Guia do Burnley na Premier League 2020/2021

Clartes só fizeram uma contratação e tentam mais uma campanha segura

Burnley
Divulgação/Burnley

A temporada 2020/2021 da Premier League tem um significado especial para o Burnley. Afinal, nessa edição, serão comemorados 100 anos do primeiro título do Campeonato Inglês do clube.

Assim, diante de um evento tão marcante na história, Sean Dyche e seus comandados tentarão repetir a dose da última temporada, mantendo o time na parte de cima da tabela. No último campeonato, o Burnley fez uma campanha sólida, somando 54 pontos, com 15 vitórias, nove empates e 14 derrotas.

Dessa forma, a equipe se manteve distante do Z-3 durante toda a competição, terminando entre os dez primeiros da Premier League pela segunda vez em sua história. Depois da volta dos jogos, a equipe conseguiu dar sequência à boa fase vivida antes de sua interrupção.

sean dyche burnley 2020 21
Alex Livesey/Getty Images

Leia mais: Inglaterra sub-21: conheça as novas estrelas convocadas

Como resultado, em seus nove jogos restantes, o time venceu quatro, empatou três e sofreu somente duas derrotas. Muito desse ótimo desempenho pode ser atribuído a Dyche. No comando da equipe desde 2012, o técnico é a imagem do Burnley.

Além disso, em suas mãos, o time parte para a quinta participação consecutiva na Premier League, e tudo isso sem poder contar com um grande orçamento à sua disposição. O maior destaque do time na última temporada foi seu setor defensivo, que não foi vazado 15 vezes.

No entanto, em alguns jogos, a equipe protagonizou algumas derrotas por goleadas: 4 a 1 e 5 a 0 contra o Manchester City, 5 a 0 contra o Tottenham, e 3 a 0 contra o Chelsea foram partidas que contrastaram com a boa performance da defesa no campeonato passado.

Na preparação para a temporada 2020/2021, o Burnley viu vários nomes conhecidos dando adeus ao elenco. Joe Hart, Jeff Hendrick e Aaron Lennon são alguns jogadores que não vestem mais o manto dos Clarets.

A fraca atuação do clube nesse mercado pode se tornar um problema no decorrer da temporada. Até o momento, a equipe fechou  a contratação de somente dois atletas: o goleiro Will Norris, que estava no Wolverhampton além do zagueiro Dale Stephens, que chega ao clube vindo do Brighton.

Além deles, o clube anunciou a chegada de outros cinco jovens atletas: o também goleiro Marc Richter, os meio-campistas Will Rickard e Ismaila Diallo, além dos defensores Marcel Elva-Fountaine e Connor Barret. Todavia, esses chegam inicialmente para reforçar o elenco sub-23 do Burnley.

bardsley burnley 2020 21
Alex Livesey/Getty Images

Leia mais: As 4 temporadas da PL em que o elenco campeão era quase todo britânico

Fazendo apenas uma contratação para repor a saída de Hart e outra para compor o setor defensivo, o time de Sean Dyche segue com um elenco reduzido, o que pode pesar no decorrer do calendário.

Dessa maneira, com poucas opções de jogadores e tantos jogos, é muito provável que o plantel sinta a sequência de partidas. Atletas podem se lesionar ou serem poupados em algum momento, trazendo, assim, problemas para o treinador montar o time.

Com uma atuação tão tímida na janela, somada à saída de importantes nomes de seu elenco, a equipe terá muito trabalho pela frente para manter o clima de festa pelo centenário do primeiro título inglês do Burnley.

Portanto, para que o time viva mais uma temporada de relativa tranquilidade, o desempenho visto na última Premier League deverá ser superado.

Informações gerais

  • Estádio: Turf Moor;
  • Cidade: Burnley (Lancashire);
  • Posição na última Premier League: 10º;
  • Títulos do Campeonato Inglês: dois;
  • Rival: Blackburn;
  • Apelido: Clarets.

Vai e Vem

VEM:

Will Norris (Wolverhampton, não revelado); Dale Stephens (Brighton & Hove, £1m)

VAI:

Joe Hart (Tottenham Hotspur, free-agent); Aaron Lennon (dispensado); Jeff Hendrick (Newcastle, free-agent); Adam Legzdins (dispensado); Oliver Younger (dispensado); Scott Wilson (Barrow, free-agent); Joel Senior (dispensado); Ryan Cooney (Morecambe, empréstimo); Adam Phillips (Morecambe, empréstimo); Jordan Cropper (Chesterfield, empréstimo); Ben Gibson (Norwich City, empréstimo)

Jogador destaque – Nick Pope

burnley 2020 21
Arte: Guilherme Lima

Sem dúvidas, o destaque do Burnley é o goleiro inglês Nick Pope. Ele somou 15 clean sheets na última Premier League e suas atuações acabaram consolidando-o ainda mais na seleção inglesa, sendo presença constante nas convocações do técnico Gareth Southgate.

Em uma comparação, somados todos seus jogos em suas outras duas temporadas na meta dos Clarets, o goleiro teve 11 partidas sem sofrer gols. Dessa forma, com essa referência no gol, o Burnley tentará repetir a boa receita defensiva da última temporada.

No entanto, sua permanência em Turf Moor ainda é incerta, pois, na atual janela, o jogador ainda é alvo de interesse de outros clubes.

Fique de olho – Joel Mumbongo

BURNLEY 2020 2021
Arte/Guilherme Lima

Ainda que com pouco tempo de casa, o jovem atacante Joel Mumbongo pode ser uma peça importante para o escasso setor ofensivo do Burnley nessa temporada. O sueco de 21 anos chegou ao clube no fim de 2019.

Mesmo com pouco tempo de casa, Mumbongo já esteve à disposição do técnico Sean Dyche na equipe principal compondo o banco nas rodadas finais da última Premier League.

O jogador foi formado no Häcken, da Suécia, e, antes de chegar ao Burnley, ele ainda somou passagens por Utsiktens e Hellas Verona.

Mesmo com pouca experiência entre os profissionais da equipe, Joel pode ganhar minutos em campo, visto que o elenco do clube na atual temporada não conta com muitos atletas. Dessa maneira, o sueco terá chances de mostrar sua habilidade, podendo se firmar na equipe.

Time-base

burnley 2020 2021
Arte/André Correia

4-4-2: Pope; Bardsley, Tarkowski, Mee, Taylor; Pieters, Westwood, Cork, McNeil; Rodriguez, Wood. Técnico: Sean Dyche.

Palpites