Guia do West Ham Premier League temporada 2018/2019

Confira esse material completo sobre a temporada dos Hammers

0
277
Guia do West Ham Premier League 5

Confira o mais completo guia do West Ham Premier League temporada 2018/2019, produzido pela equipe da PL Brasil:

O West Ham tem motivos de sobra para estar confiante para a temporada 2018/19. O clube investiu forte no mercado de transferências e mudou de patamar ao desembolsar mais de 400 milhões de reais em 8 contratações.

E, com isso, as expectativas são ótimas para a edição 2018/19. Com um time mais competitivo e qualificado do que em temporadas passadas, os Hammers prometem brigar por vaga em competições europeias, tirar pontos dos candidatos ao título na Premier League e, quem sabe, brigar por copas domésticas.

O clube londrino agiu forte nesta janela de transferências desde a chegada do novo treinador, o chileno Manuel Pellegrini, velho conhecido da Premier League e que retorna à melhor liga do planeta, após passagem pelo Hebei China Fortune.

Guia do West Ham Premier League 1
O West Ham agora tem um técnico de verdade! (Divulgação/West Ham)

Destaque para a contratação de Felipe Anderson por £33.5m junto à Lazio, transferência mais cara da história do clube; Andriy Yarmolenko, por £17.5m vindo do Borussia Dortmund; Jack Wilshere, contratado de graça, e os zagueiros Fabián Balbuena, ex-Corinthians, por £3.5m e o promissor Issa Diop, por £22m pagos ao Toulouse.

Felipe Anderson chega para dar um peso ao meio-campo do West Ham, uma vez que o meia argentino Manuel Lanzini rompeu o ligamento cruzado do joelho direito e desfalcará o time em boa parte da temporada.

Os Hammers mantiveram a base da última temporada, que não foi boa. O clube mostrou muita instabilidade e fragilidades defensivas. Em 38 jogos da Premier League, os Hammers sofreram 68 gols e alcançaram apenas uma 13ª colocação.

O principal objetivo do clube no mercado de transferências era reforçar o setor defensivo e trazer nomes de peso para mudar o patamar.

Leia mais: Elegemos os uniformes mais bonitos da era Premier League
Guia do West Ham Premier League 2
Felipe Anderson se tornou o reforço mais caro da história do clube (Reprodução/Static Standard)

O poder de fogo na janela precisa dar resultado dentro de campo para que o West Ham possa alçar voos maiores do que em temporadas passadas. E Manuel Pellegrini é um nome interessantíssimo para o momento do clube.

O time vai precisar de tempo para encaixar o estilo de jogo com os reforços que chegaram. Manuel Pellegrini já dá mostras na pré-temporada de que trabalhará com o esquema tático 4-1-4-1, tendo Marko Arnautović como referência no ataque.

Em relação à temporada passada, o West Ham mudará muito o sistema de jogo. David Moyes trabalhava com o esquema 5-2-2-1 e um estilo mais reativo. Com um meio-campo ágil e veloz, o time terá mais poderio ofensivo.

O torcedor do West Ham fará seu papel lotando o Estádio Olímpico de Londres e soprando bolhas pelo ar. É um momento de reconstrução de identidade com o novo estádio e um time com maiores expectativas.

A temporada promete!

Quem saiu?

James Collins (dispensado), Patrice Evra (dispensado), Ben Wells (Queens Park Rangers, não revelado), Reece Burke (Hull City, £1.5m), Korrey Henry (Yeovil Town, free-agent), Marcus Browne (Oxford United, empréstimo), Cheikhou Kouyaté (Crystal Palace, £9.5m), Sead Haksabanovic (Málaga, empréstimo), Jordan Hugill (Middlesbrough, empréstimo), Domingos Quina (Watford, £1m), Edimilson Fernandes (Fiorentina, empréstimo), Toni Martínez (CF Rayo Majadahonda, empréstimo)

Quem chegou?

Ryan Fredericks (Fulham, free-agent), Issa Diop (Toulouse, £22m), Lukasz Fabianski (Swansea City, £7m), Jack Wilshere (Arsenal, free-agent), Andriy Yarmolenko (Borussia Dortmund, £17.5m), Fabian Balbuena (Corinthians, £3.5m), Felipe Anderson (Lazio, £33.5m), Xande Silva (Vitória de Guimarães, não revelado), Lucas Pérez (Arsenal, £4m), Carlos Sánchez (Fiorentina, £4m)

Destaque – Marko Arnautović

Guia do West Ham Premier League 3
Arte: Gabriel Leal (Crédito/Getty)

Sem dúvidas, Marko Arnautović é o cara do West Ham. O austríaco foi a principal contratação dos Hammers para a temporada 17/18 e acabou sendo o grande nome em meio à instabilidade do time.

O austríaco tem 29 anos, 1.92 m de altura e pode atuar em todas as funções do ataque. A temporada 18/19 é promissora para o atacante, uma vez que tem melhores companheiros a partir de agora.

Com Pellegrini começará atuando de centroavante, posição em que já está totalmente adaptado e desempenhando seu melhor futebol.

Fique de olho – Issa Diop

Guia do West Ham Premier League 4
Reprodução/Stadium Astro

Issa Diop é um zagueiro francês que chega contratado por 22 milhões de libras junto ao Toulouse. O defensor tem 21 anos, 1.94 m de altura e um grande potencial.

É um zagueiro técnico, com boa saída de bola e marcação. Aos poucos vai mostrar seu futebol na Terra da Rainha. Tem tudo para ser titular!

Posição na última temporada da PL

13º lugar

Títulos do Campeonato Inglês

Nenhum

Time-base do West Ham

4-1-4-1 – Adrián; Fredericks, Diop, Balbuena, Masuaku; Rice, Noble, Wilshere, Felipe Anderson, Yarmolenko; Arnautović

guia-do-west-ham-premier-league11
Arte: Guilherme Lima/Julio Puiati

Palpites

Guia do West Ham Premier League temporada 2018/2019

[playbuzz-item item=”0eea3eb2-9ba9-4b96-9d91-569b64a1b7d8″ wp-pb-id=”742199″]

Não há posts para exibir