Guia do Southampton Premier League temporada 2018/2019

Confira esse material completo sobre a temporada dos Saints

0
350
Guia do Southampton Premier League 5
(Crédito: Getty)

Confira o mais completo guia do Southampton Premier League temporada 2018/2019, produzido pela equipe da PL Brasil:

Experiência, poder ofensivo e regularidade. É isso que o torcedor do Southampton espera ver mais no time para a temporada 2018/19.

Diferente das últimas campanhas, nessa janela de transferências os Saints contrataram mais do que venderam jogadores do elenco principal. Se Dusan Tadic deixou o time para assinar com o Ajax, quatro jogadores chegaram para dar corpo a equipe titular.

Entre as chegadas, três setores muito criticados pelos torcedores receberam reforços: a defesa, o meio-campo e o ataque. Instável e com muitos gols sofridos nos últimos minutos, a zaga foi reforçada com o experiente dinamarquês Jannik Vestergaard.

E o investimento não foi barato. Para tirar o zagueiro do Borussia Monchengladbach, o Southampton pagou £18m, tornando-o o jogador mais caro da história do clube.

Para o meio-campo, o time precisava de um jogador com mais técnica e poder ofensivo. Ao longo da temporada, a equipe sofreu com a falta de criatividade na armação das jogadas e para tentar resolver o problema do setor, a diretoria trouxe o meia Stuart Armstrong, do Celtic.

Leia mais: Valor de mercado de Martinelli triplica em cinco meses 
Guia do Southampton Premier League Vestergaard
Vestergaard chega para reforçar o setor defensivo dos Saints! (Divulgação/Southampton)

Apesar de não ser um camisa 10 clássico, Armstrong é um jogador que pode desempenhar várias funções no meio de campo e pode ser muito útil para a transição entre o ataque a defesa do time de Mark Hughes.

Pior ataque do clube desde a volta a Premier League, na temporada 2012/13, com 37 gols, o elenco ainda precisa de um centroavante com mais peso para se impor às defesas dos adversários.

Charlie Austin e Manolo Gabbiadini não conseguiram suprir a saída de Graziano Pellè. Para a próxima temporada, o clube trouxe o ponta Mohamed Elyounoussi, destaque do Basel. O jovem norueguês chega com a missão de fazer os dois atacantes balançarem mais as redes.

A expectativa é de uma temporada de renovação. Jogadores que foram verdadeiros fracassos, como Sofiane Boufal e Guido Carrillo, já deixaram o time. Agora, o Southampton aposta em Mark Hughes, um técnico mais disciplinador e que já jogou no clube, para iniciar um novo ciclo.

Após o susto da Premier League passada com Mauricio Pellegrino, o torcedor dos Saints esperam um ano mais tranquilo em St Mary's Stadium.

Olufela Olomola (Scunthorpe United, free-agent), Jeremy Pied (dispensado), Florin Gardos (dispensado), Will Wood (Accrington Stanley, free-agent), Dusan Tadic (Ajax, £15m), Guido Carrillo (Leganés, empréstimo), Sofiane Boufal (Celta de Vigo, empréstimo), Jordy Clasie (Feyenoord, empréstimo), Alfie Jones (St. Mirren, empréstimo)

Stuart Armstrong (Celtic, £7m), Mohamed Elyounoussi (Basel, £16m), Angus Gunn (Manchester City, £10m), Jannik Vestergaard (Borussia Mönchengladbach, £18m), Danny Ings (Liverpool, empréstimo)

Destaque – Pierre-Emile Højbjerg

Guia do Southampton Premier League
Arte: Gabriel Leal (Crédito: Getty)

“Coração do time”. Essa poderia ser a definição para o papel exercido por Pierre Emile-Højbjerg no Southampton. O dinamarquês, que chegou ao clube na temporada 2016/17, não teve vida fácil no primeiro ano de Premier League.

Jogando um pouco mais avançado, não conseguia desenvolver seu futebol e acabava não aparecendo muito nos jogos.

Com a saída de Puel e a chegada de Pellegrino, o futebol de Højbjerg apareceu. Desempenhando um função mais defensiva, o camisa 23 mostra garra na marcação e qualidade na saída de bola do time.

É um verdadeiro leão em campo. Está em todas as jogadas e faz boas coberturas para os dois laterais (Bertrand e Cédric) que participam bastante ofensivamente.

Fique de olho – Matt Targett

Guia do Southampton Premier League Matt Target
Reprodução/Sporting News

Após um bom empréstimo ao Fulham, na temporada passada, o lateral esquerdo Matt Targett é um jovem para ficar de olho.

O atleta de 22 anos pode ser uma ótima alternativa para o lugar de Bertrand, que na última temporada oscilou entre bons e maus momentos. O posicionamento, a qualidade no passe e o cruzamento são as principais características do defensor.

Posição na última temporada da PL

17º lugar

Títulos do Campeonato Inglês

Nenhum

Time-base do Southampton

4-2-3-1 – McCarthy, Cédric, Vestergaard, Yoshida, Bertrand; Hojbjerg, Lemina; Redmond, Ings, Elyounoussi; Austin

guia-do-southampton-premier-league11
Arte: Guilherme Lima/Julio Puiati

Palpites

Guia do Southampton Premier League temporada 2018/2019

[playbuzz-item item=”ffabd55d-34ee-476a-b48d-c87df1103405″ wp-pb-id=”91189″]