Harvey Barnes – Carreira, Mercado da Bola, Transferências e Estatísticas

0
514
Harvey Barnes carreira
foto: reprodução/LCFC

Números totais pela Premier League:

Partidas Gols marcados Assistências Média de Gols
83 16 14 0.20

Gols por temporada – Premier League:

2017/18 2018/19 2019/20 2020/21 2021/22
1 6 9

Média de gols por temporada – Premier League:

2018/19  2019/20 2020/21
0.06 0.16 0.36

Assistências por temporada – Premier League:

2017/18 2018/19 2019/20 2020/21 2021/22
2 8 4

Participações diretas por temporada (gol e assistência) – Premier League:

2017/18 2018/19 2019/20 2020/21 2021/22
3 14 13

Desempenho por equipe – Premier League:

Por equipes Partidas Gols Assistências Média de gols Part. direta (G+A*)
Leicester City 83 16 14 0.20 30
TOTAL 83 16 14 0.20 30

*G + A = gols + assistências

Carreira de Harvey Barnes:

Conquistas e prêmios:

Campeão da Copa da Inglaterra 2020/21 – Leicester City.

Campeão da Supercopa da Inglaterra 2021/22 – Leicester City.

Gol do Mês da Premier League: agosto de 2019.

Resumo da carreira:

Por equipes;

Equipes Partidas Gols Assistências Média de gols Part. direta (G+A*)
Leicester City 103 21 15 0.21 36
West Bromwich 28 9 8 0.32 17
Barnsley 25 5 5 0.20 10
MK Dons 21 6 1 0.28 7
TOTAL 177 41 29 0.23 70

*G + A = gols + assistências

Por competições;

Competição Partidas Gols Assistências Média de gols Part. direta (G+A*)
Premier League 83 16 14 0.20 30
EFL Cup 7 3 3
FA Cup 7 2 0.43 2
Community Shield 1
Championship 49 14 11 0.28 25
League One 21 6 1 0.28 7
Liga dos Campeões 1
Liga Europa 8 3 0.40 3
TOTAL 177 41 29 0.23 70

*G + A = gols + assistências

Primeiramente, Harvey Lewis Barney, ou somente Harvey Barnes, é um jogador de futebol profissional inglês que atua como meia esquerda. Antes de mais nada, nasceu no dia 9 de dezembro de 1997, em Burnley, no Condado de Lancashire, Inglaterra, e atualmente joga pelo Leicester City. Em síntese, Barnes começou a jogar com nove anos de idade, e é filho do ex-jogador Paul Barnes.

Harvey Barnes – Carreira, trajetória e empréstimos 

A princípio, Barnes começou sua jornada na academia do próprio Leicester aos nove anos de idade, e foi assinar seu primeiro contrato com o clube em 2016. Nesse meio tempo, porem na temporada anterior, o time se sagrava campeão inédito da Premier League.

A começar pelo seu pai, Barnes sempre esteve no mundo do futebol, e da mesma forma, se tornou um jogador profissional, aos 19 anos. Assim também, estreou em dezembro, na Liga dos Campeões da UEFA de 2016/17, contra o FC Porto.

No entanto, foi emprestado ao MK Dons, da terceira divisão inglesa para o restante da temporada 2016/17. Eventualmente, seu desempenho individual foi bom, com 21 participações na liga e seis gols marcados. Por fim, o clube ficou a 12ª posição, no meio da tabela da League One.

Logo depois, em agosto de 2017, Barnes foi emprestado ao Barnsley para jogar a temporada 2017/18 da Championship. Logo após a transferência fez sua estreia em derrota por 2 x 1, em casa, contra o Ipswich Town. Embora a estreia ruim, marcou seu primeiro tento no final do mês de agosto contra o Sunderland.

Todavia, o restante de temporada não foi bom para o Barnsley, que sofreu o rebaixamento para a terceira divisão inglesa. Por outro lado, Barnes teve bons números, com 23 jogos, cinco gols marcados e quatro assistências concedidas.

Em suma, apesar de boas atuações nos dois clubes a qual foi emprestado anteriormente, em seu terceiro ano de carreira profissional teve outro empréstimo. Dessa vez vinculado ao West Bromwich.

Bem como o clube, que obteve acesso direto a Premier League, Barnes teve ótimas participações, com nove gols e seis passes pra gol em 26 jogos. Dessa forma, ele comprovava sua evolução como jogador, e em janeiro de 2019 retornou ao seu clube formador, o Leicester.

