Harvey Barnes, o jovem talentoso do Leicester City

Barnes é um dos responsáveis por dar profundidade pelos lados e ser um bom apoio para Jamie Vardy

0
511
Harvey Barnes
Michael Regan/Getty Images

A seleção inglesa segue dando oportunidades aos novos talentos do país. Na última convocação dos Three Lions, o técnico Gareth Southgate decidiu incluir atletas que tiveram um excelente começo de temporada. Um deles é Harvey Barnes: jogador do Leicester City.

O meia-esquerda de 22 anos é mais um nome que faz a transição do sub-21 para o esquadrão principal. Após a sua maturação nos Foxes, Barnes é mais um jogador inglês para se ficar de olho.

Primeiros passos de Harvey Barnes no Leicester e maturação na Championship

Harvey Barnes chegou ao Leicester na temporada 2017/2018 vindo do Barnsley, e logo mostrou que tem talento. No entanto, o clube decidiu emprestá-lo para que pudesse se desenvolver recebendo mais minutos de jogo.

Ele disputou a Championship de 2018/2019 pelo West Brom e, em 26 jogos, marcou nove gols e distribuiu seis assistências. Sendo considerado um dos melhores jogadores do campeonato, foi chamado de volta pelo seu clube para disputar o segundo turno da Premier League.

Barnes participou de 16 partidas naquela temporada e logo mostrou que já estava pronto para contribuir na equipe principal. A partir de então, ele sempre esteve envolvido com o time na Premier League. Na temporada 2019/2020, encerrou com bons números. Foram 36 jogos, seis gols e oito assistências.

Leia mais: O grande início de temporada de Calvert-Lewin no Everton

A temporada 2020/2021 de Barnes promete

Harvey Barnes
Michael Regan/Getty Images

A temporada atual promete ser a melhor de Harvey Barnes, em desempenho e em números. Em quatro jogos, ele já soma um gol e uma assistência, e com a titularidade cada vez mais garantida, o garoto inglês tem tudo para se consolidar como um dos meias-atacantes mais interessantes da liga.

Acima de tudo, Barnes é um dos pilares do bom início do Leicester City na Premier League, que ocupa a terceira colocação, com nove pontos em 12 disputados.

Atuando majoritariamente no 4-3-3 de Brendan Rodgers, Barnes é um dos responsáveis por dar profundidade pelos lados e ser um bom apoio para o goleador Jamie Vardy. No entanto, apesar de ser um típico ponta veloz, ele impressiona também pela qualidade na finalização: característica que muitas vezes falta em jogadores com esse perfil.

Harvey Barnes usa e abusa dos chutes ao gol – é o líder do time no quesito (2.8). Além disso, ele também é o maior driblador do Leicester na liga, com 69% de aproveitamento nos lances. Tem muita personalidade para tentar o imprevisível, mesmo não acertando todas.

O atleta dos Foxes possui uma excelente margem de crescimento e, como resultado do bom desempenho, tudo indica que seguirá no radar da seleção inglesa. Ele, de fato, será uma peça importante para ajudar o Leicester City a seguir incomodando o big-6 na Premier League, além de mostrar o seu talento a nível de seleções.