Guia do Crystal Palace na Premier League 2020/2021

Os Eagles agora têm um elenco mais encorpado e com variedade de estilo de jogo

0
455
Crystal Palace
Divulgação/Crystal Palace

Antes de projetar a temporada 2020/2021 do Crystal Palace, precisamos relembrar a edição anterior. Na temporada passada da Premier League, os Eagles foram bastante irregulares, com mais baixos do que altos, principalmente depois da pausa por conta da pandemia.

Após o retorno, foram apenas quatro pontos conquistados em 27 possíveis, com sete derrotas. O Crystal Palace chega à temporada 2020/2021, carimbando sua oitava edição consecutiva na elite do futebol inglês.

Esse já é o seu recorde de participações consecutivas na Premier League. Vai caber a Roy Hodgson e seus comandados aumentar esse recorde para nove anos consecutivos. 

Na última edição da Premier League, os Eagles tinham a segunda maior média de idade. No período pós-paralisação, isso pesou bastante. Para a temporada 2020/2021, o Crystal Palace tem atuado de maneira diferenciada no mercado, o que mostra outra filosofia no clube. 

zaha crystal palace 2020 21
Glyn Kirk/Pool via Getty Images

A princípio, dois nomes foram confirmados pelo Palace, a fim de que o processo de renovação do elenco já comece agora. Com o mercado interno bem observado, foram contratados dois jovens bastante promissores: Nathan Ferguson, de 19 anos, e Eberechi Eze, de 22.

O lateral direito Nathan Ferguson chega para tentar suprir uma saudade no coração do torcedor do Crystal Palace: Aaron Wan-Bissaka. É uma missão difícil, mas Ferguson tem o potencial para que, com o tempo, se torne uma peça importante.

Além de ser uma boa adição ao elenco, ele também foi uma boa chegada do ponto de vista financeiro. O jogador estava livre, após ter recusado uma renovação com o West Bromwich. 

Leia mais: Crystal Palace: a história, os títulos e os artilheiros dos Eagles

Ebere Eze custou cerca de 16 milhões de libras aos cofres do Crystal Palace. Ele chega para ser uma peça fundamental nesse processo de rejuvenescimento do elenco. Eze é uma das grandes promessas do futebol inglês e se destacou bastante na última edição da Championship pelo Queens Park Rangers, quando marcou 14 gols e deu oito assistências. 

O clube também monitora outros mercados, além do britânico. Nesse âmbito de observação, o Crystal Palace tem buscado atacantes jovens e promissores. Esse perfil de busca detalhado, se dá pelo fato de que, na última temporada, a equipe fez apenas 31 gols, sendo o segundo pior ataque da Premier League.

Por isso, nomes como Odsonne Édouard, do Celtic, e Jean-Philippe Mateta, do Mainz, têm sido vinculados ao clube londrino.

O fato de o Crystal Palace não ter feito muitas contratações sugere que Roy Hodgson confia no elenco que já tinha em suas mãos. Jogadores como Gary Cahill, Jordan Ayew e Wilfried Zaha terão que atuar em um bom nível, caso o Palace queira ficar na parte de cima da tabela. 

Por sinal, a permanência de Zaha seria um grande “reforço” para os planos de Roy Hodgson. O técnico inglês disse que quer muito contar com o jogador, mas que não sabe o que vai acontecer. No fim de julho, Hodgson afirmou que é uma decisão que cabe à diretoria e ao jogador. Não é a primeira vez que os torcedores dos Eagles ficam apreensivos sobre a continuidade do ídolo. 

Caso permaneça em Selhurst Park, Zaha tem tudo para fazer uma ótima parceria com Eberechi Eze. Na verdade, deu para ver que eles se entendem bem, já que atuaram juntos em alguns jogos na pré-temporada do time londrino. 

ebere eze crystal palace 2020 21
Divulgação/Crystal Palace

Leia mais: 10 jogadores que passaram pelo Crystal Palace e você talvez nem saiba

Certamente, Roy Hodgson deve permanecer com o seu 4-3-3 bem definido, que busca limitar as ações ofensivas adversárias e potencializar suas transições ofensivas de maneira rápida. 

