Henderson ‘esquece’ Liverpool e se oferece para 3 gigantes da Europa

4 minutos de leitura

Depois de deixar o Liverpool e fechar uma transferência polêmica para o Al-Ettifaq, da Arábia Saudita, no começo da temporada, Jordan Henderson já pensa em voltar para a Europa — e não é para a Premier League.

O veterano inglês foi apresentado como uma opção de contratação por seus empresários para diversos clubes, incluindo os gigantes alemães Bayern de Munique e Bayer Leverkusen, além da Juventus, segundo informações da rádio inglesa “talkSPORT”.

Henderson oferecido em ‘todo lugar'

Segundo a talkSPORT, o meio-campista ídolo dos Reds está tentando deixar a Arábia Saudita depois de apenas seis meses, e o seu nome também foi divulgado para praticamente todos os clubes da Premier League.

O meio-campista repensou sua ida ao mercado árabe após sua controversa transferência de 12 milhões de euros do Liverpool, devido a receios sobre sua posição na seleção de Gareth Southgate para a Euro 2024.

Henderson Liverpool
Foto: Icon Sport

A posição do Al-Ettifaq, no entanto, é que o capitão não está à venda, e um acordo de empréstimo seria difícil para a maioria dos clubes devido ao seu alto salário.

A rádio britânica afirma que o jogador de 33 anos “está desesperado para retornar à Europa e acredita-se que esteja insatisfeito com a frequência de público nos jogos da liga saudita a cada semana”. Seu estilo de vida e o clima do país também são fatores entendidos em sua decisão de querer voltar.

Gerrard tem influência?

Até o momento, Henderson não apresentou um pedido de transferência, e o técnico do Al-Ettifaq Steven Gerrard ainda está interessado em construir sua equipe em torno do ex-capitão dos Reds.

O meio-campista formado no Sunderland esperava um desempenho melhor jogando sob a lenda do Liverpool no Oriente Médio, mas as coisas não deram certo. O Al-Ettifaq está em oitavo lugar na Saudi Pro League, a uma distância considerável de 28 pontos do líder Al-Hilal. O clube também não vence uma partida desde outubro, levantando questionamentos sobre o treinador Gerrard.

Gerrard Liverpool Arabia Saudita henderson
Gerrard, ex-Liverpool, acertou com o Al Ettifaq, da Arábia Saudita – (Foto: Icon Sports)

Dadas as altas cifras do salário de Henderson, caso o meio-campista deixe o clube nos primeiros dois anos de seu contrato, ele precisaria pagar uma conta de impostos de aproximadamente 7 milhões de libras.

Sua saída, na verdade, certamente será uma surpresa para muitos, dado como ele defendeu a mudança apesar de críticas anteriores, principalmente voltadas ao posicionamento pró-minorias que ele tinha no Liverpool.

O inglês foi muito criticado por ter escolhido se mudar para um país onde é ilegal ser LGBTQIA+ depois de abraçar a causa da diversidade sexual em diversas oportunidades durante seu tempo em Liverpool.

Henderson ainda tem contrato com o clube saudita até julho de 2026, o fim da temporada que terá também a Copa do Mundo, quando terá completado 36 anos.

Guilherme Ramos
Guilherme Ramos

Jornalista pela UNESP. Escrevi um livro sobre tática no futebol e sou repórter da PL Brasil. Já passei por Total Football Analysis, Esporte News Mundo, Jumper Brasil e TechTudo.

Contato: [email protected]