A provocação sutil de Harry Kane após marcar em Arsenal x Bayern

4 minutos de leitura

Harry Kane reencontrou um velho conhecido nesta terça-feira (9). Ídolo do Tottenham, o atacante inglês retornou ao Emirates Stadium como jogador do Bayern de Munique e marcou um gol de pênalti contra o Arsenal no jogo de ida das quartas de final da Champions League.

Na cobrança, David Raya caiu para o canto direito muit antes da hora e deixou o outro lado escancarado para Harry Kane marcar e se isolar como artilheiro da Champions League com sete gols.

— Pesquisei um pouco sobre o jogo dele contra o Porto. Ele realmente sai cedo nas cobranças, então provavelmente tive que mudar um pouco meu estilo, mas isso faz parte. Foi bom vê-lo pular cedo e facilitar para mim — disse Kane à “TNT Sports”.

Harry Kane, “pai do Arsenal”?

O atacante do clube bávaro chegou a 15 gols e três assistências em 16 jogos contra o Arsenal.

Oito dos tentos de Harry Kane contra os Gunners foram de pênalti. Este é o maior número de pênaltis que qualquer jogador marcou contra um único clube da Premier League desde o início de 2014/15.

Além disso, Harry Kane é agora o jogador que mais marcou contra o Arsenal no Emirates Stadium desde sua inauguração em 2006 (6 gols).

Ao final da partida, Kane falou com a “TNT Sports” e foi perguntado se há uma satisfação especial para o jogador em marcar contra o Arsenal.

“Sei que não havia apenas torcedores do Bayern assistindo a este jogo esta noite”.

— Este foi um grande jogo na minha carreira, estando no Tottenham há tantos anos. Estou muito feliz por poder marcar e ajudar o time. Esta noite tivemos que nos unir. Provavelmente foi um jogo perfeito porque são as quartas de final da Champions League fora de casa. É preciso mostrar um pouco de paixão, um pouco de união e foi isso que fizemos — complementou.

O jogo da volta está marcado para o próximo dia 17, às 16h (horário de Brasília), na Allianz Arena.

Romulo Giacomin
Romulo Giacomin

Formado em Jornalismo na UFOP, passou por Mais Minas, Esporte News Mundo e Estado de Minas. Atualmente, escreve para a Premier League Brasil.