Foi assim na última temporada e deve ser assim na edição 2020/2021. Durante a pré-temporada, o técnico usou esse esquema tático em todos os jogos. Claro que, durante os 90 minutos, algumas variações ocorrem, principalmente, quando o time fica sem a bola. 

A chegada de Eberechi Eze dá a oportunidade para que Roy Hodgson possa variar o estilo de jogo de sua equipe. O técnico deve usar Eze de maneira mais centralizada, fazendo com que o jogo seja mais dinâmico pelo meio, podendo usar as laterais do campo para atacar espaços e incomodar a defesa adversária.

Em comparação com os anos anteriores, agora o Crystal Palace passa a ter um elenco mais encorpado e com variedade de estilo de jogo. Ainda assim, a equipe deve oscilar bastante durante a competição, principalmente nos jogos fora de casa. O fato de não ter torcida no Selhurst Park, um dos estádios mais difíceis para os visitantes, também pesa bastante.

Informações gerais

  • Estádio: Selhurst Park;
  • Cidade: Londres;
  • Posição na última Premier League: 14º;
  • Títulos do Campeonato Inglês: nenhum;
  • Rivais: Brighton, Millwall e Charlton;
  • Apelido: Eagles.

Vai e Vem

VEM:

Nathan Ferguson (West Bromwich Albion, free-agent); Jake Giddings (West Ham United, não revelado); Eberechi Eze (Queens Park Rangers, £16m), Michy Batshuayi (Chelsea, empréstimo); Michy Batshuayi (Chelsea, empréstimo)

VAI:

Kian Flanagan (dispensado); Dion-Curtis Henry (dispensado); Daniel Tupper (dispensado); Jason Lukilo (Doncaster United, free-agent)

Jogador destaque – Jordan Ayew

crystal palace 2020 21
Arte: Rafael Mércio

Depois de sua melhor temporada na Premier League em 2019/2020, Jordan Ayew chega para a temporada 2020/2021 do Crystal Palace como a maior esperança de gols.

O filho de Abedi Pelé foi responsável por quase um terço dos gols do Crystal Palace na última edição do campeonato inglês, com nove tentos em 37 jogos.

Se com o péssimo sistema ofensivo do Palace no último ano Jordan já conseguiu destaque, fica a expectativa para ver sua produção e capacidade finalizadora na próxima temporada. A chegada de Eze e a possível permanência de Zaha colocam a produção ofensiva e a criação de jogadas o Crystal Palace em outro nível.

Além disso, o técnico Roy Hodgson pareceu incomodado com a produção ofensiva na pré-temporada. Ele buscou em todos os jogos um Crystal Palace mais dinâmico e próximo nas jogadas ofensivas. Essa possível mudança na forma de jogar pode favorecer o rápido, forte e técnico centroavante ganês do time londrino.

Fique de olho – Eberechi Eze

PALACE 2020 2021
Arte/Rafael Mércio

O jovem inglês Eberechi Eze é, sem dúvidas, o principal fator novo que gera curiosidade no Crystal Palace para a temporada 2020/2021. Com apenas 22 anos, Eze vem de boas temporadas com o Queens Park Rangers e agora recebe a oportunidade de disputar a Premier League.

Descendente de nigerianos, Eze jogou pela Nigéria nas categorias de base. Quando mais velho, optou por jogar pela seleção inglesa. Com seu estilo de jogo leve, técnico e intenso, o jovem chama as atenções por onde passa.

O meio-campista gosta de atuar tanto pelo lado esquerdo quanto pela faixa central, o que mostra que sua intensidade e dinamicidade. Tem como principais características o drible e o jogo associativo.

Em sua última temporada na Championship, foram 46 partidas disputadas, com 13 chances criadas e uma porcentagem de êxito nos passes cravada em 87%. Eze tem tudo para ser um dos pontos de virada do estilo de jogo do Palace e fundamental no sucesso que o clube possa ter em curto e médio prazo.

Time-base

4-3-3: Guaita; Ferguson (Ward), Cahill (Tomkins), Dann, van Aanholt; Riedewald (McCarthy), Milivojevic (McArthur), Eze; Townsend, Zaha, Ayew. Técnico: Roy Hodgson.

Crystal Palace 2020 2021 Premier League
Arte/André Correia

Palpites

Não há posts para exibir