaria culpados, dizendo que a defesa deveria melhorar como um todo.

— Temos que defender melhor como equipe. Existem certas coisas que levam aos objetivos. Não se trata de culpar. Nunca fizemos isso e não faremos agora.

Maria Tereza Santos
Maria Tereza Santos

Jornalista pela PUC-SP. Na PL Brasil, escrevo sobre futebol inglês masculino E feminino, filmes, saúde e outras aleatoriedades. Também gravo vídeos pras redes e escolhi o lado azul de Merseyside. Antes, fui editora na ESPN e repórter na Veja Saúde, Folha de S.Paulo e Superesportes.