Haaland supera marca de Cristiano Ronaldo e City atropela United no derby de Manchester

5 minutos de leitura

O City venceu o United por 3 a 0 no derby de Manchester no início da tarde deste domingo (29), no Old Trafford, em jogo válido pela 10ª rodada da Premier League. O primeiro gol saiu na metade do primeiro tempo, a partir de um pênalti de Hojlund em Rodri.

Erling Haaland converteu e abril o placar. Depois, no início da segunda etapa, Bernardo Silva cruzou pelo lado esquerdo na cabeça do atacante norueguês, que estava sozinho dentro da área e que teve pouco trabalho para marcar seu segundo na partida. O camisa 9, protagonista do clássico ainda deu uma assistência para Phil Foden fechar o placar.

Haaland chegou a cinco gols e três assistências em quatro jogos contra o United, superando a marca de Cristiano Ronaldo, que tem três tentos em 12 derbys de Manchester.

O norueguês também atingiu mais marcas interessantes:

  • Se tornou o primeiro a marcar 10 gols nesta edição da Premier League.
  • Alcançou a marca de 46 gols em 45 jogos.
  • Marcou o mesmo número de gols que o Manchester United nesta edição da Premier League (11).
  • Chegou a 20 gols fora em menos partidas que qualquer jogador na história da Premier League.

‘Milagres’ dos goleiros

O único brasileiro titular em campo foi Ederson, já que Casemiro foi cortado por dores no tornozelo. O goleiro foi fundamental na vitória do Manchester City, fazendo uma defesa milagrosa em um arremate de Scott McTominay na entrada da área. Num chute forte e potente, o camisa 31 mostrou reflexo e elasticidade para defender com o braço esquerdo e mandar a bola para fora.

A vitória do Manchester City poderia ser mais folgada se não fosse a atuação incrível André Onana. O camaronês fez duas grandes defesas e um verdadeiro milagre no primeiro tempo. Bernardo Silva cruzou no lado esquerdo na cabeça de Haaland, na entrada da pequena área. Em um lance de cinema, o arqueiro buscou a bola no canto esquerdo e salvou o United.

No segundo tempo, mesmo com o placar de 2 a 0 para o Manchester City, Jack Grealish arriscou de fora da área e Onana foi buscar em mais uma defesa impressionante. E não parou por aí. Já caminhando para o final do jogo, Haaland ficou cara a cara com o arqueiro, que fechou o ângulo e salvou o United mais uma vez.

Antony entrou para quê?

Antony começou a partida no banco de reservas e entrou aos 41 minutos do segundo tempo, no lugar de Christan Eriksen. Seu único momento de destaque na partida foi num princípio de confusão com Jérémy Doku já nos acréscimos da partida.

O atacante do City driblou o brasileiro duas vezes e o jogador do United acabou entrando forte no adversário, o que gerou em uma discussão, encaradas e dedo no rosto do jogador revelado pelo São Paulo. Até o apito final, os dois trocaram farpas.

Tabela da Premier League

Apesar da vitória, o Manchester City não saiu do lugar e segue na terceira posição da Premier League, com 24 pontos, mesma pontuação do vice-líder Arsenal e com dois a menos que o líder Tottenham. O United, por sua vez, segue na oitava posição, com 15 pontos somados.

Na próxima rodada, o Manchester City recebe o Bournemouth no começo da tarde de sábado (4), 12h (horário de Brasília), no Etihad Stadium. Já o United volta as atenções para a Copa da Liga Inglesa. Os Red Devils recebem o Newcastle na próxima quarta-feira (1), às 17h45 (horário de Brasília), no Old Trafford, numa reedição da final da última edição da competição, vencida pelos Diabos Vermelhos.

Depois, o Manchester United visita o Fulham na manhã de sábado, às 9h30 (horário de Brasília), no Craven Cottage, pela 11ª rodada da Premier League.

Romulo Giacomin
Romulo Giacomin

Formado em Jornalismo na UFOP, passou por Mais Minas, Esporte News Mundo e Estado de Minas. Atualmente, escreve para a Premier League Brasil.