Guia do Liverpool Premier League temporada 2018/2019

Confira esse material completo sobre a temporada dos Reds

0
278
Guia do Liverpool Premier League 5
Reprodução/Getty

Confira o mais completo guia do Liverpool Premier League temporada 2018/2019, produzido pela equipe da PL Brasil:

O trabalho foi de formiguinha. E tudo começou em outubro de 2010. Naquele ano, George Gillett e Tom Hicks, até então proprietários do Liverpool, venderam as ações do clube a John W. Henry, dono do Boston Red Sox e da Fenway Sports Group. Isso mesmo. Boston RED Sox.

Coincidência, não?

Brincadeiras à parte, o empresário norte-americano chegou à terra dos Beatles com a difícil missão de organizar a casa que Gillett e Hicks haviam devastado. Endividado e sem dinheiro em caixa, o Liverpool se encontrava à beira do caos.

Os resultados, obviamente, não foram imediatos. Henry deixou bem claro que o trabalho de reestruturação seria à longo prazo. Nada de Champions League na temporada seguinte. Nada de estrelas na equipe.

E não é que o chefão estava certo?

Leia mais: Guia do Manchester City Premier League temporada 2018/2019 
Guia do Liverpool Premier League 1
Sim, eu estava certo!! (Reprodução/Getty)

De grão em grão o Liverpool encheu o papo. Quitou dívidas, estabilizou o balanço financeiro, aumentou a capacidade do estádio, contratou um certo técnico alemão e voltou a ser competitivo.

Foram oito anos comendo quieto. Devagarzinho. Colhendo os frutos de um trabalho que se iniciou na administração exemplar de John Henry e que terminou no pulmão do torcedor Red. “Agora vai!”.

Após bater na trave contra o Real Madrid na finalíssima da Champions League, Jürgen Klopp deu logo um jeito de tapar os buracos que comprometeram o time em 2017/18: a falta de um elenco forte em todos os setores.

Se os Reds sofreram com a inconstância de Simon Mignolet e Loris Karius durante boa parte da campanha, o clube agora tem um arqueiro de verdade. Alisson chega a Melwood com status de segundo goleiro mais caro da história e um enorme peso nas costas.

Se os Reds não tinham alternativas decentes no banco de reservas em períodos de baixas no departamento médico, Klopp agora tem a seu dispor o ótimo meio-campista Naby Keita, o polivalente Fabinho e o habilidoso winger Xherdan Shaqiri.

Se os Reds tinham motivos para justificar as falhas que custaram os principais títulos da temporada passada, agora não os têm mais.

Leia mais: Valor de mercado de Martinelli triplica em cinco meses 
Guia do Liverpool Premier League 2
Alisson foi o melhor goleiro do campeonato italiano em 2017/18 (Reprodução/Getty)

O Liverpool é uma equipe pronta. Tem padrões táticos bem definidos e um sistema de jogo baseado em pressão, contra-ataques e toque de bola envolvente. Conta com um ótimo treinador, e, de agora em diante, um elenco equilibrado.

Tem Virgil van Dijk como referência defensiva. Na frente, Salah, Firmino e Mané, que, cá entre nós, dispensam comentários. Tem dois laterais promissores. E um novo meio de campo.

Fabinho e Keita, a propósito, chegam pra ser titulares ao lado do capitão Jordan Henderson. O brasileiro, em sua última passagem pela Ligue 1, acumulou 7 gols e 80 roubadas de bola com a camisa do Mônaco.

Já o guineense, atuando pelo RB Leipzig em 2017/18, foi um dos melhores jogadores do elenco alemão. Marcou 6 gols e anotou 5 assistências em 27 partidas disputadas.

Ambos chegam com moral. E já mostraram isso nos amistosos de pré-temporada.

As contratações pontuais realizadas na janela de transferências eram os ingredientes que faltavam para o Liverpool engrenar de vez.

Após mais de uma década, o lado vermelho de Merseyside volta a ser temido.

 

Quem saiu?

Yan Dhanda (Swansea City, não revelado), Ovie Ejaria (Rangers, empréstimo), Emre Can (Juventus, free-agent), Jon Flanagan (Rangers, free-agent), Jordan Williams (Rochdale, free-agent), Adam Bogdan (Hibernian, empréstimo), Harry Wilson (Derby County, empréstimo), Paulo Alves (Wolverhampton Wanderers, free-agent), Danny Ward (Leicester City, £12.5m), Andy Firth (Barrow, não revelado), Ryan Kent (Rangers, empréstimo), Shamal George (Tranmere Rovers, empréstimo), Allan (Eintracht Frankfurt, empréstimo), Ben Woodburn (Sheffield United, empréstimo), Herbie Kane (Doncaster Rovers, empréstimo), Danny Ings (Southampton, empréstimo), Ragnar Klavan (Cagliari, £2m)

Quem chegou?

Naby Keita (RB Leipzig, £52.8m), Fabinho (Mônaco, £40m), Xherdan Shaqiri (Stoke City, £13.5m), Alisson (Roma, £65m), Bobby Duncan (Manchester City, free-agent)

Destaque – Mohamed Salah

Guia do Liverpool Premier League 3
Arte: Gabriel Leal (Crédito/Getty)

Quando Mohamed Salah foi contratado por £36m em 2017, nem o mais otimista torcedor Red imaginaria que o winger egípcio protagonizaria a melhor temporada de sua carreira. Foram 44 gols e 15 assistências em todas as competições disputadas.

O Faraó é o melhor atleta do Liverpool atualmente. Junto com Sadio Mané e Roberto Firmino, o trio ofensivo infernizou defesas com jogadas em velocidade, dribles desconcertantes e finalizações mortais.

Salah é muito bom jogador e tem tudo para arrebentar outra vez. Resta saber se o egípcio continuará a atuar em alto nível em 2018/19.

Fique de olho – Alexander-Arnold

Guia do Liverpool Premier League 4
(Reprodução/Getty)

Trent Alexander-Arnold tem apenas 18 anos, mas já se mostrou gigante. O lateral direito do Liverpool assumiu a titularidade após lesão do até então titular Nathaniel Clyne e foi convocado para disputar a Copa do Mundo na Rússia.

Contra o Manchester City, em específico, pela Champions League, o jovem inglês foi um dos melhores atletas em campo. Foi sólido defensivamente, anulou todas as investidas de Leroy Sané e saiu dos gramados vangloriado pela torcida vermelha.

Arnold, entretanto, oscilou muito em 2017/18. Na reta final, é bem verdade que cresceu de produção. No início e no meio da temporada, o defensor não foi tão bem assim. Errou posicionamentos, entrou desligado em algumas partidas e não convenceu.

Os erros são naturais para um garoto desta idade. Com mais experiência e bagagem em competições internacionais, Trent tem tudo para assumir, de fato, a titularidade do setor.

Posição na última temporada da PL

4º lugar

Títulos do Campeonato Inglês

18 títulos

Time-base do Liverpool

4-3-3 – Alisson; Arnold, Lovren, van Dijk, Robertson; Henderson, Fabinho, Keita; Salah, Mané, Firmino

guia-do-liverpool-premier-league11
Arte: Guilherme Lima/Julio Puiati

Palpites

Guia do Liverpool Premier League temporada 2018/2019

[playbuzz-item item=”1104a130-db40-4fc7-b1ba-2efaf8fca7fb” wp-pb-id=”239675″]