Guia do Wolverhampton Premier League temporada 2018/2019

Confira esse material completo sobre a temporada dos Wolves

0
464

Confira o mais completo guia do Wolverhampton Premier League temporada 2018/2019, produzido pela equipe da PL Brasil:

A colônia portuguesa na Premier League promete surpreender. O Wolverhampton tem 7 atletas do país ibérico no elenco principal, números semelhante ao dos gigantes clubes portugueses: Benfica, Porto e Sporting. Isso sem contar o técnico Nuno Espírito Santo e sua comissão técnica.

O conglomerado chinês Fosun International, que é proprietário do clube desde 2016, resolveu começar a investir pesado.

Montou um elenco superior ao nível de competitividade da Championship, liderando em 34 das 46 rodadas, conquistando 99 pontos e conseguindo (facilmente) o retorno a Premier League após 7 anos.

Guia do Wolverhampton Premier League 4
João Moutinho é mais um português na caravela dos Lobos (Divulgação/Wolves)

Para a temporada 2018-19, o Wolverhampton manteve a base titular, perdendo apenas o lateral esquerdo Barry Douglas negociado com o Leeds United.

Pontualmente, sem loucuras, foi ao mercado e buscou cinco nomes visando a titularidade e com custo benefício excelente: Rui Patrício (free-agent), Jonny Castro (empréstimo), João Moutinho (£5 milhões), Leander Dendoncker (empréstimo) e Raul Jiménez (empréstimo).

Nuno Espírito Santo monta a equipe em um 3-4-3 ofensivo com meias de toque de bola e atacantes rápidos e ágeis.

Rúben Neves é o cérebro da equipe e agora conta com a companhia do experiente Moutinho para cadenciar o ritmo. Diogo JotaIvan CavaleiroHelder Costa são a vitalidade do ataque.

A equipe terá a lateral como incógnita. Perdeu Barry Douglas na esquerda, que foi o principal garçom (14 assistências) na última temporada e trouxe o espanhol Jonny Castro de características mais defensivas para brigar por vaga com o jovem Rúben Vinagre, de boa imposição física.

Leia mais: Elegemos os uniformes mais bonitos da era Premier League
Guia do Wolverhampton Premier League 3
Léo Bonatini é mais um brasileiro a jogar a Premier League! (Reprodução/Stadium Astro)

Na direita manteve Matt Doherty e não tem ninguém à altura para fazer sombra.

Entre os zagueiros, Espírito Santo conta com Willy Boly, Conor Coady e Ryan Bennett entre os titulares, porém não tem reservas para bater de frente.

Para a vaga de centroavante, chegou o mexicano Raul Jiménez com status de titular, mas ele terá que “enfrentar” Leo Bonatini, um companheiro com fome de gol. Na última temporada, o brasileiro se destacou na primeira metade do campeonato, terminando 2017/18 com a vice-artilharia do clube.

Muito mais que permanecer na primeira divisão e criar raízes na elite, a meta dos Wolves é voltar ao topo nos próximos anos. Nesta temporada a equipe deve brigar para terminar o campeonato entre os 10 primeiros, mas não se assuste se roubar uma vaga na Liga Europa.

Quem saiu?

Christian Herc (Dunajska Streda, empréstimo), Aaron Collins (Colchester United, empréstimo), Benik Afobe (Stoke City, empréstimo), Duckens Nazon (Sint-Truidense, não revelado), Harry Burgoyne (Plymouth Argyle, empréstimo), Sherwin Seedorf (Bradford City, empréstimo), Ben Marshall (Norwich City, £2m), Jonathan Flatt (Scunthorpe United, free-agent), Roderick Miranda (Olympiacos, empréstimo), Prince Oniangué (Caen, não revelado), Barry Douglas (Leeds United, £5m)

Quem chegou?

Benik Afobe (Bournemouth, £10m), Diogo Jota (Atlético de Madri, £12.6m), Willy Boly (Porto, £10m), Raúl Jiménez (Benfica, empréstimo), Rui Patrício (Sporting, free-agent), Léo Bonatini (Al-Hilal FC, £5m), Rúben Vinagre (Mônaco, £2m), Paulo Alves (Liverpool, free-agent), João Moutinho (Mônaco, £5m), Jonny Castro Otto (Atlético de Madri, empréstimo), Adama Traoré (Middlesbrough, £18m), Leander Dendoncker (Anderlecht, empréstimo), John Kitolano (Odds BK, não revelado)

Destaque – Rúben Neves

Guia do Wolverhampton Premier League
Arte: Gabriel Leal (Crédito/Getty)

Se o Wolverhampton tem um craque, ele se chama Rúben Neves. O português de 21 anos foi contratado a peso de ouro junto ao Porto (o mais caro da história do clube) e não decepcionou, orquestrando a equipe ao acesso.

Além disso, garantiu a dobradinha nos prêmios de melhor jogador da Championship e melhor jogador jovem do torneio.

O meio-campista com excelente toque de bola atuou em 3620 minutos durante a última temporada, distribuídos em 42 jogos.

O craque português atua um pouco mais afastado da área, mas também deixa os seus golzinhos. Foram seis, com direito a um gol antológico contra o Derby County. Foi cobiçado pelos gigantes, mas ficou e tem tudo para se firmar como um dos grandes jovens jogadores europeus.

Fique de olho – Diogo Jota

Guia do Wolverhampton Premier League 1
Reprodução/Lusa

Rui Patrício, Rúben Neves, João Moutinho e Raúl Jiménez são os nomes que pintam em destaque nas manchetes, mas temos que ficar de olho em Diogo Jota.

O português de 21 anos já se sobressaiu na temporada 2017/18 ao marcar 18 gols (5º na artilharia geral da Championship com 17 gols marcados) e contribuir com 5 assistências.

Foram 3658 minutos jogados (46 partidas), média de um gol a cada 203 minutos durante a temporada. Além de uma taxa alta de sucesso em finalizações (58%), foram 53 chutes certos em 91 tentados.

Posição na última temporada 

Campeão da Championship

Títulos do Campeonato Inglês

3 títulos

Time-base do Wolverhampton

3-4-3 – Rui Patrício; Bennett, Coady, Boly; Doherty, Rúben Neves, Saiss, Jonny Castro; Cavaleiro, Diogo Jota, Raul Jiménez

guia-do-wolverhampton-premier-league11
Arte: Guilherme Lima/Julio Puiati

Palpites

Guia do Wolverhampton Premier League temporada 2018/2019

[playbuzz-item item=”181c3ac0-2b7d-47b2-94be-61942c7e249f” wp-pb-id=”636446″]

Não há posts para exibir