Guia do Brighton Premier League temporada 2018/2019

Confira esse material completo sobre a temporada dos Seagulls

Confira o mais completo guia do Brighton Premier League temporada 2018/2019, produzido pela equipe da PL Brasil:

O Brighton & Hove Albion fez sua estreia na Premier League na última temporada. O clube do sul da Inglaterra fez uma campanha digna e passou longe de ser o “saco de pancada” que muitos acharam que seria.

Os Seagulls se mostraram ser um time de poucos gols. Dos 34 marcados, 19 foram anotados pela dupla Glenn Murray e Pascal Groß: foram 12 do inglês e 7 do alemão.

A chegada de Alireza Jahanbakhsh – artilheiro da última Eredivisie – deve aumentar o poder de fogo da equipe. Além disso, Solly March, Anthony Knockaert e Jose Izquierdo também são opções importantes para a equipe.

Guia do Brighton Premier League 1
O Brighton de Chris Hughton lutará mais uma vez para ficar na elite (Reprodução/Premier League)

Mesmo assim, os 54 gols sofridos preocupam muito o técnico Chris Hughton. A dupla titular da defesa Shane Duffy e Lewis Dunk mostrou ter enormes deficiências.

Muitas vezes desajeitados e parecendo fora do intenso ritmo impresso pelos times da elite, a equipe pode sofrer com a manutenção dos dois como titulares. A chegada de Leon Balogun visa suprir essa carência.

Na última temporada foram 9 vitórias, 13 empates e 16 derrotas. Sete desses nove triunfos foram em casa (Amex Stadium). Além disso, a equipe perdeu 12 de seus 19 encontros fora de seus domínios.

É um razoável mandante, mas um fraco visitante, com apenas duas vitórias fora do seu simpático e aconchegante coliseu.

O Brighton é uma equipe que tem potencial para meio de tabela, se todos cooperarem. Caso contrário, precisarão fazer muita força para não caírem.  

Quem saiu?

Uwe Huenemeier (Paderborn, free-agent), Steve Sidwell (dispensado), Jamie Murphy (Rangers, £1m), Bailey Vose (Colchester United, não revelado), Connor Goldson (Rangers, £3m), Robert Sánchez (Forest Green Rovers, empréstimo), Ben Hall (Notts County, empréstimo), Niki Maenpaa (dispensado), Henrik Björdal (Zulte Waregem, não revelado), Christian Walton (Wigan Athletic, empréstimo), Steven Alzate (Swindon Town, empréstimo), Tim Krul (Norwich City, free-agent), Sam Baldock (Reading, £1m), Jiri Skalak (Millwall, não revelado), Billy Arce (Extremadura UD, empréstimo), Dan Burn (Wigan Athletic, empréstimo), Oliver Norwood (Sheffield United, empréstimo), Percy Tau (Royale Union Saint-Gilloise, empréstimo)

Quem chegou?

Leon Balogun (Mainz, free-agent), Joseph Tomlinson (Yeovil Town, não revelado), Hugo Keto (Arsenal, free-agent), Florin Andone (Deportivo La Coruña, £5.3m), Jason Steele (Sunderland, não revelado), Bernardo (RB Leipzig, £9m), David Button (Fulham, não revelado), Yves Bissouma (Lille, £15m), Percy Tau (Mamelodi Sundowns, £3m), Alireza Jahanbakhsh (AZ Alkmaar, £17m), Anders Dreyer (Esbjerg, não revelado), Billy Arce (Independiente del Valle, não revelado), Leo Skiri Ostigard (Molde, não revelado), Dan Burn (Wigan Athletic, não revelado), Peter Gwargis (Jonkopings Sodra, não revelado)

Destaque – Pascal Gross

Guia do Brighton Premier League 2
Arte: Gabriel Leal

Pascal Groß foi o mais importante atleta dos Seagulls na última temporada. Jogando como um verdadeiro '10', ele foi dominante no meio de campo com sete gols e oito assistências na última temporada.

Sem uma média impressionante de passes precisos (76%), isso é explicado por ele ser a maior ligação entre o meio e o ataque e sempre procurar passes em profundidade, com um nível de dificuldade muito maior.

O Brighton é uma equipe econômica nos gols e precisará de Groß para ajudar o clube sulista a melhorar sua potência ofensiva.

Fique de olho – Alireza Jahanbakhsh

Guia do Brighton Premier League 3
Reprodução/Getty

É bom ficar de olho em Alireza Jahanbakhsh, contratação mais cara da história do clube. O jogador da seleção do Irã foi o grande destaque da Eredivisie, jogando pelo AZ Alkmaar.

Foram 21 gols e 12 assistências em 33 jogos na temporada 2017/18. O atleta ainda é jovem (24 anos) e será seu primeiro contato em uma liga de altíssimo nível.

Posição na última temporada da PL

15º lugar

Títulos do Campeonato Inglês

Nenhum

Time-base do Brighton

4-4-1-1 – Ryan; Schelotto, Duffy, Dunk, Bernardo; Jahanbakhsh, Stephens, Pröpper, March; Groß; Murray

Guia do Brighton Premier League 7
Arte: Guilherme Lima/Julio Puiati

Palpites

Guia do Brighton Premier League temporada 2018/2019

[playbuzz-item item=”735f51e8-4843-4a70-b9d7-bbf2fa2864f9″ wp-pb-id=”566532″]