Leicester City

Enfim de volta ao seu clube de origem, Barnes chegou na janela de inverno da temporada 2018/19. Em fevereiro de 2019, o clube anunciava a chegada do treinador Brendan Rodgers, que chegava do Celtic, e logo depois, no dia 20 de abril, Barnes marcava seu primeiro gol pelo clube, em empate por 2 x 2 contra o West Ham United.

Por fim, em junho, Harvey Barnes assinava um novo contrato de cinco anos com o Leicester City, visto que o atleta se tornava peça-chave do novo professor Rodgers.

Entretanto, um fato curioso é que em agosto de 2019, o meia inglês anotou um belo gol em partida valida pelo campeonato inglês, contra o Sheffield United. Posteriormente, esse gol foi eleito o Gol do Mês da Premier League.

O restante da temporada para o jovem atleta foi muito bom, assim como para o clube no geral. Ao longo da temporada, o time frequentemente figurava no Top Four do campeonato, às vezes em 2º, outras vezes 3º.

Contudo, o time sofreu com muitas lesões na reta final da liga, e acabou perdendo a vaga de acesso a Liga dos Campeões da temporada seguinte. Portanto, a equipe ficou em 5º lugar ao final do campeonato, com 62 pontos, apenas à quatro de distância do 4º colocado. Ainda assim, conseguiu acesso direto a fase de grupos da Liga Europa 2020/21.

Assim como a equipe, Harvey Barnes teve bons números na Premier League. O meia, por exemplo, contribuiu com 14 participações direta em gols, cerca de 20% dos gols que o time marcou na liga, com seis gols marcados e oito assistências anotadas em 36 jogos.

Temporada 2020/21 

Todavia, a temporada 2020/21 provou ser um verdadeiro desafio, tanto para Barnes, que se consolidava como um titular absoluto, quanto para o Leicester. Ainda mais com as noites europeias pela Liga Europa.

Com efeito, Harvey se mostrou interessado em brilhar no cenário europeu, marcando três vezes em oito partidas, com uma média de 0.4 gols por jogo. Entretanto, o time não foi tão longe na competição, parando nas fases 16 avos.

Por outro lado, em âmbito nacional a equipe manteve regularidade, e se colocou novamente entre as cinco melhores equipes do campeonato.

A pontuação da equipe, no entanto, foi maior do que os 62 pontos da temporada passada, alcançando, assim, os 66 pontos e garantindo o 5º lugar novamente. Bem como o time, meia inglês se mostrou mais uma vez muito útil na participação em gols, com nove gols e quatro assistências.

Apesar de bons números até, mais ou menos, a metade da temporada, Barnes sofreu com uma lesão que retirou o jogador do resto de temporada. Por outro lado, o time do Leicester conseguiu mais um feito histórico, a conquista inédita da FA Cup.

Embora o atleta inglês sofresse com a lesão, ele ainda ajudou a equipe na competição com um gol marcado em duas partidas.

Acima de tudo, a temporada em números de Barnes foi muito boa, com 35 partidas disputadas, 13 gols marcados e quatro passes para gol. Dessa forma, contribuindo com 17 gols, considerando gol e assistência, com uma média de 0.49 participações diretas em gols.

Inicio da temporada 2021/22

Sobretudo, o inicio de temporada 2021/22 até o momento não é tão bom para o jogador individualmente. Ainda que o time tenha se sagrado campeão da Community Shield, ou Supercopa da Inglaterra, Barnes ainda não anotou nenhum gol em 4 partidas disputadas. Em suma, três destes compromissos foram pela Premier League, o outro foi na própria copa supercopa.

A saber, a próxima partida do Leicester é contra o Manchester City em casa. Por mais que esteja voltando de um fim de temporada conturbado, em virtude da recuperação da lesão, a expectativa para o jogador na atual temporada é alta. Bem como para a equipe no geral.

Carreira na Seleção Inglesa e Valor de Mercado de Harvey Barnes

Por mais que a carreira de Harvey Barnes pela seleção é curta. Ainda que some passagens por seleções de base da Inglaterra, sua primeira, e única, partida pela seleção principal foi em outubro de 2020, contra Pais de Gales. Anteriormente, em 2019, foi convocado pela seleção sub-21 para a disputa do Campeonato Europeu Sub-21 de 2019. Além disso, soma passagens pela seleção sub-18 e sub-20.

Em resumo, Harvey Barnes tem 23 anos de idade atualmente, 177 partidas oficiais na carreira e 70 participações em gol, com 41 gols e 29 assistências. Além disso, o valor de mercado dele varia entre 35 à 38 milhões de Euros. Por fim, seu contrato com o Leicester vai até 30 de junho de 2025.